Jogando mal novamente, Atlético dá outro vexame no Brasileirão

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

 

Jéssica Silva
Do Fala Galo, em Montes Claros
03/10/2019 – 00h05

Em duelo atrasado da 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Galo recebeu o Vasco, na Arena Independência, com o objetivo de vencer a segunda partida consecutiva e tentar amenizar a crise que se instalou no clube. Jogando mal mais uma vez, o time de Rodrigo Santana foi superado pela limitada equipe carioca e viu a derrota ser sacramentada aos 48 minutos do 2° tempo.

Ao contrário do que se esperava do visitante, o Vasco mediu forças com o Atlético desde o início e não demonstrou ter a intenção de recuar em nenhum momento. Entrando no jogo do adversário, o Galo pouco chegava e viu o time cruzmaltino oferecer muito mais perigo que ele no primeiro tempo. Levando em consideração o momento que vive o Vasco e o atual plantel carioca, ver o Atlético recuar para fazer o jogo do time visitante é algo inaceitável. Quantos de vocês já imaginaram seu time recuando para uma equipe que luta contra o rebaixamento? É a este ponto que o Galo chegou.

Atlético chegou a 7ª derrota em 8 jogos no brasileirão

No segundo tempo o Atlético conseguiu sair na frente com Otero, aos 14 minutos da etapa complementar. Lutando pelo resultado e jogando com mais merecimento, o Vasco chegou ao gol sete minutos mais tarde. Marrony foi atingido no rosto por Patric, o VAR revisou o lance e deu ao cruzmaltino a chance de igualar o placar. O gol da igualdade veio com o pênalti convertido por Rossi. O jogador não marcava um gol desde março e é mais um na lista de jogadores ressuscitados pelo Galo.

Aos 48 minutos Patric voltou a falhar e “deu” o gol da virada para o Vasco. Marcos Júnior dominou um cruzamento nas costas do lateral e mandou a bola para o fundo das redes, decidindo o jogo e dando a vitória ao cruzmaltino, que comandou a partida no Independência e conseguiu alcançar seu objetivo, graças à incompetência do Atlético.

A derrota passa pelos pés do Patric, pois o lateral participou diretamente de ambos os gols sofridos pelo time, mas é importante ressaltar que o revés não é apenas responsabilidade sua. Que Patric é limitado tecnicamente todos nós sabemos, porém, ele é o reflexo desse time. Em nenhum momento o Atlético jogou como uma equipe que almejava a vitória. Recuar jogando em casa contra uma equipe que luta contra o rebaixamento e não tem grande qualidade não é postura de um time que honra o trabalho que faz dentro de campo. A questão é que isso já não surpreende, pois perder virou rotina para os profissionais que vestem a camisa do Atlético. Uma rotina que não incomoda muito, já que, jogo após jogo, as desculpas são as mesmas e absolutamente nada é feito a respeito.

Luxemburgo soube envolver Rodrigo Santana e seus comandados, certamente por conhecer o fraco esquema tático da equipe atleticana. Hoje em dia qualquer equipe que disputa uma partida com o Galo acredita na vitória. Não temos mais a expectativa de melhora para a equipe. O desânimo visto em campo infelizmente está conseguindo contagiar as arquibancadas, algo que nem outros elencos em tempos também muito difíceis foram capazes de fazer.

Os jogadores que hoje representam a camisa alvinegra são o retrato da diretoria que os colocou ali. Falta o incômodo por não vencer, por não ser temido e por ser facilmente superado em tudo o que disputa. O Atlético está jogando mais uma temporada no lixo e os únicos preocupados com isso são os torcedores, que seguem firme apoiando a instituição, mas não podem colocar o dedo na cara do juiz, dar carrinho, ou correr atrás da bola. Faz muita falta ter quem nos represente de verdade dentro das quatro linhas e é inaceitável ver um clube da grandeza do Atlético ser o coadjuvante, o superado, o derrotado.

Há boas razões para temer que a sequência de derrotas se reinicie, já que o Atlético tem jogos muito difíceis pela frente. Pela limitação técnica e, acima de tudo, pela displicência e pela falta de comprometimento com o trabalho, é quase impossível imaginar que o Galo, com essa postura, possa tirar alguns pontos dos seus próximos adversários. Cabe a nós torcer para que a temporada se encerre o quanto antes e que o Atlético consiga se manter na série A para ter, no mínimo, a chance de fazer um 2020 menos vexatório.

 

Ficha técnica

Atlético-MG x Vasco

Motivo: 21ª rodada do Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de outubro de 2019 (quarta-feira)
Horário: às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Rodrgio D’alonso Ferreira (SC)

Cartão amarelo: Juan Cazares, Nathan, Patric (Atlético-MG); Andrey, Raul (Vasco)

Gols: Rómulo Otero – 15’/2ºT (1-0); Rossi – 22’/2ºT (1-1); Marcos Júnior – 48’/2ºT (1-2)

Atlético-MG
Cleiton; Patric, Igor Rabello, Iago Maidana e Fábio Santos; Nathan, Elias (Geuvânio), Luan (Ricardo Oliveira), Juan Cazares (Vinícius) e Rómulo Otero; Franco Di Santo.
Técnico: Rodrigo Santana.

Vasco
Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard, Raul e Andrey (Marcos Júnior); Marrony, Ribamar (Rossi) e Talles Magno (Gabriel Pec).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

 

GOSTOU? Siga nossas redes sociais. Clique nos links abaixo e fique por dentro dos bastidores do Atlético.

Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
YouTube: youtube.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Site: falagalo.com.br
Edição: Jéssica Silva
Edição de imagem: André Cantini 

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

10 comentários em “Jogando mal novamente, Atlético dá outro vexame no Brasileirão

  • 3 de outubro de 2019 em 08:06
    Permalink

    Culpa total da diretoria que manteve esse elenco medíocre, trouxe contratações ridículas e vive de técnico interino.
    Esse diretoria teve a chance de se livrar do Patric e vende-lo para o São Paulo, teve a chance de se livrar do Elias e vende-lo para o Internacional, teve a chance de se livrar do Ricardo Oliveira e vende-lo para Santos, teve a chance de se livrar do Luan e vende-lo para o Corinthians, teve a chance de se livrar do Cazares e vende-lo para Arábia, mas como essa diretoria não sabe fazer porcaria nenhuma ficou com esses inúteis e o resultado está aí.
    Alguém tem dúvidas que vamos tomar mais 3 traulitadas para Palmeiras, Flamengo e Grêmio????
    Se confirmar essas derrotas vão ser 10 DERROTAS em 11 jogos aproveitamento de 9.9% CAMINHANDO A PASSOS LARGOS PARA O REBAIXAMENTO.
    Rodrigo Santana deve cair sim isso vai acontecer mas de que adianta??? vamos continuar com esse elenco medíocre, vamos continuar com Patric, Fábio santos, Lucas Hernandez, Zé Welison, Elias, Cazares, Vina, Geovânio, Ricardo Oliveira, Maicon Bolt, Terans, Nathan pois esse é o elenco que o péssimo dos péssimos 7 Camara nos deu.
    Temo pelo futuro do Galo e ainda conseguem falar de estádio é muita incompetência e prepotência não existe estádio sem um bom time de futebol SEUS AMADORES.

    Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 08:06
    Permalink

    bom dia massa. estamos de braços abertos para z4 e segunda divisão. que timinho sem vergonha este do galo. timinho de várzea. diretoria amadora e treinador fraco e estagiário. e.90 por cento destes peladeiros e ex jogadores que andam a mamar no galo. a chacota vai ser maior se as caloteiras nos passar na tabela. parabéns as organizadas se venderam e ai esta a equipe na lamba. z4 e segunda divisão esta na porta. viva austeridade. vergonhaaaaaaaaa.

    Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 08:14
    Permalink

    Estão jogando o ano pelo ralo desde estas escolhas por time alternativo em alguns jogos. O RS não tem ousadia para mudanças radicais necessárias a equipe. Este esquema de 4-5-1 já está provado que não funciona. Além disso não tem coragem para usar a base, olha que ele treinava o sub 20. Em tempo: estamos preparando o próximo interino, o técnico do sub 20 usou time alternativo contra o Corinthians ontem pelo brasileiro da categoria. Me pergunto nem jovens na faixa etária de 20 anos conseguem jogar duas partidas em uma semana.

    Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 08:20
    Permalink

    Enquanto treinadores dos adversários jogam junto com o time, o Rodrigo Santana fica parecendo uma freira na beira do gramado…. O Rui Costa deve estar pensando na montagem do elenco p ano q vem, e tudo q ele não quer é um treinador de verdade; que vete, indique e dispense jogadores… Fora PSEUDOS

    Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 08:30
    Permalink

    DIZ O COMENTARISTA DE TV QUE O SONHO DO GALO É TENTAR UMA VAGA NA SULAMERICANA DE 2020.
    QUANTA HUMILHAÇÃO.
    QUANTO VEXAME.
    PATRIC – MUITO FRACO.
    MAIDANA – PÉSSIMO JOGADOR.
    F.SANTOS – O PERNA LISA DE SEMPRE.
    “ELIAS” – ESSE SEMPRE FOI O PIOR DO TIME. ENGANA A TUDO E A TODOS. FINGE QUE JOGA.
    NATAN – ISSO NUNCA FOI JOGADOR DE FUTEBOL.
    CAZARES – CACHACEIRO E ENGANADOR.
    R.OLIVEIRA – JUNTO COM ELIAS E F.SANTOS , FORMAM O TRIO RESPONSÁVEL POR TODOS OS FRACASSOS DO GALO NOS ÚLTIMOS 3 ANOS.
    FORA RODRIGO SANTANA.
    FORA RODRIGO SANTANA.
    FORA RODRIGO SANTANA.
    FORA ELIAS.
    FORA F.SANTOS.
    FORA R. OLIVEIRA.
    FORA RUI “COMISSÃO ” COSTA.
    FORA SETTE CÂMARA.
    QUANDO TODOS ENTENDEREM QUE “ELIAS” É O MAIOR CÂNCER DO ATLÉTICO , TALVEZ POSSAMOS TER DIAS MELHORES.

    Resposta
    • 3 de outubro de 2019 em 11:25
      Permalink

      Time que tem Patrick titular na lateral direita tem que rezar pra não cair

      Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 08:52
    Permalink

    Estou esperando decisão da sumida diretoria do Galo. Não é possível que sonha hoje não seja anunciado um treinador de verdade.
    Sem invasão, sem violência, a maior (é melhor) resposta é largar de torcer futebol. Não tenho mais como bancar mercenários e descompromissados. Na verdade são desonestos e covardes.

    Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 09:45
    Permalink

    O futuro do Galo é tenebroso, vamos pegar Palmeiras, Flamengo e Grêmio com esse time horroroso ou seja a chance de derrota e humilhação é imensa.
    Confirmando essas derrotas o Galo chega a impressionantes 10 derrotas em 11 jogos um aproveitamento de 9.9% ou seja caminhando a passos largos para o rebaixamento e de quem é a culpa???
    Não tenho dúvidas que a culpa total é dessa diretoria que não entende de futebol e comete um erro atrás do outro.
    Mantém jogadores que já deveriam ter saído a muito tempo, faz contratações bizonhas, não consegue contratar um técnico top e vive de interino, Delega poderes a diretores incompetentes como o Gallo e o Rui Bosta.
    Meu sonho é a renuncia do péssimo 7 camara, devolvam meu Galo forte e vingador, nosso lema é vencer, vencer, vencer e transformaram o Galo em um time perdedor, VERGONHA!!

    Resposta
    • 3 de outubro de 2019 em 10:44
      Permalink

      Quanto pior melhor, ninguém erra tanto e repetidas apenas por incompetência.
      Sem comando, sem jogadores, sem diretor de futebol, sem TÉCNICO=Sem shopping.

      Resposta
  • 3 de outubro de 2019 em 10:43
    Permalink

    isso é bom acontecer vai bajular este tal cazares,implorar o Luan e da moral Elias ,ricardo oliveira estes bosta nem Rural ganharam aqui e o torcedor com piedade para não cair fica aplaudindo estas merdas

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *