Michael tem confiança de Dudamel no inicio da temporada, porém Atlético segue de olho em Rafael

 

 

Bruna Vargas
05/02/2020 – 06h
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

A temporada 2020 mal começou, mas já há um jogador sendo destaque no time de Dudamel: o goleiro Michael. Com as ausências de Victor e Cleiton, o goleiro que está no Atlético desde 2013, fez seu primeiro jogo no profissional, na estreia do Campeonato Mineiro.

Michael Matias Fracaro é natural de Serranópolis do Iguaçu (PR), tem 24 anos e foi revelado pelas categorias de base do Atlético. Em 2017 chegou ao profissional e desde então ainda não havia tido chances de atuar com a camisa do time principal do Galo. Porém, com a chegada do treinador venezuelano e as ausências de Victor, retomando a forma física após uma lesão, e Cleiton, com a seleção Sub-23 e de saída para o Red Bull Bragantino, o arqueiro teve a oportunidade e não desperdiçou.

O jovem estreou na primeira rodada do Campeonato Mineiro e já nesse primeiro jogo pegou o pênalti cobrado por Felipe Alves e garantiu a vitória de 1 a 0 sobre o Uberlândia, no Parque do Sabiá.  Já estreando no Horto e diante da torcida, o Atlético goleou o Tupynambás por 5 a 0, durante uma partida em que quase não foi acionado, mas se manteve atento durante os noventa minutos. No empate sem gols na partida contra o Coimbra, também no Horto, foi o jogo em que Michael trabalhou mais. O treinador da equipe de Contagem-MG conhece muito bem o Galo, já que trabalhou nas categorias de base de 2013 a 2017 e dentre esse período também foi interino da equipe profissional em alguns jogos, e montou o Coimbra muito organizado para o confronto. Até o momento foi o time que mais ofereceu risco ao alvinegro da capital mineira, mas o goleiro se manteve firme e seguro à frente do gol atleticano. E após três jogos e 270 minutos sem ser vazado, Michael sofreu o primeiro gol no time profissional do Galo. Na tarde do último domingo (2), o Atlético, com time misto, recebeu o Tombense, pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro. O time de Eugênio de Souza complicou bastante a vida do alvinegro, saiu na frente e muito bem organizado defensivamente, deu pouquíssimas oportunidades ao Galo, que só empatou a partida aos 15 minutos do segundo tempo, após boa mexida de Dudamel.

Embora ainda muito jovem, Michael se mostra muito maduro e seguro dentro de campo e o ótimo desempenho, aprovado também nas arquibancadas, consagra cada vez mais a fama do Atlético de formar bons arqueiros. Apoiado principalmente pelo ex-goleiro e agora técnico do Galo, Dudamel, o jogador se mostra apto a assumir a titularidade do gol do único time de Minas na série A.

Apesar de poucas, as quatro primeiras atuações de Michael agradaram e não foi só a torcida que ficou satisfeita. A diretoria do Galo já pensa na renovação com o jogador e vê muito potencial no futuro do jovem de 24 anos no clube. O atleta tem contrato até dezembro de 2021, mas o departamento de futebol já demonstra interesse na extensão do vínculo com o defensor. Interesse que também é bastante claro pelo lado do jogador, que além de desejar a sua permanência na Cidade do Galo, declarou amor ao time que o revelou, em sua primeira entrevista coletiva como profissional, após a estreia no Campeonato Mineiro

 

OLHO EM RAFAEL E UM PLANO B:

Já não é novidade que o Atlético acompanha de perto a situação do goleiro Rafael, que vive uma guerra interna com o Cruzeiro e entrou na Justiça pedindo rescisão. Sem pressionar, Galo segue monitorando o mercado em busca de um plano B caso o acordo entre as partes não se concretize.