Após vexame histórico, Atlético demite Rui Costa, Marques, Dudamel e toda comissão técnica - FalaGalo

Após vexame histórico, Atlético demite Rui Costa, Marques, Dudamel e toda comissão técnica

 

Betinho Marques
27/02/2020 – 04h11
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

No maior vexame da história do Atlético, o efeito “dominó” foi como uma avalanche.

Não bastasse os requintes cruéis de ver crianças rezando ao pé da cama para vencer o Afogados da Ingazeira, o Atlético perdeu nas cobranças de pênaltis.

Não bastasse tudo isso, o técnico ainda deu entrevista explicando o inexplicável. Não bastasse toda a mistura de oratória “equilibrada”, Rui Costa com o mesmo cabelo, sempre ajeitado, com mesmo tom sóbrio de voz, irritou a torcida com mais uma “bela entrevista” e o atleticano não dormiu.

O discurso foi o mesmo: todos estão tristes, “es futbol”. O caminho da guilhotina foi mais rápido que a previsível demissão que ocorre geralmente em abril. Mas não terminou a noite, e na madrugada, o Atlético comunicou a dispensa de Rui Costa, Marques, Dudamel e toda sua comissão, incluindo um “coach motivacional”.

O Atlético começa o ano de 2020 novamente. Mas agora sem crista, sem espora e sem destino. Além disso, sem a Sul-americana e a Copa do Brasil. Mais “tranquilidade” para treinar.

Teremos as piadas prontas do Titanic, dos Afogados, música dos Paralamas, com mais um “planejamento” desmontado.

A comunicação interna para ajudar o estrangeiro falhou. O Atlético fez em uma semana a alegria de um clube provinciano da Argentina e um semi-amador do Sertão nordestino, ambos com orçamentos diminutos perto do gigante GALO.

O Atlético não encantou, assustou. Em dez jogos o Atlético de Rafael Dudamel jogou bem em duas oportunidades, e por incrível que pareça em derrotas para Caldense e desclassificação para o Uníon.

Não se afasta da atividade fim.

Futebol é o fim de um clube. Orçamento apertado não permite errar com Di Santo, Maicon, Denilson, com contratos grandes. Quem tem pouco faz bom uso dos recursos. Vai fazer padaria e não ter pão?!

Notou-se em 2020 uma busca por jogadores jovens para equilibrar e dar vida sustentável ao clube, mas os contratos e “cheques” em branco dados anteriormente a Rui Costa e Alexandre Gallo fazem um mal do passado ruminar tragédias do futuro. Náufrago! Mais uma piada! Ainda lembrarão do Wilson que veio por três meses e sua bola rindo com a assombração de um goleiro de boné vermelho.

Atlético respira vencer no seu hino. A torcida o manteve grande por anos sem conquistas por entender suas lutas que também estão no seu documento musical. O que não está no hino do Atlético é a passividade de gostar da derrota e achar tudo normal.

A palavra agora é coerência! As piadas virão, agora aguenta, Wilson. Defenestrado o Dudamel, convicção cruel.

O Campeonato Mineiro antes nada para muitos, agora é questão sobrevivência. É calçar as sandálias, limpar a casa de quase tudo. Investidor geralmente não vai gostar de colocar dinheiro onde há insegurança, onde titubear é ritual. O Atlético precisa de carisma, humildade e torcida perto, sem este tripé, não “vira”.

Lições, aprende Galo!

20 comentários em “Após vexame histórico, Atlético demite Rui Costa, Marques, Dudamel e toda comissão técnica

  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:12
    Permalink

    Bom dia amigos do Galo. O principal responsável pela destruição do CAM, que é este que ocupa o cargo de presidente, tem que sair “aclamado” como o pior presidente da história do Galo.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:30
    Permalink

    Prezados, nada mais previsível para um clube que vem sendo magistralmente mau administrado há anos. Dançaram quem não tinha a menor condição de ter sequer almejado vir a compor os quadros do Atlético, mas ainda falta muito: é preciso se livrar dessa diretoria fracassada em todos os sentidos e da esmagadora maioria dos semi jogadores que integram o atual elenco com cara de derrota anunciada.
    Desde meados do ano passado já vinha dizendo ou o Atlético se livra da gestão sette camara ou vai para o buraco. Aí está não era preciso ser vidente ou visionário, bastava apenas um reflexão lógica e racional. Muda tudo Galo.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:32
    Permalink

    ontem eu avisei aqui no blog. o galo ia vim afogado dos afogados. 7 câmera é o maior culpado por o galo na lamba.estamos de braços abertos para ficar igual as freguesas. falidos e sem time e na série B.c.d.o dudamerda foi tarde e aproveita leva com ele. d funto. pastor pipoqueiro. José welison. rever peladeiro. patrick. Fábio Santos e outras barcas. parabéns presidente você conseguir por o galo na lamba. viva a austeridade. vergonha.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:38
    Permalink

    Pelo menos isso. Não consola mas alivia a ira. Não estou querendo dar uma de profeta do acontecido mas desde o início parte de nós sabia da incompetência desse Rui lero lero. Quando esse Dudamel chegou “promovendo” o já reprovado Edinho, aí eu já sabia da incompetência desse péssimo venezuelano. De qualquer forma enquanto os empresários estiverem mandando nesse clube estaremos fadados ao fracasso. O MP e a PF precisam intervir urgentemente!! E o Marques tinha que sair da Cidade do Galo algemado!

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:39
    Permalink

    Atlético Mineiro… infelizmente, mais do mesmo.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:42
    Permalink

    Sette Câmara se tiver um pouquinho de inteligência é só escutar a massa. Pega opinião com os torcedores e faz como eles pedem. Se der errado vc se livra, mas com certeza vai dar certo. Com o Kalliu foi assim ele fez muita coisa que a torcida pedia. Abre o olho presidente.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:43
    Permalink

    Indiferença(sentimento de tanto faz), o atual presidente do Galo conseguiu me fazer sentir isso. Jamais acreditei que diria isso, mas com esses que comandam o Galo não creio em mais nada, ou creio que possa piorar muito.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 07:47
    Permalink

    A mesma história dos dois últimos anos. Agora assume um auxiliar, que não tem opinião própria, não tem coragem para fazer mudanças, embora as opções do elenco sejam poucas, não vai dar oportunidade a nenhum jogador da base. Já posso ver a escalação do próximo jogo. Zé Welisom, volta, DiSanto e RO continuaram tendo oportunidades.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 08:14
    Permalink

    O desastre já estava anunciado.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 09:03
    Permalink

    Amigos,
    Nessa leva da madrugada faltaram os nomes de EDER ALEIXO, OTERO, MAIDANA, ZÉ WELISON (xodó de Duda), PATRIC, REVER e VICTOR. Chega da mesmice. E jogadores da Base pra jogar (ou lá não tem menlhor do que os acima citados?).

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 09:04
    Permalink

    QUEM CONTRATOU ALEXANDRE GALLO.??
    R – SETTE CÂMARA.
    QUEM CONTRATOU RUI COSTA.?
    R – SETTE CÂMARA.
    QUEM CONTRATOU DUDAMEL.?
    R – SETTE CÂMARA.
    QUEM CONTRATOU OS JOGADORES ?
    R- SETTE CÂMARA.
    PORTANTO SETTE CÂMARA É O MAIOR CULPADO POR TODO ESSE DESASTRE ATLETICANO.
    DIRETORIA VAGABUNDA.
    COMISSÃO TÉCNICA VAGABUNDA.
    JOGADORES VAGABUNDOS , PREGUIÇOSOS E MERCENÁRIOS.
    ESSE É O C.A.M.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 09:09
    Permalink

    Bom dia a todos!
    Meu Deus, que jogo foi esse? Time sem alma, sem vontade, apático, fraco, bem como toda a instituição Clube Atlético Mineiro. Aliás, o Atlético, NÃO pode ser considerado time grande. Temos que parar com essa ilusão. Time GRANDE, enfrenta e elimina times de menor expressão. O Atlético em seus 111 anos, conseguiu apenas dois títulos nacionais, isso não o torna time grande. Se for basear por isso, tem que incluir o Guarani como time grande, o Criciúma, Santo André, esses citados tem também título de nível nacional. O Atlético não pode ser considerado time GRANDE, porque não pensa como tal. Clube que se acostumou a ser saco de pancadas, dar vexames, ser zuado e não poder fazer o mesmo com os rivais. Me incomoda muito ver atleticanos querendo zuar o rival mineiro, dizendo que a CB 14 foi encima deles. Ora, eles conquistaram 6 canecos sobre outros grandes times, nós só temos uma e perdemos a chance de conquistar a outra. Ah, perdemos a outra taça da CB para um time GRANDE! Coisa que o Atlético não é!
    Talvez seja o maior time GRANDE, dentre os menores do Brasil.
    O Atlético não está e nunca esteve no mesmo nível de Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Vasco, Fluminense, Grêmio e Internacional, talvez esteja no mesmo nível que Botafogo e Paranaense. O ATLÉTICO NÃO TEM MENTALIDADE DE TIME GRANDE, NÃO PENSA COMO TAL.
    Grande parte desta mentalidade pequena, é culpa da torcida, que se contenta com migalhas, então, estão nos dando migalhas, temos que nos contentar e sem reclamar.
    Enquanto o Srº 7 continuar à frente do Atlético, eu não uso mais a camisa do clube, nem darei audiência em dias de jogos. CANSEI!
    Abraço a todos!

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 09:53
    Permalink

    Com dividas próximas de 1 bilhão, o galo, enquanto negócio é inviável. Com um sistema de governanca mafioso, a corrupção deve correr solta. A portuguesa de desportos deveria servir de exemplo pra esses “gestores”

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 10:48
    Permalink

    Ricardo Guimarães, Sérgio Sette Câmara e Ziza Valadares.
    Top 3 dos piores presidentes da história do Atlético

    Caro Sette Câmara,
    Se o Sr tem algum amor pelo galo, deixe a vaidade de lado e renuncie a seu cargo

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 11:40
    Permalink

    Os anos vão passando e o CAM se “apequenando” cada vez mais.
    Quanto vexame…
    Nesse, em aprox 40 dias de trabalho, duas eliminações vexatórias. No mesmo período, o Flamengo conquistou 3 taças.
    Quando o CAM voltará a levantar taças? Quando?
    Triste realidade…

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 11:44
    Permalink

    Concordo.
    Esses outro times citados estão em outro patamar.
    Pra chegar próximo deles, demoraria uns 50 anos…

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2020 em 12:00
    Permalink

    Cuca, Mano, Levir, Felipão… Nãaaao; pelo amor de DEUS!

    Resposta
  • Pingback:Se na vida é preciso planejar, no futebol planejar é preciso - FalaGalo

  • Pingback:Trinta e Sette: veja as 37 contratações da "era" Sérgio Sette Câmara no Atlético - FalaGalo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *