Fábio Santos avalia a temporada do Atlético e fala sobre Victor e Jair

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Malu Preciso
Do Fala Galo, em Itajaí-SC
13/11/2019 – 13h13

Na coletiva do dia 13/11, às 9h30, o lateral-esquerdo Fábio Santos falou sobre assuntos importantes, fez uma breve avaliação da temporada e afirmou ser a sua última coletiva do ano.

Foto: Bruno Cantini

3 jogos sem perder, defesa sem tomar gol
Faz muito tempo que isso não acontece, a gente sabe e Fábio repetiu. Para ele, é natural que a confiança vá voltando aos poucos, assim como o entrosamento da equipe. Ele dá uma indireta para os jogadores do ataque, que, segundo ele, se fizerem sua parte, a defesa fica mais fácil.

Como vocês espera o jogo no Maracanã?
Fábio diz que a maioria dos jogos fora de casa o adversário saiu com a vitória por falta de concentração do elenco. Sabe que o Fluminense não vive um bom momento, então quer tirar proveito disso, segundo ele, saindo na frente no placar.

Avaliação da temporada
Ele sabe que é a última coletiva do ano dele com certeza. Acrescenta que futebol é coletivo e uma coisa está ligada a outra, ele teve oscilação, mas atribui isso a troca de treinadores e a oscilação do time como um todo. Diz que, de pressão, foi o pior da carreira dele.

Segundo ele, a partir do momento que ele joga a maioria dos jogos (na conta dele por volta de 60), ele está mais sujeito a críticas.

Como foi ser reserva contra o Fortaleza?
“O Guga só deixou eu ficar no banco 20 minutos”, foi a resposta de Fábio Santos. Segundo ele, não foi uma experiência agradável. Lembrando que ele entrou e fez o segundo gol, que garantiu o empate fora de casa.

Destaque ofensivamente
É diferente de um treinador para outro e de jogador para outro. Como Otero e Cazares vem jogando pelo lado esquerdo e, segundo Fábio, são atletas que não jogam dentro da área, sobra para ele essa função. Ele afirma que os jogadores do lado direito reclamam que só tem o centroavante de referência na área em jogadas ofensivas, então, ele deixa a entender que está cumprindo esse papel.

Independência x Mineirão
Ele não tem uma opinião formada de qual estádio ele prefere, mas diz que foi um acerto passar os jogos para o Mineirão, porque a atmosfera do Horto estava muito pesada com muita cobrança.

Victor e Jair
Para ele, os dois fizeram muita falta, mas Cleiton substituiu bem o Victor, dando a entender que Jair não foi bem susbtituído por nenhum dos 5 atletas (Nathan, Luan, Martínez, Zé e Elias) usados na posição durante o período da lesão.

Uma coletiva estranha, com bastante delegação de culpa. Ele chega a mencionar que depois de 3 anos e meio no clube como titular sem ganhar título é comum ser cobrado. Mas ele, um jogador experiente, demorou 3 anos e meio para perceber isso?

 

ATLÉTICO PROMOVE BRUNO SILVA E BRUNO MICHEL:

 

 

GOSTOU? Siga nossas redes sociais. Clique nos links abaixo e fique por dentro dos bastidores do Atlético.

Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
YouTube: youtube.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Edição: Malu Precioso
Edição de imagem: André Cantini 
Edição de texto: Angel Baldo

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

5 comentários em “Fábio Santos avalia a temporada do Atlético e fala sobre Victor e Jair

  • 13 de novembro de 2019 em 15:41
    Permalink

    EU NÃO AGUENTO MAIS VER ESTE CARECA VAGABUNDO JOGANDO NO MEU GALO

    Resposta
    • 13 de novembro de 2019 em 18:01
      Permalink

      Lamentável e desrespeitoso comentário. Com certeza, , vc não é torcedor do Galo.

      Resposta
    • 13 de novembro de 2019 em 21:23
      Permalink

      Boa noite amigos do Galo. Tem 3anos e meio que o ponto mais fraco do NOSSO GALO é a lateral esquerda, o Fábio Santos é responsável pela maior parte do gols sofridos pelo Galo. Só servia para bater pênalti, dá última vez se omitil e não bateu.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2019 em 04:18
    Permalink

    bom dia massa. para mim é um dos que deve vazar do galo. começar com Fábio Santos peladeiro e terminar no cone 2.no mínimo 10 peladeiros devem ser demitidos juntos com esta diretoria amadora que pos o galo na lamba.

    Resposta
  • 14 de novembro de 2019 em 10:06
    Permalink

    É isso aí galera. 2020 tem que ser um ano de renovação no Galo. Tem que fazer um limpa nesses velhos aposentados disfarçados de jogadores. Victor já é história pra nós, mas tem que ir para o banco. Simples assim!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *