Empate no Maracanã: Um jogo tecnicamente pobre e com uma arbitragem tendenciosa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

Carol Castilho
Do Fala Galo, em Belo Horizonte
18/11/2019 – 10h 

Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã. Palco de grandes espetáculos do futebol nacional e internacional, estádio de final de Copa do Mundo, grandes clássicos do Brasil e do mundo passaram por ali. Esse mesmo palco foi obrigado a receber essa pelada protagonizada por Fluminense e Atlético, no último sábado.

Com o resultado, o Galo ficou em 12º lugar na tabela de classificação, com 41 pontos. Na próxima rodada, o time de Vagner Mancini encara o Athletico- PR, no domingo, às 16H00, no Mineirão.

Enfim…. Vamos saber o que as mulheres do Galo têm a dizer sobre esse empate no Rio de Janeiro. As torcedoras Mariana Araújo e Aline Cristina analisam a partida.

Foto: Bruno Cantini

 

ARQUIBANCADA FEMININA

A torcedora Aline Cristina faz uma análise do jogo: “Primeiro tempo horroroso do Atlético. Time covarde, com medo do Fluminense (Fluminense?), apático, a cara do técnico. Réver, um jogador que tem meu respeito para sempre, irreconhecível… Patric compensa falar? Cleiton, apesar de uma grande defesa, muito afobado. Quanto aos meninos da base, Bruninho parece estar um tanto verde para ser titular, mas tem potencial. Talvez o ideal seja segurá-lo para o ano que vem. Marquinhos bem mais preparado para enfrentar uma titularidade do que Bruninho. Fez uma partida razoável, que terminou no passe para o gol do argentino Di Santo.”

MELHOR EM CAMPO: “Di Santo, aliás, dos nossos centroavantes é o que está salvando…. Pensa na crise? O melhor é o Di Santo! Nos resta rezar para 2019 acabar logo. E que em 2020 Sette Câmara esteja mais inspirado”.

O resultado desta partida importava diretamente ao Cruzeiro (a vitória do Atlético era benéfica para o Cruzeiro, para se manter longe da zona de rebaixamento). Para a torcedora, em nenhum momento o Galo pensou na Raposa e que foi incompetência do alvinegro: “Nunca, em hipótese alguma o time entrou em campo pensando na situação do rival. A péssima partida é de total responsabilidade da diretoria omissa, que montou um time fraco, de um técnico covarde e sem repertório” finalizou.

 

Com Mancini no comando, o Galo não perde há quatro partidas. Para a torcedora Mariana Araújo, não valeu a pena trazê-lo. “Mancini foi o tapa-buracos naquele momento. Entendo que tinha bom relacionamento com a diretoria, empresários e jogadores. Além disso, foi bom para ele voltar a treinar uma grande equipe, mas sinceramente não vejo uma evolução técnica no Galo. Para mim é mais uma questão de grupo, de entrega e aplicação para as coisas acontecerem. Os bastidores pesaram mais do que qualquer coisa. A má gestão do Atlético é diretamente culpada pela situação do clube, das contratações de baixo rendimento técnico a péssima austeridade em tese implantada. Para 2020 eu acho que precisamos de um novo treinador, que exija trabalho de fato, contratações eficazes, uso da base de forma recorrente e, principalmente, que faça nosso time voltar a jogar um futebol de verdade”, disse a advogada.

Para a advogada é possível conquistarmos a vaga na Copa Sul-Americana 2020: “Creio que sim. Na próxima partida em casa e no confronto com o Bahia precisamos fazer pontos para conseguir uma vaga nessa competição que precisa ser valorizada por suas premiações, afinal, dá vaga na Libertadores diretamente, além de reforçar o caixa”, finalizou.

 

ENTREVISTA COM ALEXANDRE KALIL

 

GOSTOU? Siga nossas redes sociais. Clique nos links abaixo e fique por dentro dos bastidores do Atlético.

Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
YouTube: youtube.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Site: falagalo.com.br
Edição: Jéssica Silva
Edição de imagem: André Cantini 
Edição de texto: Angel Baldo

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

Um comentário em “Empate no Maracanã: Um jogo tecnicamente pobre e com uma arbitragem tendenciosa

  • 18 de novembro de 2019 em 15:18
    Permalink

    Boa tarde! O Galo tem que vencer o Paranaense domingo, e se afastar de vez da parte de baixo, se chegar o jogo contra o Botafogo precisando de vitoria vai ser aquilo que ja sabemos, mais arbitragem tendenciosa a favor dos cariocas!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *