Bem fisicamente, Nathan pode ser mais um "reforço" para Rafael Dudamel - FalaGalo

Bem fisicamente, Nathan pode ser mais um “reforço” para Rafael Dudamel

 

 

Por: Lucas Malveira
10/02/2020 – 14h00
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

‌A renovação de contrato do meia Nathan com o Atlético, que agora tem seu vínculo com o clube estendido até o meio do ano, dá ao treinador Dudamel mais uma boa opção para suas constantes mudanças nas escalações, impulsionadas pelo período de testes que representa o campeonato estadual.

‌Nathan, que terminou o ano de 2019 como um dos destaques da equipe, mostrou que pode ser aproveitado como um segundo volante, versatilidade que agrada ao treinador alvinegro e os números do jogador ao fim do último Campeonato Brasileiro comprovam a utilidade que ele pode ter ao esquema do time. Seus vinte jogos realizados, sendo apenas doze como titular, com quatro gols marcados e mais de 50% dos duelos defensivos ganhos, são fatos afirmadores da importante renovação contratual feita pela diretoria para com o meia.

Ademais, sua boa saída de jogo, como a dos hoje considerados titulares Allan e Jair, é condição básica para o gosto de Rafael Dudamel, que por ainda não ter um camisa 10 disponível, utiliza volantes de saída rápida e de grande qualidade no passe para a armação de jogadas do Galo.

‌Apesar de Nathan ainda não ter estreado em 2020 até o presente momento, sua preparação segue intensa na Cidade do Galo para que seu retorno seja breve. Encurtar o período de recuperação é ainda mais necessário, devido a ausência de Allan para a partida de volta da Copa Sul-Americana, diante do Unión. Há a expectativa de que Nathan seja seu substituto, ou ao menos esteja no banco para ser aproveitado na difícil tarefa de classificar o Galo para a próxima fase do torneio internacional.

‌Pela importância conhecida de se ter um vasto e forte elenco, a volta de Nathan qualifica um setor já considerado bom na equipe, que é o meio-campo. “Nas mãos” de Dudamel, é esperado um crescimento nessa faixa do gramado, que tanto já rendeu dores de cabeça ao torcedor nos últimos anos.

 

 

**REVISADO POR JÉSSICA SILVA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *