Levir, o teimoso sem sorte! – Por Lucas Tanaka

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na última quarta feira, o Galo foi derrotado pelo Cerro Porteño em casa na estreia da fase de grupos da Libertadores. Mas a minha intenção com esse texto nem é fazer um pós-jogo dessa derrota, mas sim analisar o trabalho do Levir até aqui e analisar também um pouco o elenco que a diretoria montou até então. Então vamos lá!

Primeiro, gostaria de fazer uma “defesa” ao técnico, pois vejo muitas pessoas dizendo: “O Galo está jogando com três volantes”. Pois bem, não é isso que acontece, Elias não é volante, nem quando jogava ao lado de Adilson, pois vez ou outra, o Galo alternava do 4-2-3-1 para o 4-1-4-1 e o Elias avançava formando a segunda linha de quatro atuando por dentro e o Adilson sim era o único volante do time e, muitas vezes, para não falar sempre, ficava totalmente sobrecarregado na marcação.

Além disso, contra o Defensor, no Independência, e contra o Cerro, o Elias mudou de posição e continuou sem a função de volante. Nesses dois jogos ele atuou pelo lado do campo. No primeiro pela esquerda e no segundo pela direita. Contra o Defensor a dupla de volantes foram o Welison e Adilson e contra o Cerro, foram o Adilson e o Jair, sendo assim, nos dois o Galo jogou com dois volantes e não três como muita gente vem falando, inclusive gente da imprensa. Nesses dois jogos, o time atuou nitidamente no 4-2-3-1.

Contra o Defensor, foi até aceitável o Levir ter entrado com o Elias fechando o lado esquerdo e com dois volantes mais presos, visto que tínhamos um 2 a 0 a favor, construído fora de casa e ele jogou pela classificação. Mas contra o Cerro, ao meu ver, foi um grande erro ele ter entrado com a formação quase idêntica à última citada, trocando apenas Welison, expulso no último jogo, por Jair. No momento que saiu a escalação, imaginei que Levir colocaria o Elias como terceiro homem de meio campo, mais pela direita e Cazares caindo da esquerda e vindo por dentro, com Luan mais próximo do Pastor, pela direita, no 4-3-3, mas mais uma vez, Elias foi deslocado pra um lado do campo.

Ao meu ver, a única posição em que o Elias desempenharia um bom futebol seria se fosse deslocado como terceiro homem de meio campo, como citado no último parágrafo. Tanto como ponta, independente do lado, ou como segundo volante ao lado do Adilson, ele será queimado, pois hoje não é onde ele consegue desempenhar um bom futebol. Além de queimar o jogador, Levir joga contra si mesmo.

O Galo perde muito com essa insistência do Levir em manter esse esquema com Luan e Elias nas pontas, pois os dois são mais meias que atacantes e com isso instintivamente puxam as jogadas mais para o meio, assim, o time fica fácil de ser marcado e previsível. Ambos não têm a velocidade como característica e com isso perdemos em amplitude. Além disso, o Cazares fica sobrecarregado nas armações, pois o time fica espaçado e dependente de uma noite inspirada de seu camisa 10 e de um dia bom do Ricardo Oliveira.

Dito isso, tem ainda o fato de que não vejo triangulações, o time joga espaçado, não tem coletivo, e consegue criar com facilidade quando muitas vezes nos contra-ataques encontra os espaços cedidos, porque não tem condições de criar as jogadas envolvendo o adversário. O Galo do Levir está sendo o famoso Galo Doido que ele tanto cita em suas coletivas. O time joga sem obediência tática nenhuma, defende mal, ataca com pouca gente. O Galo não é um time mecânico, é previsível e fácil de ser marcado, basta o adversário fechar em uma linha de quatro seguida por uma de cinco a frente que o Galo encontra dificuldades em achar os espaços. Ademais, com esse estilo de jogo mais preso, precisaríamos de laterais que apoiassem bem no setor ofensivo, que é totalmente o contrário das características dos atuais titulares Fábio Santos e Patric.

Sobre Patric, nem vou falar nada, nem o critico mais, a crítica fica para quem o escala. Ele não obriga niguém a colocá-lo de titular. Quem me conhece sabe que se dependesse de mim, ele já estaria no banco há muito tempo. É bom deixar claro que contra o Cerro ele não teve culpa nenhuma pelo resultado, longe disso, mas as vaias destinadas a ele criaram mais uma situação promovida pelo próprio Levir que insiste em o escalar, mesmo já estando totalmente queimado com a torcida, e mesmo que o Guga tenha aproveitado as chances que teve.
Uma outra crítica ao técnico é a falta de capacidade de mudar o esquema, inclusive durante os jogos. As substituições, na minha opinião, também vêm sendo mal feitas, e a última foi a entrada do Nathan como volante, sendo que o mesmo até então era reserva do time B. Essa foi uma que realmente não entendi.

Finalizo esse texto abordando também a falta de opção que temos no elenco, ainda falta a tão sonhada “sombra” para o Fábio Santos, um reserva para o Cazares, pois não tenho confiança no Vinícius e acho a disparidade técnica entre os dois enorme, e não dá para saber se o Geuvânio será o cara de lado com velocidade que tanto precisamos. Um segundo volante também é uma posição carente, visto que, com a lesão do Blanco, ficamos apenas com o Jair com essas características.

Fica a expectativa também do Levir mudar a maneira do time jogar, reconhecer os erros e parar de insistir em coisas que todos sabemos que não estão dando certo. Gostaria de ver o Galo saindo do 4-2-3-1 e migrando para o 4-3-3 com Victor, Guga, Rever, Rabello, Fábio Santos, Adilson/Welison e Jair, Luan ou Elias sendo o terceiro homem de meio, Cazares mais pela esquerda vindo pelo meio, Chará/Bolt/Geuvânio pela direita e Ricardo Oliveira à frente.

Falagalo.com.br
Sigam nas redes: @falagalo13; @LucasTanaka

Angel Baldo

Mineiro de nascença, Paulista de criação! Fanático pelo Galo e pelo Fala Galo! Apaixonado pela minha família e Deus, o resto é mimimi!

15 comentários em “Levir, o teimoso sem sorte! – Por Lucas Tanaka

  • 8 de março de 2019 em 12:39
    Permalink

    Boa tarde Lucas e amigos do NOSSO GALO. Se eu fosse OBRIGADO a escolher entre manter o Patric ou Fabio Santos no time titular, com certeza eu escolheria o Patric, mas se eu não fosse OBRIGADO, sacava logo os dois, pois ambos estão nos piores momentos de suas carreiras, se é que tiveram bons momentos.
    Quanto ao Elias, é sabido que já tentou-se de tudo com ele, já jogou de cabeça de área, meia avançado, meia esquerda, meia direita etc., não adianta, ele não deu e nem vai dar liga no NOSSO GALO, não insistam mais, deixem que ele siga seu caminho, sem ele será melhor.
    Já o técnico Levir Culpi, parece ausente, preocupado em elaborar piadas, enquanto o time é um amontoado de jogadores mal preparados em campo. Precisa responder com honestidade o porque de não escalar o Guga no time principal.
    Muda tudo Levir, voce tem um belo curriculum como técnico, não se queime pela omissão e burrice.

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 12:54
    Permalink

    Boa tarde, meu caro!
    “Luan ou Elias?” Como assim, Luan ou Elias? Eu fico pasmo com vocês entendedores que tentam dar sempre um jeitinho pra ter Elias no time. Vocês foram enfeitiçados e não conseguem enxergar o óbvio? Quando foi que o Galo mostrou melhoras no campo? Justamente quando o bom Gustavo Blanco desbancou esse inútil Elias. Mas enquanto houver alguém da imprensa pra defender esse traste, vamos tendo que engolir isso. Pelamorrrr!!! Admitam que esse Elias não nasceu pra jogar no Galo!

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 12:56
    Permalink

    Boa tarde Massa atleticana!
    Caro Lucas Tanaka, a sua opinião foi muito positiva, mas o novo contratado Geuvânio só poderá ser escalado a partir das oitavas, caso o Galo classifique.
    Essa escalação com dois volantes pode ser usada, mas com a saída do Luan que só sabe jogar pelas pontas, mas como ele não tem velocidade mais, não pode ser escalado para esta função, mais vai muitas das vezes para o meio embolando tudo e não tendo nenhuma produtividade.
    O meu time seria: Victor, Guga, Rever, Rabelo e Fábio Santos, Zé Wellison, Adilson em boa forma, mas hoje Jair, Elias, Cazares, Ricardo Oliveira e Chará. O Luan seria um coringa para ser usado no segundo tempo, pois não aguenta mais os 90 minutos e rende mais quando entra no decorrer do jogo. Ou o Levir para com essa teimosia de não escalar os melhores ou vamos dançar nesta fase de grupos. Não adianta a torcida ficar pedindo a cabeça de certos jogadores, pois não temos banco no momento para que isto seja feito, com exceção do Guga que tem que ser testado, para termos certeza se vai dar conta do recado. Não podemos perder em hipótese nenhuma o próximo jogo e até mesmo um empate não seria de tudo ruim, pois o Nacional vai vir jogar aqui e passaria a ser o jogo chave. Se a vitória vier melhor ainda, mas outra derrota seria praticamente o fim das nossas pretensões.

    Resposta
    • 8 de março de 2019 em 13:36
      Permalink

      Peraí, deixa de pessimismo!
      Já teve time que conquistou a Libertadores mesmo perdendo os três primeiros jogos…

      Resposta
  • 8 de março de 2019 em 12:57
    Permalink

    Outra coisa. Alguém pra fazer sombra a Fabio Santos? Precisamos de alguém que suma com esse inútil do Galo!
    E se Hulk não é capaz de substituir esse finge que marca, então que vá fazer filme ou outra coisa na vida.

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 13:17
    Permalink

    Caro Lucas Tanaka , considerar ELIAS JOGADOR DE FUTEBOL SÓ PODE SER PIADA.
    PATRIC nem é bom falar.
    Portanto esses pseudo jogadores com a ajuda de F.SANTOS estão ENTERRANDO o time. A isso se soma a desorganização tática , falta de PEGADA e o Preparo Físico , POIS O TIME ESTÁ cansando no SEGUNDO TEMPO.
    PARA O MEIO DE CAMPO TEMOS ADÍLSON , J. WELLISON , JAIR , NETO E CAZARES , TODOS MUITO SUPERIORS AO EX JOGADOR , HOJE PERNA DE PAU ELIAS.
    PORTANTO FALTA ORGANIZAÇÃO.

    Resposta
    • 8 de março de 2019 em 14:14
      Permalink

      Com Elias, Pastor, Patrick, é bom esquecer. Levir sempre gostou de fazer surpresa. E não gosta de gente famosa. Brigou com Tardelli e com Ronaldinho. Jogar em seu estádio com 3 volantes é o supra-sumo da covardia. E sem atacante que chute a gol, ninguém faz gol. O Pastor é a tonga da mironga do cabuletê. Ex-jogador em inatividade.

      Resposta
  • 8 de março de 2019 em 13:54
    Permalink

    Sabem de verdade o que acontece com o Galo? É o que o diz o famoso ditado: Errar é humano, permanecer no erro é burrice! Perdemos um diretor que se errava tb, pelo menos era do meio e mais acertou do que errou. Foi reposto? NÃO! Já estamos no segundo aventureiro, segunda pessoa sem nenhuma experiência no cargo que assume. Treinador? É o nono (9º) desde a saída de Cuca, da inesquecível Libertadores de dois mil e Galo e do fiasco de Marrocos! O atual, que já tinha sido ex em 2015, conseguiu uma etapa vitoriosa em 2014, muito ainda pelos frutos colhidos do trabalho de Cuca! Em 2015, com a mesma teimosia de Patrick e Conceição, a maionese desandou e o teimoso já sem sorte foi mandado pra casa! De lá pra cá, não tivemos nenhum treinador de ponta, tendo sido Marcelo Oliveira o de melhor currículo, mas que após a passagem vitoriosa no rival, só fez trabalhos medíocres, incluindo o de 2016 aqui no Galo! Ou alguém em sã consciência considera e espera algo de títulos nas mãos de Aguirre, Roger Machado, Oswaldo de Oliveira, Micale e Tiago Larghi? Bom, se uma andorinha não faz verão e se não é o treinador que perde pênaltis e gols ridículos na mesma proporção que os toma, uma coisa é ter Ronaldinho Gaúcho, Tardelli, Bernard, Luan e Jô em ótima fase, a outra é ter Ricardo Oliveira já em fim de carreira e cuja sombra é o instável e inexperiente Alerrandro. Uma coisa é ter o melhor lateral direito por dois anos seguidos no time, a outra é ter Patrick. Uma coisa é ter um promissor e eficiente Douglas Santos na lateral esquerda, a outra é um desmotivado e bem decadente velho Fábio Santos. Uma coisa é ter um meio de campo mordedor e raçudo com Pierre e Donizete que não deixam passar nem sombra, a outra é Adilson, Elias e mais quem mesmo… Enfim, compreendem que o que foi perdido não foi reposto mais. Perdeu-se Jemerson e trouxemos quem? Maidana e agora Rabello! Perdemos Douglas Santos e trouxemos outro Santos, o Fábio. Perdemos Marcos Rocha e até trouxemos Emerson e Guga, mas o titular imexível é o craque da raça, Patrick. Perdemos Lucas Pratto e Tardelli, vieram o Maricone, Pedala Nada e o Pastor. Perdemos Cuca e vieram todos os outros e um piadista teimoso e com menos sorte! Perdemos Maluf e vieram Gallo e Marques. Perdemos Kalil e vieram Nepomusono e Sette Um Câmara. Tinha ou tem mesmo como melhorar? Digam vocês…

