Coordenadora do futebol feminino garante salários em dia e permanência do projeto no Atlético - FalaGalo

Coordenadora do futebol feminino garante salários em dia e permanência do projeto no Atlético

Foto: Bruno Cantini

 

Rodolfo Simões
05/05/2020 – 11h10
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

GRUPO DE NOTÍCIAS DO FALA GALO, CLIQUE AQUI:

No último domingo (03), o Fala Galo conversou com a gestora da categoria no Galo, Nina de Abreu, que confirmou a manutenção do projeto e garantiu que os salários estão em dia. A informação foi confirmada em um período em que o futebol e o Galo acumulam perdas enormes de receitas devido a pandemia.

No início do mês de abril, a CBF, Confederação Brasileira de Futebol anunciou uma série de medidas a fim de minimizar os impactos causados pela Covid-19. Dentre as ações estavam uma ajuda as equipes da série A2 do futebol feminino com a quantia de 1 milhão e 920 mil reais.

Lembrando que esta é apenas a segunda temporada do Galo Feminino no futebol profissional. Em 2020, foram contratadas 11 jogadores, além disso, houve uma mudança no comando técnico quando o clube dispensou Sidnei Lima e buscou Hoffman Túlio, vice-campeão da série A2 com o rival. Em sua primeira temporada de estreia, o Galo foi campeão da Copa BH foi eliminado nas semifinais do Mineiro e decepcionou na competição nacional quando saiu na fase de grupos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *