Atlético-MG suspende atividades das categorias de base no futebol feminino

Foto: Atlético

 

 

Samuel Resende
28/05/2020 – 20h21
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

O Atlético informou, nesta quarta (27), que estão suspensas as atividades das categorias de base do futebol feminino do clube. A decisão afeta cerca de 30 atletas do sub-16 e sub-18, além de toda a comissão técnica.

“Informamos que, por conta da reestruturação pela qual passa o clube, a categoria de base do futebol feminino (atletas e comissão técnica) foi desativada, até segunda ordem”, comunicou o clube.

O sub-18 do clube contava com 20 atletas e o sub-16, com 10. Na comissão técnica, eram cinco integrantes. As jogadoras recebiam uma bolsa como ajuda de custo, mas o clube não informou qual a economia feita com a medida. O desligamento foi temporário e as categorias de base devem retornar quando as atividades diárias do clube forem reestabelecidas e voltarem ao normal. 

LEIA TAMBÉM:
Nathan deve renovar contrato com o Atlético até o final do ano
Polivalente: Neto é convocado para realizar exames da Covid-10 e integrará o time profissional
A pedido de Sampaoli, Guilherme Castilho e Felipe irão treinar no elenco profissional

Futuro do Galo Feminino

No dia 15 de maio, o Atlético já havia dispensado cinco atletas do profissional, alegando corte de gastos. Deixaram o Galo Feminino as meias Lorraine, Jennifer Sthefany e Ligyamara Araújo, a lateral Rayssa Rodrigues e a atacante Ravilla Tamara. 

Mesmo com todas as incertezas sobre o futuro do futebol feminino no Atlético, Nina de Abreu, coordenadora da categoria, informou ao Fala Galo no começo de maio que o projeto será mantido, assim como os salários em dia. No entanto, não há previsão para o retorno dos treinamentos.

Esta é apenas a segunda temporada do Galo Feminino no futebol profissional. Em 2020, foram contratadas 11 jogadoras, além do novo treinador, Hoffman Túlio. Em sua primeira temporada, o Galo se consagrou campeão da Copa BH, foi eliminado nas semifinais do Mineiro e decepcionou na competição nacional, ao cair na fase de grupos. Neste ano, devido a pandemia da covid-19, foi realizado apenas um jogo, em que o Atlético ficou no empate com o Vila Nova-ES, pela Série A2 do Campeonato Brasileiro.