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 14:02
    Permalink

    Salve massa!

    FICHA TÉCNICASAN LORENZO 1 X 0 ATLÉTICO-MG – Data: 11 de abril de 2018, ATLÉTICO-MG: Victor, Patric, Bremer Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan , Cazares e Otero e Ricardo Oliveira.

    FICHA TÉCNICA Cerro Porteno 1 X 0 ATLÉTICO-MG – Data: 06 de marçol de 2019: Victor,Patric Rever,,Igor Rabello,Fábio Santos,Adilson,jair,Elias,Luan, Cazares e Ricardo Oliveira

    Amigos veja acima as escalações do time que foi nossa decepção em um dos jogos da sul americana e terminou o ano passado fortemente contestado e que fez uma partida na oportunidade digna de filme de terror. e o time que está entrando em campo atualmente. Do time do ano passado somente 03 jogadores novos, o resto a mesma merda.
    Qualquer um que tenha o mínimo de discernimento pode entender porque estamos colhendo os resultados decepcionantes que esta caricatura de time vem alcançando. Mudaram 03 mosquitos, mas a merda continua a mesma, e ainda capitaneada por um piadista que se vangloria como burro com sorte.
    Sem mais comentários, tirem suas conclusões!
    Té + e FORA triunvirato ELIAS, FÁBIO SANTOS E PATRIC!!!! E sobrou ora vc tb BURRO COM SORTE!!!!

    Resposta
    • 8 de março de 2019 em 14:06
      Permalink

      Boa tarde, Jbgalo!
      Fico impressionado com todos os comentaristas e alguns torcedores incautos que não conseguem enxergar isso!

      Resposta
  • 8 de março de 2019 em 14:18
    Permalink

    Boa tarde massa. Todo ano é mesma coisa. Pensemos que vai melhorar e fica pior. Só imaginar que apoiei a volta do burro sem sorte eita arependimento. Levir simplesmente ficou gagá,Teimoso e burro e vai cair abraçado com estes 3 peladeiros da equipe Elias,Fábio Santos e patrick. Marques está se saindo como o GALLO fraco e incompetente abola de vez é Giovanio. É muito amadorismo este peladeiro não deve ganhar pouco. É erros atrás de erros. Contrata um foguete molhado por quase 30 milhões enquanto as freguesas com menos contrata jogadores que resolve jogos. Mais um ano jogado no lixo. E 2019 nem começou direito.triste realidade. Vai galooo.

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 14:43
    Permalink

    A melhor definição de todas é do JBHGALO mudaram alguns mosquitos mas a merda continua a mesma.
    Eu acrescento que a merda com Patric, Fábio Santos e Elias vira uma diarreia completa!! kkk
    Ê Galo!!

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 15:35
    Permalink

    Amigos do Galo, acredito que o comentário do nosso amigo Rodrigo Arantes foi muito bom e acertado.

    Ao ver o Galo jogar não tenho nenhuma certeza que o time possa virar um jogo ou fazer mais do mesmo. Quando estamos ganhando de 1X0 parece que já está bom, time sem ambição de golear ou mesmo nos mostrar aquela vontade de atropelar os adversários. Mesmo quando vencemos há muito sofrimento e isto ao meu ver não poderia acontecer com um time do tamanho do Galo. Concordo com a maioria das críticas, mas acho que o Luan é a cara do Galo, se tivéssemos mais jogadores com aquela vontade seríamos outro time. Ainda tenho mais um comentário, acho que estou sozinho nesta análise pelo que vi por aqui. O Vitor não tem nenhuma condição de sair do gol, totalmente atrapalhado, sem tempo deixando a meta a mercê da sorte (esta que não temos) e acabamos tomando gol porque simplesmente ele não está lá. Infelizmente nesta última derrota também coloco na conta dele. Há tempos quer jogar para torcida, xingando adversários no chão e arrumando briga sem motivos nenhum. Ao meu ver deveria focar no gol, pois o goleiro do Cerro quando precisou dele estava debaixo do gol e salvou a vitória do seu time com uma defesa espetacular. o teimoso, nem vou comentar.
    Abraços!
    Vamos Galo!

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 16:19
    Permalink

    Boa tarde. Por que o Galo só contrata atacantes? Cadê os meias para armar e controlar o jogo? Historicamente nossas diretorias não sabem montar times. Ano retrasado: Fred Pratto, Robinho. E o maestro? Quando teve equilíbrio e maestro foi campeão… lá em 2013. DNA Galo Doido precisa de cirurgia. Seria bom aprender com a concorrência. Tenho 60 anos e sou galo desde criancinha.

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 17:01
    Permalink

    Caros,
    Ñ sei como imaginam esquema tático com esse plantel e esse treineiro? É sério isso? Esquema tático? Qual é? O mais próximo q foi apresentado foi o 4-6-0, mas já desisti desse, pois o Pipoca é 0 à esquerda.
    “É bom deixar claro que contra o Cerro ELE não teve culpa nenhuma pelo resultado”…como assim? Esse tipo de defesa do Patrícia é a mesma q eu vejo nos comentaristas “oficiais”. Ele é isso ele é aquilo é assim é assado, é raçudo, é voluntrioso, ele ñ tem culpa. Fica parecendo um negócio de cristão hipócrita, sem redundâncias. Coitadinho dele, dá o céu prá ele, bomzim…Depois querem falar de mérito, ah, vai prá…
    Vou rabiscar, tem desenho melhor: Patrick ñ é só péssimo entre os seus, ele é tb da famiglia do Comédia, ñ tem a mínima ideia tática do jg. O cara é um otário, vamos ser sinceros. Ninguém quer um intelectual em campo, ditando cátedra, fazendo leitura do jg. Ok. Mas é só o mínimo q queremos, posicionamento em campo, uma antecipada de jgada de vez em qnd, postura de jogador do CAM, segura aqui, catimba ali. Porra! Saco jogador de jogador inútil, PQP! Agora, depois de 10 anos conseguiu acertar um cruzamento…Deus q nos ajude, antecipem logo a renovação do contrato dessa anta, prá acabar o qnt antes. Alias, entreguem o Clube prá ele!…PQP! Porra, 10 anos, INACREDITÁVEL! Risível! Tem coisa ai…isso né treta de moral, ñ.
    Fábiola Santa e a Pastora Pipoca é outra coisa totalmente diferente. Patrick é sincero, ñ tá enganando ninguém. Esses dois, ñ. São PILANTRAS! Igrejeiros, só ñ vê quem ñ quer!…
    ELIAS: por incrível q parece e prá desespero da turma do portão 7, a turma sentaí, Elias cabe no meio campo “desse time”…ñ como volante, ñ como “o cara”. Mas um simples jogador, com um superSALÁRIO e Chora nenem! É melhor q Adilson, Jair, Zé Welisson juntos e misturados. Nosso meio campo é fraquíssimo a partir desse trio aí. Jogadores de 2ª ou 3ª.
    Cazares e Elias, no meio, é o melhor q temos, acreditem.
    Levir: tá cagando e andando, parece um MITO!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *