CEO da Arena MRV esclarece dúvida sobre preço do ticket médio - FalaGalo

CEO da Arena MRV esclarece dúvida sobre preço do ticket médio

Foto: Arena MRV

 

Catharina Tomazzi
21/05/2020 – 08h25
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

 

A Arena MRV, futura casa do Atlético, é um grande sonho para os torcedores, principalmente após a reforma do Independência, quando o então presidente Alexandre Kalil fechou contrato com a BWA Arena, em 2012.

Ao final do ano de 2017, o conselho deliberativo do time aprovou a venda de 50,1% do Shopping Diamond Mall, o que viabilizou financeiramente a construção do estádio. Acreditou-se que no ano seguinte as obras já se iniciariam. Porém, foi uma longa jornada burocrática até a liberação das obras, em dezembro do ano passado.

Atualmente, o cenário é de bastante dúvida e especulação, pelo lado do torcedor atleticano, sobre futuro da arena. Uma delas é a questão do preço do ticket médio, abordada pelo professor Denílson Rocha, em bate-papo pelo FalaGalo com o CEO da construção. Bruno Muzzi afirma que o preço tende a subir.

“A primeira coisa que está no nosso plano de negócios é que não estamos considerando um ticket médio de R$43,00, estamos considerando um ticket médio abaixo. Segundo, que eu acho que o “efeito arena” muda completamente a realidade do que era para o que será.(…) Ele (ticket médio) sobe em média 130% em alguns clubes. Nós estamos considerando um ticket inferior, mas mesmo assim será superior (ao ticket atual de R$ 24,00). Se a performance do time acompanhar é uma resultante positiva.”

O time do Grêmio, por exemplo, obteve a média de 21.557 pagantes, 10° colocado na lista de maiores médias de públicos em 2019. O ticket médio do tricolor gaúcho foi de R$ 46,00. Já torcedor palmeirense, pagou em média R$56,00 no ingresso, mas ocupou o 3º lugar em número de público no mesmo ano. Os fatos ilustram que a fala do CEO sobre o desempenho do time acompanhar o público nos estádios é de extrema pertinência, uma vez que o Palmeiras disputou fortemente o título de campeão brasileiro 2019, com especulações de que no primeiro turno poderia ser campeão do campeonato que gera o maior número de jogos em casa.

Tendo em vista essa perspectiva, o Atlético precisa mostrar não só a sua nova casa, mas fazer dela um lugar com grandes jogos e títulos. A expectativa é alta desde a vinda de nomes como Jorge Sampaoli e Diego Tardelli e também agora com a retomada dos treinos na Cidade do Galo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *