VEXAME: Galo dá adeus à Libertadores.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Por Jéssica Silva

O Galo já entrou em campo sabendo que só a vitória interessava, já que a obrigação de vencer era o saldo do péssimo desempenho nas demais partidas da fase de grupos da Copa Libertadores.

Vencer, e por uma boa diferença de gols, seria o ideal para continuar sonhando com a classificação na competição continental, mas apesar de haver alguma esperança para alguns torcedores, o que aconteceu ontem foi mais que esperado.

Hoje não cabe aquele sentimento de revolta, não que o time não o mereça, mas porque nós já sabíamos o que esperava a equipe atleticana ontem, no Mineirão. No fim das contas, tudo o que for lamentado hoje nós já lamentamos em várias outras oportunidades, nesta e nas temporadas passadas.

Nos dois últimos jogos com o comando de Rodrigo Santana os jogadores atleticanos demonstraram vontade, talvez por se tratar de clássicos, ou pelo “fato novo”, após a queda de Levir.

A verdade é que a empolgação que nos envolveu vem do fato de que o futebol é imediatista e, consequentemente, o torcedor também. No entanto, boas avaliações dos lampejos de bom desempenho que o Galo apresentou nos dois últimos finais de semana não apagam a realidade que vive o clube hoje.

O que vive o Atlético agora é apenas o reflexo da falta de planejamento que tomou conta da instituição há muito tempo. Nós não podemos continuar vivendo à sombra do Galo Doido que conquistou o Brasil e as Américas há anos, durante a saudosa época de Alexandre Kalil. Conquistar não é somente bom para o ego, para reativar a confiança do torcedor, mas é o objetivo que um clube grande como o Galo deve ter sempre, em qualquer competição. Infelizmente, se esqueceram de avisar isso ao excelentíssimo Sr. Sérgio Sette Câmara.

A falta de empenho da maioria dos jogadores é nítida, na realidade, o semblante dos atletas em vários momentos da partida de ontem demonstraram que nem os próprios responsáveis pelo andar do jogo acreditavam em uma vitória.

A grande chance do Galo no jogo, após bom contra-ataque que sequenciou a perda inacreditável de um gol por Ricardo Oliveira, mostra que nós estamos muito mal servidos, em todas as posições. Um jogador com anos de experiência nas costas sem a maturidade necessária para dominar uma bola e fazer o que se chama de gol fácil é o fim da picada.

Um time que não cria, não pressiona o adversário mesmo precisando do resultado e tampouco age bem defensivamente não está pronto para competição alguma, e se o time não foi bem montado, a parcela de culpa é muito maior para a diretoria que para os próprios jogadores que não correspondem em campo.

A cada gol perdido por Ricardo Oliveira, culpe o jogador por sua displicência, mas culpe também o presidente que permitiu sua presença em campo.
A cada cruzamento mal feito por Fábio Santos, culpe-o pela sua falta de capricho, mas culpe também o presidente por nos “presentear” com ele como único lateral esquerdo do plantel.
A cada bola defensável que for parar no fundo das redes de Victor, culpe o arqueiro por não parecer fazer mais questão de ser aquele goleiro brilhante de tempos atrás, mas culpe também o presidente por não providenciar sombra para o camisa 1, nem mesmo uma comissão técnica decente, incluindo um bom preparador de goleiros, que faça Victor trabalhar de verdade.

Os jogadores do Atlético não jogam com o peso da camisa. Na verdade, a sensação é de que o placar está sempre favorável ao time, tamanha a paciência dos atletas em campo.
Postura, vontade, amor pelo futebol, já que hoje em dia pedir amor à instituição é demais, são coisas que nem deveriam ser cobradas, já que não há ninguém mal pago no clube.

Um time de Massa se mantém com o apoio da torcida, mas não é só isso. É necessário que haja planejamento, porque os resultados não vêm de graça.
Definir um projeto e ser fiel a ele é o mínimo que se espera de pessoas que trabalham com futebol profissionalmente, mas ao contrário disso, o Galo tem em seu comando pessoas que priorizam seus próprios interesses e fazem pouco caso do clube e, consequentemente, da torcida, maior patrimônio do Atlético.

Trazer jogadores por indicações de técnicos que chegam ao clube e não permanecem, apostar em atletas que vêm para ser banco em uma equipe com uma formação titular para lá de contestável é o que fez a diretoria do Atlético nos últimos anos. Até a pessoa mais leiga na área de futebol sabe que isso jamais daria certo, já que não se pode colher aquilo que não plantou. É praticamente impossível apontar uma equipe que tenha sido vitoriosa nos últimos anos sem planejamento, sem tempo de trabalho para o seu comandante e sem um plantel montado para vencer, atendendo às necessidades do time.

Trazer ou não Rogério Ceni, efetivar ou descartar Rodrigo Santana não são as únicas decisões que influenciarão no andar da carruagem. Por mais que seja importante para o time, o treinador não faz milagres, não entra em campo, nem mesmo melhora o desempenho de jogadores que têm limitações técnicas irreversíveis.

A chave para se conquistar campeonatos de futebol é seguir o caminho mais óbvio: investir no departamento de futebol. Que se economize, já que essa é a necessidade, mas que se saiba investir nas posições corretas, com atletas que serão utilizados, não encostados em um amontoado de jogadores. E isso começa com um profissional que saiba trabalhar com FUTEBOL, não com interesses próprios, ou apenas marketing para empresários e jogadores ultrapassados.

A eliminação precoce na Libertadores nos envergonha, incomoda e atormenta. Infelizmente, nós fazemos nossa parte da arquibancada, mas não podemos dar carrinho no adversário, chutar a bola para fora da área, nem mesmo balançar as redes do goleiro rival. O incômodo e a tristeza que vem nos acompanhado há anos deveria se estender aos jogadores, também responsáveis pelo desempenho pífio do Atlético na competição continental.

Um grupo fraco, que seria um cenário perfeito para uma classificação tranquila, não foi páreo para uma equipe desorganizada do presidente ao jogador e a queda precoce do Atlético em uma das principais competições para um clube brasileiro é VERGONHOSA! O mais absurdo é que falam em arrumar a casa quase no mês de maio, quando o normal seria já haver um projeto a ser seguido. A reformulação – se houver, só trará resultados do ano que vem em diante, isso se o Atlético como um todo começar a pensar como a equipe gigante que é.

O trabalho não deveria começar agora, mas que a dolorosa eliminação na Libertadores faça com que Sette Câmara e companhia acordem e, acima de tudo, respeitem o manto sagrado que nós não deixaremos de vestir. Na realidade, o ideal seria a renúncia do atual presidente, mas não acredito que isso vá acontecer.

O Galo não vem merecendo a torcida que tem, por isso terá que recuperar nossa confiança, porque a verdade é que não há muito o que se esperar do restante da temporada.

O Brasileirão vem aí e é difícil apontar algum atleticano que consiga pensar em algo além de 45 pontos, almejando apenas que a vergonha não aumente, pois já vem sendo suficientemente difícil acompanhar de perto tamanho descaso. Pela instituição nosso coração se mantém fiel, mas diretoria e jogadores estão tirando todo o nosso prazer em acompanhar o Clube Atlético Mineiro.

O gol do Nacional no fim do jogo, por cobertura, exemplifica bem o desempenho do Atlético nesta edição da Libertadores: uma equipe com uma média de idade até superior ao aceitável, mas que age como um grupo de meninos, correndo desenfreadamente atrás da bola e que pode ser superada facilmente por qualquer time, por mais fraco que seja, assim como Victor foi facilmente superado por Carballo.

Acreditar em dias melhores no fundo faz parte do atleticano, otimista por natureza, mas por ora, vergonha e preocupação são as únicas coisas que se passam pelas nossas cabeças. Lamentavelmente, o Galo vai se “apequenando” ano após ano, e que fique claro que já é hora de PARAR!

Diretoria, comissão técnica e jogadores, mais RESPEITO com essa camisa centenária, por favor!

Ficha técnica: Atlético x Nacional (URU)
Motivo: 5ª rodada do Grupo E da Copa Libertadores
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 23 de abril de 2019 (terça-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Diego Bonfa (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
Cartão amarelo: Victor, Leonardo Silva, Elias( Atlético-MG); Matías Zunino, Mathías Cardacio, Rivero (Nacional)
Gol: Felipe Carballo – 41’/2ºT (0-1)
Atlético: Victor; Guga, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson (David Terans), Elias e Luan; Yimmi Chará, Maicon Bolt (Vinicius) e Ricardo Oliveira (Alerrandro). Técnico: Rodrigo Santana (interino).
NACIONAL-URU: Mejía, Zunino, Corujo, Felipe Carvalho, Viña e Rafael Garcia(Cardacio, aos 18’-2ºT); Gabriel Neves, Lorenzetti (Rivero, aos 24’-2ºT), Santiago Rodriguez, Gonzalo Bergessio(Carballo, aos 31’-2ºT) e Sebastian Fernandez.
Técnico: Álvaro Gutiérrez

 

PARABÉNS DIRETORIA! ASSISTAM NOSSA LIVE: https://youtu.be/lsEJ2ACi06I

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

26 comentários em “VEXAME: Galo dá adeus à Libertadores.

  • 24 de abril de 2019 em 06:43
    Permalink

    Bom dia massa.uma tragédia anunciada a meses. Quem tem pastor pipoqueiro. Elias. Chara.fabio Santos. Adilson. Victor frangueiro. Léo Silva aposentado e vexames e vergonha um atrás do outros. Quero parabenizar a diretoria pelo este timeco de peladeiros que eles amontou. Mais uma vez repito ok esta diretoria amadora está esperando para dispensar os medalhões e ex jogadores que andam a mamar no galo a anos. Estamos praticamente em maio e viramos simplesmente uma chacota do Brasil. Adeus mineiro. Adeus libertadores qual será outra vergonha e vexames que vamos passar que venha os 45 pontos urgente .vergonha ok sinto desta diretoria amadora e destes amontoados de peladeiros. Chega.acorda galoooooo.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 07:13
    Permalink

    Há muito tenho falado que um time de futebol não ê formado apenas por jogadores, comissão técnica e diretoria… é uma comunidade, que inclui Torcida, sócios torcedores, sócios dos clubes sociais, imprensa, ENFIM, O CLUNE Ê UM ESPELHO DE TUDO ISSO JUNTO!!!UM ESPELHO DA COMUNIDADE QUE REPRESENTA!!!!! Conclusao: VAMOS POR A MAO NA CONSCIENCIA pois se o Galo esta assim, ê culpa de todos e nao so da diretoria ou jogadores… A comunidade que envolve o clube ê a grande responsavel, pois permitiu que assim fosse construido.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 07:23
    Permalink

    Enquanto ficarmos dependendo desse elenco exterminador de técnicos vai ser isso aí, jogadores velhos, caros, mimados que só sabem fazer panelinha e o Galo só afundando.
    10-Cazares é pipoqueiro some em jogo grande não tem poder de decisão nenhum.
    7-Elias 34 anos, nunca quis jogar no Galo joga com má vontade e não rende.
    6-Fábio Santos 34 anos, não tem reserva tá acomodado.
    3-Leo Silva 40 anos, é mito mas por causa da idade tá lento e cometendo pênaltis e faltas bobas.
    5-Adilson 33 anos, não entra em forma nunca.
    9-Ricardo Oliveira 39 anos, some em jogo grande e cai muito no segundo tempo.
    1-Victor 36 anos, tá péssimo na saída de bola e na reposição precisa de um preparador de goleiros urgente.
    São 7 jogadores TITULARES com problemas e não estão rendendo oscilam demais e acabam sobrando para os técnicos, esses jogadores já estão a um tempão no Galo e se tornaram exterminadores de técnicos e alguns tem que sair do Galo urgente FORA ELIAS, FORA CAZARES, LEO SILVA OBRIGADO APOSENTA IRMÃO, RICARDO OLIVEIRA O SANTOS TE ESPERA MANO.

    Resposta
    • 24 de abril de 2019 em 16:08
      Permalink

      Concordo Pablo mas acrescento ainda. A torcida tem culpa também , porque vem um treinador e ela é a primeira a pedir a cabeça do cara falando que o time não tem padrão de jogo e etc..etc.. Ninguem faz milagres. Voce enumerou ai a idade dos titulares e te digo mais e o elenco? O Galo conta na verdade com uns 16 jogadores que entram pra jogar, que elenco é esse? Parece que tem mais de 30, oque ta fazendo com o resto se dentro desses 16 a maioria ja é resto. Voce ve esse Bolt jogar, Vinicius, Terans, pelo amor de Deus, quem viu esses cara jogar pra poder contratar. Estamos contratanto o que sobra no mercado e ai depois queremos que um treinador se vire. Estamos prestes a voltar ao tempo dos Macio Mexericas da vida.

      Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 08:13
    Permalink

    E as fotos do casares com o Thiago Neves fazendo farra na beira de piscina que tá rolando nas redes sociais.
    Vai ficar por isso mesmo ?
    Falta de respeito do caralho

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 08:16
    Permalink

    Não tem problema. Chama o Domenico Bhering pra participar da Live e comer tira-gosto. Ele vai explicar que está tudo dentro do planejamento, que o trabalho feito lá dentro é muito sério e vai dar tudo certo.
    Como eu já disse aqui, enquanto o FalaGalo não entender que a diretoria é o inimigo número 1 do clube, todos eles, nada vai andar pra frente.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 08:17
    Permalink

    Agradecemos a audiência, maria! Claramente seu time não é tudo isso mesmo, hein? Vive boa fase, mas ainda assim é aqui que você se encontra, não é verdade?!

    Resposta
    • 24 de abril de 2019 em 12:58
      Permalink

      Morra de inveja franga depenada.
      Podem contratar ex jogadores , ex técnicos e ex diretores do Cruzeiro para tentarem se igualar ao Cruzeiro , mas quero ver mesmo é igualar os títulos .
      Desistam do futebol , vocês não são do ramo.
      Nunca serão Cruzeiro .

      Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 08:36
    Permalink

    Bom dia!
    Eu fico sempre iludido com esse Galo. Hoje, por exemplo, acordei na esperança de ver mudanças drásticas, como a queda do SETTE e até do treinador interino, mas…tudo como antes.

    Esse lixo desse interino tem que sumir do Galo. O imbecil teve a oportunidade de fazer mudanças nesse time de descompromissados, mas não. Continuou escalando Elias, mantendo o péssimo Ricardo Oliveira que é bom pra balançar as redes em time fraco e quando não se precisa dele, porque quando mais precisamos ele amarela. Como é que um treinador das categorias de base não deu moral pra os garotos quando ele podia faze-lo? Por que colocar Alerrandro faltando 7 minutos pra acabar o jogo? E pra piorar, o energúmeno ainda coloca Terans…como assim? Terans? Será que essa bosta de treinador interino ainda não enxergou que essa merda de jogador uruguaio não vale nada?

    ELIAS EM CAMPO FRACASSO CONSTANTE!! Quando é que vai aparecer alguém pra entender isso e barrar a entrada dessa peste em campo?

    Ontem o novo diretor de futebol do Galo deu uma entrevista na Itatiaia e falou que o GRUPO É BOM. Isso me tranquilizou bastante porque eu já estava achando que esse grupo é uma BOSTA!!!!

    Fábio Santos. Tinha tudo pra calar minha boca ontem, quando esteve de frente pro gol e podia ter estufado as redes adversárias, mas aquela perninha direita de pardal tatuada não sabe chutar…ah e a esquerda não sabe cruzar.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 08:37
    Permalink

    Temos que parar de fazer cobranças somente em cima de Elias, Cazares, Fabio Santos, Ricardo Oliveira e por ai vai, quem erra passes fáceis e corre atrás e faz falta e sempre o nosso quase Ídolo Luan, ontem mais uma vez errou e errou e ainda nos escondemos aplaudindo este jogador de 30 minutos. Temos que refletir o jogo e os erros constantes de troca de treinadores, este sim nosso maior erro, jogadores ficam a cada 3 meses refazendo esquemas e estruturando equipe e metodologia, vamos reagir com continuidade afinal esporte coletivo e repetição. aqui e galo

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 08:42
    Permalink

    COMENTARISTAS ESPORTIVOS DIZEM QUE TÁ DIFÍCIL ARRUMAR TREINADOR. SABEDORES DA BADERNA E DA ANARQUIA QUE IMPERAM NO GALO , NENHUM TÉCNICO QUER ENFRENTAR ESSA DESORDEM E FALTA DE COMANDO.
    SETTE CÂMARA É O PRINCIPAL CULPADO PELO DESASTRE. UM PRESIDENTE QUE ASSUME FALANDO QUE O PLANEJAMENTO DO GALO É VENDER , VENDER , VENDER E TRANSFORMAR EM UM TIME VENDEDOR NÃO MERECE NEM TEM CAPACIDADE PARA DIRIGIR O C.A.M.
    VÍTOR – 36 ANOS.
    L.SILVA – 40 ANOS.
    F.SANTOS – 34 ANOS.
    ELIAS – 34 ANOS.
    R.OLIVEIRA – 39 ANOS.
    O QUE SE PODE ESPERAR DESSE VERDADEIRO MUSEU.??
    SETTE CÂMARA PRECISA RENUNCIAR.
    TODOS OS JOGADORES MUSEUS E OUTROS PRECISAM SER DISPENSADOS.
    NÃO É À TÔA QUE A FAMA DESSE ELENCO É DE SER EXTERMINADOR DE TÉCNICOS , POIS JÁ DERRUBARAM VÁRIOS.
    ESSA DIRETORIA DESTRUIU O GALO.
    REFORMULAÇÃO GERAL JÁ.

    Resposta
    • 24 de abril de 2019 em 08:46
      Permalink

      Isto que foi dito é muito importante.
      Victor é hoje o pior goleiro da Série A. Um completo lixo humano.
      Leo Silva, 40 anos, entrega todo jogo.
      Ricardo Oliveira claramente sente cansaço ao longo da temporada.

      Tem que rejuvenescer o time! Correr com estas porcarias!!!

      Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 09:42
    Permalink

    A culpa dessa tragédia é também da maioria de Atléticanos que ficam a idolatrar jogadores, hoje o futebol e mais dinâmico e com mais renovação, veja o caso Luan, quando tinhamos um time forte ele era um bom reserva e nada mais, virou estrela do dia para noite sem merecer; Victor, Léo Silva, Réver e Fábio Santos são bananeiras que ja deram cacho, acabou. E tem mais, se nas categorias de base não tiver um lateral igual ao Guga, sinceramente, é melhor e econômico se fechar esse departamento

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 09:46
    Permalink

    Bom dia!

    Nos meus 55 anos como atleticano, nunca senti um desalento tão grande como agora, pela forma sacana e amadora como estão tratando as coisas do galo. Estamos presenciando uma crise sem precedentes na cúpula atleticana, com rachas, amadorismos e conselheiros omissos. Pessoas estas que se julgam mais torcedores do que nós meros mortais, se julgam donos do Atlético. Assim, como no pais, assistimos passivamente o barco afundando e não reagimos. Quer se fazer ouvir: cancele seu sócio torcedor, pare de ir ao estádio, para de comprar camisas e produtos, cobre respostas. Pena que a paixão nos cega e no dia seguinte já estamos esperançosos novamente. Falo por mim mesmo, pois no independência quando perdemos o titulo para o cruzeiro, já estava eu novamente ontem no mineirão. Será que vale a pena? Será que estou realmente ajudando nesta relação? Assim como num caso de amor, as vezes é necessário dar um tempo quando as coisas não vão bem, é preciso avaliar o quanto as partes estão envolvidas num mesmo propósito, e sinceramente, não vejo naqueles que comandam o galo hoje, qualquer tipo de preocupação com o que o torcedor pensa e quer. Se realmente gostassem do galo, hoje estariam renunciando aos cargos de presidentes e diretores do galo, alegando total e irresponsável incompetência para gerir tamanha paixão.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 09:53
    Permalink

    Tem um MEME que resume bem a situação do GALO!!!!!!!!!! A cada ano um VEXAME diferente!!!!!!!!!! Não espero a chegada de novo técnico e sim a renúncia de Sette Câmara!!!!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 10:04
    Permalink

    Porque ninguém reclama da quantidade de passes errados do Luan? Vão continuar dar Bandeira de craque a um perna de pau até quando? Se o Galo quiser ser grande estes reservas tem que voltar para o lugar deles. Se o Elias, o Cazares, 171 do Luan e este presidente continuar estamos ferrados .Esforço não ganha jogo,tem que ter qualidade este Luan é muito fraco para tudo isso que a torcida faz para ele tem que ser cobrado. E eu aposto a vida que se cobrarem dele faz bico chora e não joga mais no galo pirracento e vacilão.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 11:15
    Permalink

    Ainda bem que saiu agora! Imagina de ganha essa partida e no final não levada nada! Esse time tá uma vergonha! Tem uma torcida maravilhosa e não estão nem aí! Não jogam com entusiasmo! Não tem sintonia, não são uma equipe unida! Parece que são cada um pra si! Se continuar desse jeito, acho que nunca vão ganhar nada e ainda continuar decepcionando a equipe! Pensem nisso! Sejam unidos, e pensam quantos torcedores amam esse time!

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 12:34
    Permalink

    Caros,
    Obs.: chega de PASTOR VAGABUNDO!
    Obs.: O time todo, sem exceção, é muito VAGABUNDO.
    Obs: tenho ainda algum respeito pelos REMANESCENTES. Ainda…
    Obs.: Luan ñ pode ser nosso principal ÍDOLO! Entramos aqui no campo da inútil EXALTAÇÃO da MEDIOCRIDADE. É um jogador extremo q remete imediatamente à época do tb MEDÍOCRE Olê Marques! Reflitam na carência de um TIME DE FUTEBOL, de um elenco, do pq de certos ÍDOLOS..E pensem tb: AQUI É GALO! Nosso lema é FORTE E VINGADOR!
    Obs.: é preferível um time operário, com jogadores medianos sem ser medíocres, a um time PAÇOQUEIRO.
    Obs.: é difícil respeitar PANELEIROS e PAÇOQUEIROS! É um esforço q ñ dispensa uma LIMPA!
    Obs.: sem a REFORMULAÇÃO do amontoado, efetiva, sem dó do honrado empresário e da família cristã do comequeto, usufrutuário do Spa de Vespasiano, e tb sem medo da falsa austeridade, em 2030, qnd termina o contrato do VELHACO Pastor VAGABUNDO e o do perna de Pau do Patrick é renovado até 2050, vamos tá por aqui repetindo o mantra: “AnoQVemVai”; “Eu Acredito q Eu Torço é Contra o Vento”; “O Estadio vem aí e o bicho vai pegar”; “Quebramos o record de público no Horto”, etc…
    E os “verdadeiros”? E os “volta Patrick”? E os “caiu no Horto”? Ñ SENTEM VERGONHA NA CARA?
    Obs.: O CARTOLA Rui Costa tem q sair da mesmíssima conversa prá boi dormir e partir prá AÇÃO draconiana!
    Obs.: se ficar na aba da cartola Sette, cai.
    Obs.: treinador q ñ botar prá fuder na PANELA E NA PAÇOCA nem precisa vir…Aqui ñ é prá AMADOR, nem prá COMEDIANTE, muito menos prá FRACOS!
    Lambendo a ferida!
    GALO SEMPRE!

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 13:19
    Permalink

    SE HOJE NÃO FOR DESMANCHADA A NEFASTA PANELINHA DOS VETERANOS COMANDADA POR ELIAS E R.OLIVEIRA , NENHUM TÉCNICO VAI ENCARAR ESSA DESORDEM.
    ESSES VAGABUNDOS VETERANOS PRECISAM SER DEMITIDOS IMEDIATAMENTE.
    E TODA A DIRETORIA RENUNCIAR JUNTO.
    E A PANELINHA DE EMPRESÁRIOS TAMBÉM.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 13:32
    Permalink

    MAIS UMA DESMORALIZAÇÃO E VEXAME.
    ROGÉRIO CENI ACABA DE RECUSAR E NÃO VAI TREINAR O GALO.

    QUAL TÉCNICO VAI QUERER ENCARAR ESSA DESORDEM E BADERNA.??

    Resposta
    • 24 de abril de 2019 em 16:21
      Permalink

      No último jogo do campeonato Brasileiro de 2017, o Galo enfrentou o time sub 23 do Grêmio e penou para vencer de 4×3. Naquela oportunidade, o time titular foi: Victor, Bremer (depois Rafael Moura), Leo Silva, Gabriel e Fabio Santos; Adilson (depois Gustavo Blanco), Elias, Valdivia (depois Luan) e Otero; Robinho e Fred. O Sette Camara assumiu e disse que ia rejuvenescer o time. Pois bem. No jogo de ontem tivemos 06 jogadores que estavam naquela partida contra o Gremio, sendo que 05 tem mais de 30 anos. Acrescente-se a eles o Ricardo Oliveira, o Rever e o Carlos Cesar. Conforme demonstrado, não houve rejuvenescimento e ainda trouxe jogadores mais velhos para compor o elenco e serem titulares. Brigou com o cone, mandou embora de graça e trouxe o excelente e experiente (até demais) Pastor Ricardo Oliveira. Além disto não conseguiu contratar um técnico decente, não conseguiu equilibrar as finanças e pelo contrário, como diz o conselheiro, aumentou as despesas. E o principal: Não entende de futebol e não tem pulso firme para cobrar dos jogadores e comissão técnica. Por isto tudo, não pode dar certo. Tudo caminha ao contrário. Só podia dar errado. Espero que este amadorismo não nos leve a abismos mais profundos.

      Resposta
    • 25 de abril de 2019 em 05:35
      Permalink

      Bom dia!

      Notícia foi plantada pelo Atlético para descobrir quem está vazando informações do Clube!

      Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 16:29
    Permalink

    fui enganado,como muitos,nas duas partidas contra as marias.mas o interino tambèm jà foi doutrinado pela quadrilha que dà ordens no Galo.eu escrevi no domingo e segunda que o leo silva iria enterrar nosso time.so nao esperava que fosse tao cedo e contra um time ruim.alguèm jà assistiu o Martin Rea jogar no time principal com o Adilson ou outro volante?sou justo e queria ter a oportunidade de ver ele e vàrios outros em condiçoes semelhantes a estes que estao jogando.mas a quadrilha nao deixa!e o Paulo Fernandes,texto acima,està com a razao:vamos deixar de ir a campo pelo menos em dois jogos pelo brasileiro,pois assim vira noticia nacional e alguèm tem que tomar providencia.è duro falar isto mas è a ùnica forma disponìvel,pois qualquer outra a quadrilha desfaz.e no prôximo jogo là estarao os quatro do apocalipse:leo silva,fabio santos,elias e este pastor dos infernos.

    Resposta
  • 24 de abril de 2019 em 21:40
    Permalink

    Eu não tô acreditando que essa desgraça desse Sette não quer liberar RO pro Santos. Que merda é essa? Agora, além da incompetência dessa diretoria, que nos levou a nos tornarmos chacota pra todo mundo, ainda vamos ter que suportar essas merdas desse jogadores? Elias, Fábio Santos, Ricardo Oliveira, essas merdas não prestam nem pra machucar…quando é que vamos nos ver livres dessas porcarias?

    E essa desgraça desse diretor de futebol que chegou falando grosso mas é uma moçoila. Leva não até dos parceiros (Tiago Nunes) e até hoje não contratou ninguém e ainda vem dizer que esse grupo é bom? Bom pra que? Pra matar a torcida de raiva?

    Hoje o Vasxco caiu de pé, diante do Santos. Saiu aplaudido pela torcida, porque jogou com atitude, com raça, com vontade e partiu pra cima desde o início da partida. Muito diferente do que vimos os jogadores do Galo fazerem em campo ontem à noite. E essa merda desse diretor vem dizer que o grupo é bom? Vai pros quintos dos infernos, Rui Bosta!!!!

    E essa porcaria desse interino não tem forças pra peitar ninguém. Próximo jogo ele vai entrar com Fábio Santos, Elias, RO. Não vamos ver nada de novo e vamos ganhar do Avaí só se o time catarinense conseguir ser pior, o que eu duvido muito.

    Resposta
    • 25 de abril de 2019 em 05:34
      Permalink

      Bom dia!

      Galo não quer liberar Ricardo Oliveira para o Santos, inclusive o Atleta não tem pretensão de voltar!

      Rui Costa entende que Ricardo é importante para o elenco!

      Abraços

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *