Vencer para depender de si só, é a missão atleticana no Paraguai.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Por: Léo Siqueira.

Revisado por: Dayana Cunha.

Buscando se manter vivo e embolar o grupo E da Libertadores, o Atlético vai à campo em busca da vitória, hoje, às 19h15, em Assunção no Paraguai, contra o Cerro Porteño. Uma vitória segura o Cerro com 9 pontos, faz o Galo chegar aos 6 pontos e independentemente do resultado do Nacional do Uruguai diante do Zamora (jogo no Uruguai), o Galo passará a depender apenas de si para obter a classificação, já que irá enfrentar o Nacional na sequência no Mineirão e fecha sua participação contra o Zamora na Venezuela, mas vamos por partes, focar jogo a jogo e buscar chegar aos 6 pontos hoje.

O Cerro Porteño é o líder com 9 pontos, na estreia, venceu o Atlético no Mineirão por 1 a 0. A equipe vem de vitória no campeonato paraguaio, onde ocupa a segunda colocação. Uma vitória dos paraguaios, garante sua classificação para as oitavas de final, já que nesta situação, somente o Nacional poderia igualar ou o passar em número de pontos, por este motivo, é extremamente importante o Atlético pontuar nesta partida e ter uma situação menos complicada nos próximos jogos.

O Atlético não poderá contar com o zagueiro Rever, suspenso para esta partida, com isso, Léo Silva irá ocupar sua vaga ao lado de Igor Rabelo. Luan não treinou por conta de uma virose, mas não deverá ser desfalque. Maicon Bolt, preservado na semifinal do Campeonato Mineiro contra o BOA, deverá voltar à equipe (lembrando que Geuvânio não pode atuar pela libertadores), fica a dúvida quanto ao meio de campo, se Adilson assume a titularidade ou se Zé Welisson se mantém na vaga ao lado de Elias, que ao que tudo indica, recuperou sua titularidade, no mais, o time deverá ser o mesmo que atuou contra o Zamora.

Todos sabem que em libertadores, não existe jogo fácil e se enfrentar o Cerro Porteño no Paraguai é difícil, cabe ao Galo fazer o jogo ficar difícil também para eles. É ter atitude de time que quer vencer, ser competitivo, é ter inteligência para marcar e ser ligeiro, cirúrgico quando atacar. Nenhuma oportunidade pode ser desperdiçada, vide o jogo de estreia, onde um gol perdido quando o placar ainda era de 0 a 0, nos custou caro no final. Que os atletas estejam empenhados em campo, que joguem com confiança e sabedoria, para que assim possam voltar para Belo Horizonte com mais 3 pontos e tendo o caminho totalmente aberto para alcançar a classificação.

Ficha técnica.

Cerro Porteño x Atlético

Motivo: quarta rodada da primeira fase da Copa Libertadores.

Local: Estádio General Pablo Rojas, em Assunção no Paraguai.

Data e horário: 10/04/2019, às 19h15

Cerro Porteño: Muñoz, Juan Escobar, Marcos Cáceres, Amorebieta e Rojas; Óscar Ruiz, Victor Cáceres, Aguilar e Carrizo; Churin e Larrivey. Técnico Fernando Jubero.

Atlético: Victor, Guga, Leo Silva, Igor Rabelo e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares; Luan, Maicon Bolt e Ricardo Oliveira. Técnico Levir Culpi.

Árbitro: Wilmar Rondán

Assistentes: Alexandre Gusman e Dionísio Ruiz.

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK: http://fb.com/FalaGalo13

INSTAGRAM: http://instagr.am/falagalo13

TWITTER: http://twitter.com/Falagalo13/

YOUTUBE: https://www.youtube.com/channel/UCTvyZuW5pOsz9q5wCefRsrg

 

 

Angel Baldo

Mineiro de nascença, Paulista de criação! Fanático pelo Galo e pelo Fala Galo! Apaixonado pela minha família e Deus, o resto é mimimi!

11 comentários em “Vencer para depender de si só, é a missão atleticana no Paraguai.

  • 10 de abril de 2019 em 07:40
    Permalink

    Bom dia Léo Siqueira e amigos do Galo. Se o NOSSO GALO está nesta situação complicadíssima a culpa é do Burro sem Sorte e do nosso diretor de futebol. O primeiro perde tempo com piadas sem qualquer graça e não consegue dar um padrão de jogo ao time, são quatro meses de experiencias . O segundo, Marques, está se queimando junto a torcida por não conseguir contratar um lateral esquerdo, o que está em campo finge que marca, finge que apoia, passou da hora de se aposentar.
    Não acredito que o Galo passe para a próxima etapa da Libertadores e só mesmo um zebra para conseguir ganhar o Mineiro.
    P.S. Marques, para fu o resto, só falta voce renovar com o Elias.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 07:50
    Permalink

    Bom dia Atleticanos! Hoje é o tudo ou nada. Ou vence ou volta para crise. Seu Levir, o maior problema que o Atlético tem hoje no futebol, tem que mostrar que não está ultrapassado e que ainda pode tornar uma equipe limitada em uma equipe aguerrida, com alguma qualidade, com jogadas planejadas e força para buscar grandes resultados. Os números e campanha do time até aqui não projetam um resultado positivo em Assunção. A torcida espera que a postura em campo e a qualidade do futebol mudem radicalmente e que, enfim, esse time possa dar uma expectativa ao torcedor de boas campanhas em 2019. Cético estou para essa partida, pois ainda temo pelos vacilos defensivos, as burradas do treinador e a falta de esquema tático. O “eu acredito” ficou no passado, quando tínhamos time e esquema de jogo, algo que perdemos há tempos. Saudações Atleticanas

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 08:34
    Permalink

    Bom dia!
    O negócio é torcer. Fazer o que!? Não podemos fazer outra coisa. O time em campo é que precisa jogar com atitude, com sangue nos olhos. RO não pode perder gols, tem que aproveitar melhor as oportunidades. FS tem que marcar mais próximo. Esse negócio de ficar afastando e trazendo o adversário pra dentro da área não dá. O senhor Guga, que tanto pedimos sua titularidade é muito novo pra ficar tomando os bailes que tem tomado. Que Elias se afaste da preguiça e que Adilson faça o simples. Desarme e passe a bola com segurança pra o mais próximo e bem colocado. Esse negócio de ficar rodando igual enceradeira também não dá. Quanto aos dois outros volantes, Jair e Welisson, tenho até medo que eles entrem. Vão ser burros assim lá nos quintos.
    Que o piriri não atrapalhe o Luan e que Cazares esteja acordado. Se esses dois estiverem bem, temos boas possibilidades de vitória.

    Ah…o Victor. Pare com esse negócio de querer sair jogando com os pés. Você não aprendeu até hoje, não vai aprender mais. E que as bolas adversárias passem longe de sua meta, pois elas, as bolas, tem passado com extrema facilidade nessa temporada (em outras recentes também).

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 08:41
    Permalink

    Caso o Luan não possa mesmo jogar, que Levir não venha com aquela sandice de entrar com 3 volantes. Já deu, né!?

    Resposta
    • 10 de abril de 2019 em 09:43
      Permalink

      Se Luan não sarar, Chará!

      Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 09:21
    Permalink

    Bom Dia.Torcer pelo Galo sempre,mas sinceramente com elias e fabio santos em campo e o idiota com muita sorte,se fosse outro time estaria na rua,jogando camisas eu fico com um pe atras.ja cansamos de ver este filme.vejam o quanto o Luan corre em campo enquanto o elias so trota.tem que ter outro volante marcando para soltar o Luan sem obrigacao de cobrir lateral.mas concordo com o Galo Roberto,o wellison e o jair sao horriveis.e o pastor eu nem tenho como falar pois O ARTILHEIRO DO TIME NOCAMPEONATO,VINDO DA BASE,GANHANDO 10 VEZES MENOS E CORRENDO 10 VEZES MAIS NAO ENTRA NEM CINCO MINUTOS.E NOVAMENTE PRESTEM ATENCAO,E SO O ELIAS JOGAR QUE O GUGA CAI DE PRODUCAO.EU NEM RECLAMO DELE POIS SENAO ENTRA O PATRICK E NAO SAI MAIS.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 09:30
    Permalink

    Salve Leo Siqueira, Salve galera do Fala Galo!!
    Mesmo sabendo que temos um time com falhas gigantes, sem belas jogadas, sem gols e placares de fazer essa massa gritar de alegria , como não vamos acreditar lá dentro, no fundo do coração que vamos vencer!
    Sei que o “eu acredito” está vivo dentro de nós!
    e hoje não será diferente!
    Vou acreditar ate o apito final!
    AquiéGalo!!

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 09:34
    Permalink

    Bom dia massa. Se o galo sonha ir para 8 de finais da libertadores temos que ganhar hoje. A derrota para esta equipe paraguaia saiu caro para o galo. Mas como não confio neste amontoados de peladeiros e levir ultrapassado se conseguir um empate já é milagre. Que o pastor pipoqueiro não perde gols,que Elias e Fábio Santos joga que nunca jogaram no galo,que cazares larga a cachaça de lado e volta a jogar e que a zaga não bate cabeça .Vai galooooo.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 09:56
    Permalink

    Bom dia FalaGalo!
    Hoje é vencer ou vencer! Qualquer resultado que não seja a vitória praticamente nos coloca fora do páreo. O Galo precisa ser o time que jogou contra o Boa: ofensivamente, com velocidade, toques rápidos, marcação forte e principalmente com muita vontade de vencer. Espero um jogo bem mais difícil, penso que se vencermos o placar será apertado, mas a vitória tem que vir, nem que seja na marra como foi contra o Zamora. Agora, se o time adotar a postura covarde dos primeiros jogos da fase de grupos, vai tomar um couro do Cerro Porteño. Tem que jogar pra frente, que é a característica do Galo. Basta os jogadores terem consciência disso e o nosso burro comediante não inventar moda que o time pode conseguir o resultado.

    Vamos Galooooooo!!!!
    Saudações Atleticanas!

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 11:42
    Permalink

    Caros,
    Porra, hj DECISÃO pesada no Paraguai, GUERRA, entrei no post FalaGalo ‘Abril – Libertadores dos Feudos,10 de abril de 2019’…os caras tão lá de comédia, querendo levantar lebre de crise interna no CAM. Porra, irmãos, quem são vcs? Non creo em serelepes, más que los ha, los ha.
    Hj o q mais importa é q é dia de DECISÃO! Hj é dia do Pastor PIPOQUEIRO provar a q veio. Já tão por aí defendendo, por incrível q pareça, q o nosso irmão PIPOCA em Cristo agora é ASSISTENTE. Será q já é uma defesa prévia do INCOMPETENTE artilheiro na hr agá? Ñ por acaso, na chamada do SUPERESPORTES de hj tá lá o paçoqueiro engomado na foto. Chega de groselha! É responsa, irmão conversa mole! É DECISÃO!
    E viva a política, viva a oposição e o contraditório.
    GALO SEMPRE!

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 13:19
    Permalink

    Se perder hoje, já era a classificação. Se empatar, também. Perdemos pro Cerro em casa por teimosia do Levir naquele erro na escalação. Acredito que dá pra ganhar de um a zerinho lá, basta jogar com seriedade. Tudo depende de como o Cazares vai estar. Reparem: Estamos numa Cazares-dependencia, quando o cara joga bem, o time vai bem, quando conseguem anular o Cazares com uma marcação forte, o time joga mal.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *