Arena MRV protocola condicionantes e aguarda COMAM para liberar as obras

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

Betinho Marques
Do Fala Galo, em Betim
18/10/2019 – 13h41

Conforme havíamos relatado ao longo da semana anterior, a perspectiva de protocolizar ou protocolar as condicionantes na PBH estava com alta expectativa para esta semana.

Desta forma, como apurado em primeira mão, os documentos foram protocolados na tarde de hoje e estão agora na prefeitura.

Além dele, falta ainda a sanção do prefeito no PL817/2019 (Projeto de Lei de Desafetação) que estava na Câmara Municipal e foi votado em dois turnos. O documento estava passando por ajustes finais no texto (redação) e agora seguirá para as mãos do prefeito Alexandre Kalil.

Desta forma, as grandes demandas agora estão no órgão executivo municipal para as apreciações e reunião do COMAM (Conselho Municipal do Meio Ambiente) para deliberação final e liberação das obras.

A previsão é de uma reunião colegiada otimista em novembro, no mais tardar ainda em dezembro, conforme apurado pelo Portal Fala Galo.

 

LEIA TAMBÉM:

Atlético insiste em contratos longos e se vê preso a jogadores com baixo rendimento

 

O meia Marquinhos recebe sondagens do exterior

 

R.I.P Clube Atlético Mineiro

 

Cuca no Atlético em 2020? Saiba mais

 

 

GOSTOU? Siga nossas redes sociais. Clique nos links abaixo e fique por dentro dos bastidores do Atlético.

Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
YouTube: youtube.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Site: falagalo.com.br
Edição de imagem: André Cantini  

 

 

 

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

4 comentários em “Arena MRV protocola condicionantes e aguarda COMAM para liberar as obras

  • 18 de outubro de 2019 em 17:15
    Permalink

    Não vou entrar no mérito do momento vivido pelo clube, afinal a incompetência é geral sem nenhuma exceção. Quanto ao estádio, poderá ser a redenção financeira do clube, SE bem gerido for. Ter estádio deste nível e montar times de segunda divisão não fará o público ir a campo. O que anima é que até 2023 ou 2024 quando o estádio realmente ficará pronto (claro que não será entregue na data que informaram) toda essa corja e peladeiros estarão longe do galo. Espero que seja um novo início para o galo, não somente pelo estádio, mas principalmente de mentalidade, colocar os interesses do clube acima dos ganhos pessoais dos dirigentes. Mas convenhamos, levar 5 anos para conseguir começar uma obra em BH é desanimador, imagino quantas obras e empresas “perdemos” devido a excessiva burocracia em todas as esferas. Que empresário vai animar de investir nesta cidade? Creio que seis meses são muito mais que suficientes para efetuar um levantamento completo para início de qualquer obra. Somente para comparar, levamos 5 anos para poder iniciar (e nem está liberado de fato, enquanto isso, na China: Ark Hotel – 15 andares/48 horas, T30 Hotel – 30 andares/15 dias, J57 Mini Sky City – 57 andares/19 dias, One9 – 9 andares/5 dias.

    Resposta
    • 19 de outubro de 2019 em 07:09
      Permalink

      É vdd, a buRRocracia e os interesses alheios matam as processo

      Resposta
  • 18 de outubro de 2019 em 18:29
    Permalink

    PQP , e depois que a obra começar ainda corre o risco da BUROCRACIA ir lá e embargar.
    OU O BRASIL ACABA COM A BUROCRACIA OU A BUROCRACIA ACABA COM O BRASIL. E DE QUEBRA DEIXA O POVO TODO DESEMPREGADO.
    É UMA CAMBADA SEM TER O QUE FAZER ESSES BUROCRATAS.

    Resposta
  • 19 de outubro de 2019 em 09:30
    Permalink

    Essa novela do estádio não vai terminar mais não? Que burocracia da porra!
    O Brasil é todo atrasado por conta disso.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *