Subiu no telhado: Rodrigo Santana com os dias contados no Galo?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

Lucas Tanaká e Angel Baldo
Do Fala Galo, em Viçosa
04/10/2019 – 07h30

Os dias parecem estar contados para Rodrigo Santana como técnico do Atlético. Conforme apuramos, a reunião da diretoria com o treinador, após o jogo contra o Vasco, foi de muita cobrança.

A diretoria já está no mercado analisando alguns nomes para ser o novo técnico do Atlético e, de acordo com a nossa apuração, Santana só não caiu ainda por causa da sequência pesada de jogos que a equipe tem pela frente.

A sequência de partidas contra Palmeiras e Flamengo fora e Grêmio em casa pesaram na decisão da diretoria em não demitir Rodrigo Santana por enquanto porque, na opinião de quem toma as decisões no departamento de futebol do Galo, trazer um novo técnico agora, com essa sequência pesada, poderia queimar um trabalho novo logo no início, considerando que o time pode ter uma nova sequência de derrotas pela frente.

A tendência é que Rodrigo Santana não seja o técnico do Galo para o ano que vem, pois, de acordo com a nossa apuração, a diretoria percebeu que ele ainda não tem o perfil desejado para seguir no comando de um clube do tamanho do Atlético. Certo é que, ao menos até domingo, para o jogo contra o Palmeiras, Santana está garantido no cargo.

 

VEXAME E DIRETORIA OMISSA:

 

GOSTOU? Siga nossas redes sociais. Clique nos links abaixo e fique por dentro dos bastidores do Atlético.

Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
YouTube: youtube.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Site: falagalo.com.br
Edição: Ruth Martins
Edição de imagem: André Cantini  

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

10 comentários em “Subiu no telhado: Rodrigo Santana com os dias contados no Galo?

  • 4 de outubro de 2019 em 13:18
    Permalink

    É a rotina do futebol brasileiro. Melhor mudar o técnico do que fazer uma barca com este monte de jogadores sem compromisso com o clube. Contudo, na minha modesta opinião, ele cavou este caminho por não ter ousadia, inclusive para um técnico que veio das divisões de base do clube raramente usa jogadores jovens que ele treinou. Pelo futebol apresentado nas últimas partidas o cenário é de mais três derrotas em sequência.

    Resposta
    • 4 de outubro de 2019 em 13:57
      Permalink

      Mas nisso o Rodrigo Santana não está errado. A base do Galo é um lixo absoluto, comandada por empresários, onde não se revela nada, e não se entra sem indicação. O Galo perdeu os dois Bruno Henriques por não saber avaliar jogador, perdeu o Fernando que o Palmeiras vendeu caro pra Ucrânia, só pra começar.
      Com o tal Junior Chavare pode até melhorar daqui pra frente, mas o que tinha de antes é só porcaria de empresário, que o Marques queria ensinar a cantar o hino, como se isso resolvesse algo.

      Resposta
  • 4 de outubro de 2019 em 13:38
    Permalink

    Vai ser mais uma vítima de Elias, Cazares e Fábio Santos os exterminadores de técnicos.

    Resposta
    • 4 de outubro de 2019 em 19:48
      Permalink

      O técnico do atlético é fraco.para comandar um time a altura do atlético.mas a culpa maior é da diretoria que montou um time só com refugo.para não gastar.
      O presidente do galo só está usando a imagem do galo e o poder dele para investir no filho.na fórmula 1.
      E vai usar agora a construcao do estádio para dizer que foi feito em sua gestão.safado.nunca foi atleticano

      Resposta
  • 4 de outubro de 2019 em 14:21
    Permalink

    O técnico está confuso, insiste em alguns atletas e deixam outros como o Bolt que chegou bem e não joga, é alto, fecha bem pela esquerda, pela direita. Tem horas que temos que mudar, tem jogo que temos que colocar jogadores mais altos, segurar a bola lá na frente. Acho que ele não terá mais chances, pois as pedreiras pela frente serão o seu enterro em frente ao time do galo. O meio descoberto, faz com que os jogadores cheguem atrasados e os levam a cometer penaltes.

    Resposta
  • 4 de outubro de 2019 em 17:35
    Permalink

    Este elenco não ganhou sulminas em cima do londrina e ainda foi eliminado por jorge wisterman o que vcs estavam esperando? O Elias o cazares,e o falso do luan

    Resposta
    • 4 de outubro de 2019 em 20:50
      Permalink

      Não temos elenco, mas principalmente não temos técnico! O time não tem padrão de jogo, não sabe da sair no contra ataque, não tem um sistema defensivo. Contra o Ceará e o Vasco foram duas peladas, chutão para todo lado. Será que nosso presidente e o diretor de futebol estão assistindo os jogos? Alguém tem que falar pro Rodrigo Santana que o DNA do Atlético, é de jogar para frente, sufocar o adversário. Ficar atrás no Independência contra times menores como o Cólon, é um absurdo! O Atlético precisa de um treinador de ponta, experiente não um jovem que está começando, é muito para ele!

      Resposta
  • 5 de outubro de 2019 em 00:12
    Permalink

    Pode trazer técnico dos quintos dos infernos, enquanto esse demônios (Elias, Patric, Fábio Santos, Bolt, Geuvânio, Chará, a bruxa colombiana, Otero, que para mim continua sendo peladeiro…) estiverem no plantel atleticano, nunca, nunca, nunca, nunca, vamos ganhar nada!!!

    Resposta
  • 5 de outubro de 2019 em 08:08
    Permalink

    Pra começar, diretoria que atrasa salário não tem direito de cobrar nada de ninguém.
    Quem montou esse time horrível foi a diretoria.
    Eles devem é pedir desculpas a torcida pelo monte de coisas erradas que fazem.
    Vou citar algumas:
    Renovar com Ricardo Oliveira e Leo Silva.
    Contratar Maicon Bolt, Vinícius, Lucas Hernandes, Chará, Terans, Zé Welisson,
    Não ter liberado Elias para o Inter e o Patric para o São Paulo.
    Não ter afastado o Cazares pelos constantes atos de indisciplina.
    Contrataram número em vez de qualidade.
    Agora, culpam o técnico? Pode contratar o Guardiola que com esses pernas de pau, não tem jeito.

    Resposta
  • 5 de outubro de 2019 em 08:09
    Permalink

    Rodrigo não tem culpa, se contrações da diretoria que diz que acompanha o jogador antes da contratação, só estão escolhendo e contratando jogador que não tem o princípio básico do fundamento do futebol, que é o domínio da bola.
    Rodrigo definitiva não é o culpado.

    Resposta

Deixe uma resposta para José Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *