Em coletiva, Patric fala sobre o La Equidad e clima de decisão no Horto

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Malu Precioso
Do Fala Galo, de Belo Horizonte
19/08/2019 – 16h45

Hoje, 19 de agosto, foi a vez do lateral-direito Patric dar a entrevista coletiva na Cidade do Galo. O jogador, que cumpriu suspensão na derrota para o Athletico-PR, está garantido para o confronto amanhã, válido pela Copa Sul-Americana, contra o colombiano La Equidad. 

O que conhece do La Equidad?

Patric recebeu muitas informações, como, eles têm apostado na Sul-Americana, números positivos (ainda não foram derrotados na competição), força física, jogadores altos, zagueiros que saem muito bem e constroem o jogo, pontas que buscam a bola, uma dúvida na lateral e para o centroavante. 

Ele se mostrou muito pronto para responder qualquer pergunta sobre o time colombiano. Segundo Patric, ele recebeu as informações ontem, quer evoluir e tem trabalhado para isso. Uma pessoa fora do Atlético ajuda nas informações e o nosso lateral tenta enxugar tudo para canalizar as energias da maneira correta. Nada de clima de “já ganhou”, porque sabe a importância de não tomar gol — os gols fora de casa são critério de desempate na competição.

Foto: Bruno Cantini

Toda equipe que vem enfrentar o Galo quer mostrar serviço, porque as portas são abertas em grandes jogos. Cada informação tem que ser analisada porque estamos falando de estratégia. Patric afirma saber que o torcedor vai fazer a parte dele, então os jogadores vão trabalhar para isso também.

O cenário e o tempo mudaram desde o ano passado e as coisas podem ser ajeitadas. Em 2018, o time jogou com o elenco alternativo, esse ano, independentemente da escolha de quem entra, o time consegue produzir. Os jogadores têm executado bem, ganhado confiança do treinador. O objetivo e o foco de ganhar é o mesmo. O que passou passou, alguns erros aconteceram e não podem ocorrer novamente. 

O descanso no fim de semana foi bom?

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o lateral-direito não viajou para o Paraná. Ele considera o descanso muito importante. Além disso, reforça que Santana tem tido opções, mas é sempre força máxima, todo mundo é força máxima. Quem está lá está porque vai dar o seu melhor em todos os jogos. É uma semana decisiva e todos precisam ficar antenado. 

Clima de decisão no Horto?

Desde a campanha vitoriosa que o Galo teve em 2013 e 2014, ou, ainda, quando o Cuca chegou em 2011, o Galo começou sua identidade no Horto e eles conseguem fazer um jogo muito compacto, em que o adversário quase não respira. Para Patric, é essencial tentar manter a regularidade dentro e fora de casa. 

O que o Patric planeja para o futuro? 

Patric quer ir muito longe no futebol como atleta, mas depois da aposentadoria pretende continuar no futebol. O conhecimento ninguém tira. Existe uma diferença entre jogador e atleta, os atletas são poucos. Ele tenta se destacar também fora das 4 linhas para elevar o patamar dele e do clube. Gosta de estudar e gosta de cobrar. Estudar é um investimento que ele gosta de fazer, focando na execução dele e no auxílio dos companheiros, para ser um modelo de atleta.

 

Siga nossas redes sociais e fique por dentro dos bastidores do Atlético.

Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
YouTube: youtube.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Site: falagalo.com.br

Edição: André Cantini

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *