De olho na liderança, Galo recebe o CSA

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Por: Léo Siqueira

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS
Instagram: instagram.com.br/falagalo13
Facebook: facebook.com.br/falagalo13
Twitter: twitter.com.br/falagalo13
Youtube: youtube.com.br/falagalo13

 

Após a classificação na Copa Sul-Americana, o Atlético volta às atenções ao Campeonato Brasileiro, onde irá receber o CSA (Centro Sportivo Alagoano), neste domingo, às 19 horas no estádio Independência. Uma vitória combinada com um empate do Palmeiras, que irá jogar igualmente às 19 horas contra a Chapecoense, dará ao Galo a liderança da competição, já que os paulistas tiveram retirados os 3 pontos da vitória sobre o Botafogo, pelo uso de forma indevida do VAR.

A equipe alagoana ocupa a décima sétima colocação, venceu sua primeira partida no campeonato na última rodada, ao bater o Goiás por 1 a 0. A equipe que busca somar pontos para conseguir se manter na primeira divisão, já conseguiu arrancar empates contra Palmeiras e Santos, o que mostra que mesmo sendo um time que irá lutar contra a degola, tem condições de complicar seus adversários e o Galo precisa estar muito atento à isso para não ser surpreendido. O técnico Marcelo Cabo deverá montar uma equipe bem fechada, linhas muito baixas, esperando o Galo, tentando povoar ao máximo o meio de campo e buscar jogar por “apenas uma bola”. Na história dos confrontos o Atlético leva a melhor, já que em cinco jogos o Galo venceu quatro empatou uma e nunca levou sequer um gol dos alagoanos. A última vez em que se enfrentaram foi no Campeonato Brasileiro de 1986. Na ocasião, o Galo venceu por 2 a 0, em Maceió.

O Atlético terá como de costume o apoio da Massa Atleticana no Horto e precisará fazer um jogo de inteligência e com competitividade alta, já que muito provavelmente, irá encontrar pela frente um adversário bem fechado. Réver deverá voltar à zaga, após ter ficado de fora dos dois últimos jogos pela fratura no nariz. Sem poder contar com Guga que está com a seleção sub 20, Patric continua firme na equipe pela lateral direita e Alerrandro será o substituto de Ricardo Oliveira no comando de ataque.

 

O Atlético precisa encontrar um equilíbrio nas ações. A equipe se defende de certa forma bem, mas tem muitas dificuldades para ter a posse de bola, erram muitos passes e assim não conseguem manter a bola no ataque. A falta de um camisa 10 pensador, aquele que sabe a hora de cadenciar o jogo e entende o momento certo de acelerar, é um dos motivos dessa dificuldade em manter a bola do meio para frente. A falta de tempo para treinar é também um fator preponderante para essa falta de criatividade da equipe do meio pra frente, inclusive o próprio treinador Rodrigo Santana comentou sobre isso: “Eu gosto de propor um equilíbrio, não adianta ter posse de bola e não chutar ao gol. Gosto de um time mais agudo! Como eu cheguei no Galo e não tive tempo para treinar essa proposta, aos poucos vamos conseguindo”.

O CSA pode apresentar dificuldades ao Atlético? Sim, justamente por saber de suas limitações e que não pode encarar de peito aberto a partida. O mais provável é que vamos ver uma equipe totalmente fechada, todos atrás da linha da bola buscando fechar todos os espaços possíveis e por isso o Galo precisará ter melhor acerto nos passes, quebrar as linhas defensivas com mais jogadas de aproximação, buscando fazer triangulações. Cazares e Elias precisam tentar essas aproximações e arriscar chutes de fora da área. Chará é outro que pode abrir espaços em jogadas pelo lado, mas será necessário um bom trabalho coletivo, permitindo que exista sempre um companheiro ao seu lado para auxiliar nas jogadas de ultrapassagem. A falta de criatividade nas jogadas ofensivas deverão ser a maior dificuldade do Atlético novamente, contudo, a equipe tem tudo para fazer um bom jogo e sair com uma boa vitória, com um bom placar, sem sustos, sem aperto, pois com todo respeito aos alagoanos, aqui quem manda é o Galo.

 

Ficha técnica – Atlético x CSA

Motivo: 7ª rodada do campeonato brasileiro.
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte.
Data e horário: dia 2/6/2019, às 19 horas.

Atlético: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adílson; Luan, Elias, Cazares e Chará; Alerrandro. Técnico: Rodrigo Santana.

CSA: Jordi; Apodi, Gerson, Castan e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Didira e Matheus Sávio; Maranhão e Patrick Fabiano. Técnico: Marcelo Cabo.

Arbitro: Diego Pombo Lopez.
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Jucimar dos Santos Dias.

 

Revisado: Dayana Cunha

Angel Baldo

Mineiro de nascença, Paulista de criação! Fanático pelo Galo e pelo Fala Galo! Apaixonado pela minha família e Deus, o resto é mimimi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *