Menos 14,3 milhões no orçamento: sem acordo, Globo deixa de transmitir o Campeonato Mineiro a partir de 2022

Foto: Pedro Souza

Por: Hugo Fralodeo

Repetindo movimento já feito em outros estados, a tradicional emissora que detinha os direitos do campeonato, apresentou proposta bastante inferior aos 43 milhões que pagou pela transmissão em todas as mídias no último ano de transmissão e o contrato não foi renovado. O Atlético recebia 14,3 milhões pela participação.

A emissora carioca tinha um prazo de exclusividade de proposta, por força contratual, apresentou novos valores e uma mudança no formato de disputa, o que não agradou a FMF, que, desde o ano passado, passou a exibir algumas partidas dos times do interior de forma gratuita em seu site, e já conversa com os clubes e outros interessados.

Caso a FMF junto dos clubes não feche acordo para a exibição do campeonato, a transmissão deve ficar por conta do streaming da federação, que já exibe o módulo II da competição, além de canais oficiais dos clubes, que, pela “lei do mandante”, sancionada há pouco mais de um mês, teriam direito de transmitir as partidas disputadas em seus domínios.

Sem transmissão definida, a edição 2022 do Campeonato Mineiro tem começo previsto para o último fim de semana de Janeiro.

LEIA TAMBÉM:

Bastidores pegando fogo: Flamengo poderá oferecer mala branca para o América?

Destaque do Atlético, Zaracho é observado pela Seleção da Argentina

Maior produtor de aço do mundo deverá patrocinar a Arena MRV

Custa da Arena MRV deverá ultrapassar 750 milhões de reais