Após rescisão com Patric, diretoria trabalha para resolver a situação de pelo menos oito atletas - FalaGalo

Após rescisão com Patric, diretoria trabalha para resolver a situação de pelo menos oito atletas

 

Silas GouveiaAngel Baldo e Betinho Marques
04/04/2020 – 03h (atualizado 08h41)
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

GRUPO DE NOTÍCIAS DO FALA GALO, CLIQUE AQUI:

O Atlético passará por uma reformulação interessante nos próximos dias. Com mais de 30 jogadores no elenco (contando com Matheus Mendes, Gustavo Henrique, Léo Griggio, Adriano, Felipe e Castilho, do transição que já fazem parte do profissional), o objetivo é manter um plantel com no máximo 28 atletas. Além dos 4 a 5 jogadores que devem chegar, atletas como Zé Welison, Ramón Martínez, Lucas Hernández, Edinho, Ricardo Oliveira e Di Santo, não estão nos planos da comissão técnica para a sequência da temporada. Além deles, Mansur e Lucas Cândido também estão fora dos planos.

O primeiro que puxou a fila foi o lateral-direito Patric. O atleta acertou rescisão amigável com o Atlético no início da noite da última sexta-feira (02) e reforçará o Sport Recife.

Ricardo Oliveira, Di Santo e Mansur possuem vínculos com o Atlético até o final desta temporada, com isso, uma rescisão não está descartada. Edinho despertou o interesse do Fortaleza, em uma live, o presidente do clube admitiu o interesse no retorno do meia-atacante de 25 anos. A diretoria do Galo não dificultará o retorno do atleta ao Tricolor do Pici.

As situações mais complicadas são do trio Lucas Hernández, Ramón Martínez e Zé Welison. O lateral-esquerdo uruguaio e o volante paraguaio tem os seus vínculos com o Galo até dezembro de 2022, já o volante Zé Welison tem contrato até dezembro de 2023. Empréstimos com ajuda nos salários é uma saída “menos” complicada para o trio, uma vez que o mercado “parado” dificulta uma venda de direitos econômicos.

Outra situação complicada é a do volante Lucas Cândido, que esteve perto de acertar sua ida para a Chapecoense, porém ao realizar exames médicos foi constatado a possibilidade de uma lesão futura. A Chape chegou a sugerir um contrato de risco, a oferta chegou a ser aceita pelo atleta e o seu empresário, porém foi vetada pelo Atlético. Cândito tem contrato com o Galo até o dezembro de 2021 e um empréstimo com ajuda nos salários é uma opção “menos” complicada.

 

CLAYTON TEM SITUAÇÃO INDEFINIDA:

O atacante seria avaliado pelo técnico Jorge Sampaoli e foi reintegrado ao elenco, porém o atleta não teve tantas oportunidades de mostrar algo ao treinador, já que a pandemia causada pelo Covid-19 interrompeu as atividades na Cidade do Galo. Com isso, a situação do atacante é indefinida.

 

10 comentários em “Após rescisão com Patric, diretoria trabalha para resolver a situação de pelo menos oito atletas

  • 4 de abril de 2020 em 08:17
    Permalink

    Não tem nenhuma lógica haverem renovado o contrato do Lucas Candido que venceria este ano.

    Resposta
  • 4 de abril de 2020 em 11:02
    Permalink

    Finalmente um treinador que vê o que a torcida cansou de ver. Chega de jogador que não acrescenta nada pra o clube. O maior reforço até aqui, com certeza foi a saída de Patric. Nada contra a pessoa, que eu nem conheço. Tudo contra esse péssimo jogador que só fez “patricadas”.
    Espero que ao retornar o futebol, não vejamos mais as figuras desses nomes citados pelo caro blogueiro, vestindo a camisa do Galo!!

    Resposta
  • 4 de abril de 2020 em 17:49
    Permalink

    Não concordo de liberar o Patrick sendo que tem jogadores horríveis como esse horroroso lateral Guga,esse Rever que já deu,Fábio Santos que já deu ,o Goleiro Victor que já deu,esse Igor Rabello que é horrível e veio a peso de ouro ,isso que não dá.

    Resposta
  • 4 de abril de 2020 em 18:04
    Permalink

    Ninguém comenta sobre Fim do contrato Casares q já pode fazer pré contrato qualquer time do Brasil e do mundo e sair de graça – 0800. Imprensa e Atlético faz silêncio, guarda esse segredo 7 chaves. Vergonha em..!

    Resposta
  • 4 de abril de 2020 em 18:11
    Permalink

    Sou galo.. tenho 46 anos.. já vi vários jogadores que parte da torcida elegeu como judas,e,alguns deles injustamente…o Patrick é mais um… desejo a ele tudo de melhor.. sempre foi profissional, solícito, correto e mesmo não sendo um craque,cumpriu muito bem suas funções dentro de campo, isso sem contar as inúmeras vezes que atuou na lateral esquerda e desempenhou a função melhor que o reserva imediato da posição… gratidão é uma virtude e deve ser exercida… obrigado Patrick.. que o espírito santo de Deus esteja sempre com você e sua família…

    Resposta
  • 4 de abril de 2020 em 23:39
    Permalink

    Concordo com vc Alison, o Patrick e muito mais jogador que muitos que se acham por aí. Quem sempre o criticou ainda vai pedir a sua volta.

    Resposta
  • 5 de abril de 2020 em 10:38
    Permalink

    Pedir a volta de Patric? Duvido que vocês o levem pra o time de pelada de vocês. A não ser que não se importem em perder….kkkkkkkk

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *