Livrai nos do “Alzheimer”, amém! – Por Betinho Marques

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Mais uma vez eu vejo um Mineirão cheio
Vejo uma massa a cantar Rei…Rei…Rei
Olho para meu filho e lembro do Pássaro Negro de Ponte Nova
Essas coisas não acontecem mais

Mas eu sou muito Yesterday
Eu lembro de não existir e meu pai te chamar de Rei…
Recordo de um drible curto, uma leveza
Lembro de fígado com jiló e arroz com pequi
É Reinaldo, é domingo, é Let It Be

Nas noites atleticanas vejo um povo a sorrir
É um pássaro alvinegro, um sorriso aberto de quem faz uma Massa sorrir
Não se pode viver sem música
Quem viu Reinaldo conhece mais de meniscos do que de si
Nos domingos de sol vejo um povo a sorrir

Permita-me, Senhor, as histórias
Não deixe que falte o som da torcida
Não deixe que as fitas de vídeo se findem
Em tempos de camisas estrangeiras
Grato ao Youtube, por ver Reinaldo embalado em memórias

Permita que eu não esqueça das bandeiras tremulando
Que não apague da minha face uma corrida peculiar com short curto em direção à geral
Que eu consiga me lembrar dos recados e não desconhecer as fotografias guardadas em caixas de sapatos
Ahhh… A Camisa 9 dos punhos erguidos e do sorriso aberto usada em dias de glória
Que o “Alzheimer” não nos deixe babando.

Estejamos livres a amar o novo lembrando de ontem
Buscando nas raízes os motivos por estarmos aqui
Que consigamos ser sofisticados com o simples, como Reinaldo
Um leve movimento e já não há zagueiros ali
Livrai-nos do “Alzheimer”, amém.

Mais uma vez eu vejo um Mineirão cheio
Vejo uma massa a cantar Rei…Rei…Rei
Mas eu sou muito Yesterday
Eu acredito no ontem
Domingo é Silvio Santos, mas só depois do Rei

Quero viver acreditando
Eu quero a leveza do simples
Não quero esquecer dos beijos da minha amada, nem de nada
Quero ver Reinaldo driblando como se estivesse pintando
Vou viver amando e que não seja babando.

Galo, som, sol e sal é fundamental!

Sigam: @rmarques13

@falagalo13

8 comentários em “Livrai nos do “Alzheimer”, amém! – Por Betinho Marques

  • 14 de fevereiro de 2019 em 09:11
    Permalink

    Bom dia!
    Eu quero olhar pra frente, pois é pra frente que se anda, mas nos altos dos meus 5.6, não tem como eu viver o presente e nem olhar para o futuro, sem que minha memória insista em viver um passado de glória, onde nas tardes de domingo vejo um Mineirão lotado, sendo palco de momentos mágicos e cravando um menino de Ponte Nova, para sempre em nossa história.

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2019 em 10:22
    Permalink

    REINALDO, TONINHO CEREZO , PAULO IZIDORO OS ÚLTIMOS GÊNIOS REVELADOS PELO GALO HÁ MAIS DE 40 ANOS.
    Entristece ver hoje os maiores PERNAS DE PAU jogando pela BASE.
    Quando teremos novos REINALDOS e TONINHOS CEREZO ?????? Verdadeiros GÊNIOS que ocupam a galeria entre os melhores do Mundo em todos os tempos.
    Como bem disse Romário : REINALDO FOI O MAIOR CENTRO AVANTE QUE JÁ VI JOGAR. E eu digo : TONINHO CEREZO FOI O MAIOR VOLANTE QUE JÁ VI JOGAR.

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2019 em 11:41
    Permalink

    Lindíssimo texto. E acrescento, que lembrar também por vezes pode ser doloroso.

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2019 em 14:19
    Permalink

    Boa Tarde,

    “Olha, até nisso eu dei sorte. Se o Reinaldo fosse fisicamente perfeito, poderia bem ser capaz de me relegar ao segundo plano”. Pelé.
    Só está frase acima diz tudo sobre o nosso eterno Rei.
    Lendo hoje os postes de ontem, percebi que colegas fizeram menções sobre o treinamento inadequado que provavelmente o Victor está tendo, posso dizer de cadeira, quando jovem me aventurei no gol e meu filho hoje joga na mesma posição.
    Todos os erros mencionados se referem a fundamentos, e jogadores profissionais não treinam fundamento, fundamento são ministrados a crianças a partir dos 7 a 8 anos de idade e continuando até aos 15 anos, daí, por diante é colocar em prática o que se aprendeu e tentar aperfeiçoar os pontos fracos.
    Nosso goleiro não teve este tipo de treinamento ou se teve não aprendeu nada, concordo com as colocações, sai mal do gol, não sabe utilizar os pés, a menos para bater o tiro de metas, não sabe quebrar uma bola, fundamento básico e necessário que eu nunca vi ele fazer, se posiciona mal dentro do gol e em faltas.
    Na verdade convivi muitos anos dentro do ambiente da base de uma equipe profissional, acompanhando meu filho, e existe uma máxima dentro dos clubes de futebol brasileiros que diz assim, goleiro não precisa saber nada, só precisa ter altura, o demais os treinadores de goleiros resolvem com treinamentos, é só ver que os mais baixos hoje possuem no mínimo 1,86 m, daí, é comum verificarmos estes mesmos erros em muitos goleiros.
    O ideal é que as crianças joguem futebol de salão até os 12 anos, tanto jogadores de linha, quanto goleiros.
    O segundo gol que o Victor tomou foi simplesmente ridículo, não por ser fácil ou desmerecer o chutador, mas pelo desempenho do nosso goleiro, a falta de tempo de bola foi tão grande que quando chegou no rumo que a bola passou, a mesma já havia batido dentro do gol, e olha que ele estava muito adiantado, foi muito lento nesta e em todas as bolas, observem que sua grandes defesas são sempre por baixo, onde utiliza sua envergadura para entrar na frente dos atacantes e assim impedir os gols, no pênalti do clássico também chegou atrasado, na verdade ele está perdendo o tempo de explosão e ficando cada vez mais lento.
    Este ano o fator positivo da utilização do segundo time é exatamente dar ritmo de jogo ao Cleyton que diferentemente do que o Victor, apresenta que teve uma boa base formadora de fundamentos, o que lhe falta é jogar para perder um pouco da afobação e poder mostrar seu talento.

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2019 em 14:26
    Permalink

    O Galo se apequenou só de chamar o Luan de ídolo e craque meu Deus aonde vamos parar

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2019 em 15:29
    Permalink

    Salve massa!

    “Há mais mistérios entre o céu e a terra, do que toda a nossa vã filosofia” (William Shakespeare). Nunca vi uma frase que encaixasse tão bem nas coisas do Galo, senão vejamos:
    • Como explicar que Patrick está no clube desde 2011 e ninguém vê o futebol medíocre do cara?
    • Como pode o bunda de bigorna (Elias) ainda vestir nosso manto, mesmo mostrando má vontade, preguiça e quando abri a boca sempre enaltecendo coisas de outros clubes inclusive o lado fresco da lagoa?
    • Como pode o clube F. Santos, mesmo enterrando o time todo jogo não ter uma sombra, aliás, não ter alguém, para colocá-lo no banco?
    • Como pode jogadores como Natan e Leandrinho ainda fazerem parte de nosso elenco?
    • Como pode o piadista Burro com Sorte, continuar insistindo com alguns jogadores ?

    Té + e FORA triunvirato ELIAS, FÁBIO SANTOS E PATRICK!!!!

    Resposta
    • 14 de fevereiro de 2019 em 15:54
      Permalink

      Boa tarde Jbhgalo e amigos do NOSSO GALO. Concordo na integra com voce Jbhgalo e gostaria muito que o Léo Gomide fizesse seus questionamentos o técnico Levir Culpi. Acho que a imprensa mineira está pegando muito leve em relação a Patric, Fábio Santos e Elias.

      Resposta
      • 14 de fevereiro de 2019 em 20:20
        Permalink

        Essa insistencia do Burro com Sorte ainda vai afundar o GALO anotem iaso ai. E licença com as palavras o FDP coloca o Guga no jogo de sabado pra se contundir. Depois vai chorar quando for demitido. Ate eu sei, C. cesar ta melhor que F.Santos. Meio e Adilson, J.Wellisson ou Jair, e GUGA titularissimo. Faco coro fira Patrick, Elias e F.Santos.

        Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *