Chegou a hora da verdade, com festa da Massa.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Chegou a hora da verdade, com festa da Massa.

Salve, salve, Massa atleticana! Um abraço!

Após o fim da primeira fase do Campeonato Mineiro, chegou a hora da verdade. A partir de agora é “matar ou morrer”, é a fase final e o Galo irá iniciar neste domingo no Mineirão, contra o Tupynambás, as 16hrs, pelas quartas de final que será decidida em jogo único. Como terminou em primeiro lugar na classificação geral, o Atlético tem a vantagem de jogar dentro de casa, mas para se classificar será necessário vencer. Em caso de empate, a decisão irá para a disputa de pênaltis.

Atlético e Tupynambás que se enfrentaram na última quarta-feira em Juiz de Fora, em jogo válido ainda pela primeira fase e o Galo levou a melhor, vencendo por 2 a 1, porém o jogo deste domingo será bem diferente. Para esta partida decisiva, o Tupynambás deverá adotar uma postura diferente do jogo anterior, como disse em entrevista o volante Marcel: “Se alguém do nosso grupo não estiver motivado para jogar com o Atlético no Mineirão lotado, com jogo televisionado e a gente sendo time menor, tendo a chance de mostrar futebol para o Brasil inteiro, esse cara tem que largar o futebol. Temos que entrar ligado, saber jogar na hora certa, marcar com sangue no olho. Esse jogo aí não é só futebol. Isso aí você lembra da família, das pessoas que ajudaram e batalharam no dia a dia. Além disso, futebol é garra, tem que ter coração”.

O Atlético também não será o mesmo, até mesmo pela escalação que desta vez irá contar com a presença dos titulares. As baixas serão Adilson, com dores no joelho e Chará que está com a seleção colombiana. Jair e Terans irão ocupar as vagas. Mesmo com todo esse ar de decisão que o jogo terá, o torcedor atleticano estará em festa, será um domingo festivo em comemoração aos 111 anos do clube, que serão completados na próxima segunda-feira, dia 25. Festa essa que será vista nas arquibancadas, com direito à mosaico e um Mineirão abarrotado de atleticanos e mais uma vez com muitas crianças no estádio.

Festa para a torcida, mas para os atletas, jogo sério. É a hora da verdade, momento do Atlético mostrar um bom futebol, mostrar mais entrosamento, mostrar mais coletividade e assim vencer e se classificar, não somente dependendo da individualidade de algum atleta ou do jogo no abafa. Raça, técnica e inteligência para conseguir se sobressair e fazer uma bela exibição para a Massa alvinegra que estará lotando o Mineirão, para apoiar o Galo e começar as comemorações pelos 111 anos deste nosso glorioso Clube Atlético Mineiro.

Ficha técnica:

Atlético x Tupynambás

Motivo: Quartas de final do Campeonato Mineiro (jogo único)

Estadio: Mineirão, em Belo Horizonte.

Atlético: Victor, Guga, Rever, Igor Rabelo, Fábio Santos; Ze Welisson, Jair, Luan, Cazares, Terans e Ricardo Oliveira.

Tupynambás: Renan Rinaldi, Gustavo Crecci,  Adriano, Felipe Gregory e Lucas Hipólito; Marcel, Léo Salino e Guilherme; Matheus Pimenta, Núbio Flávio e Ademilson.

Arbitro: Emerson de Almeida Ferreira

Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Magno Arantes Lima

8 comentários em “Chegou a hora da verdade, com festa da Massa.

  • 24 de março de 2019 em 08:00
    Permalink

    Bom dia! Hoje o Galo vai meter a espora no Baêta! Hoje é dia de ganhar com autoridade e presentear a Massa com uma bela vitória!

    Saudações Atleticanas!

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 08:37
    Permalink

    Vai pra cima deles Galooooooo!!!

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 08:58
    Permalink

    Pra cima deles galooOo… Parabebs prlo texto Siqueira. Sempre topss

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 11:34
    Permalink

    Caros,
    O importante é VENCER, sempre!
    Contra o Tupynambás tem q VENCER e convencer jgando bem. Falei mentira?
    GALO SEMPRE!

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 13:40
    Permalink

    Boa tarde massa. Levir como sempre a fazer burrice. Deveria entrar com alerrando e Bruninho,mas como é teimoso e burro vá entrar com o pipoqueiro do Ricardo Oliveira éo paraguaio trerans. Ninguém merece. Vai galoooooooooo.

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 16:53
    Permalink

    Terans. De onde saiu essa merda? Só espero que essa porcaria com o péssimo futebol apresentado não faça o burro voltar com Elias, a outra merda.
    Espero que Alerrandro já entre de cara nesse segundo tempo. Como é burro esse Levir!

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 17:34
    Permalink

    Eu sabia que essa desgraça desse Elias ia entrar. Ele entrando é isso aí, o Galo passando aperto.

    Resposta
  • 24 de março de 2019 em 17:58
    Permalink

    Ganhamos. Sempre bom. Estamos na semi do mineiro. Blz!
    Mas…o fantasma volta a rondar. Elias não pode voltar a esse time. Foi ele entrar e tomamos gol, num pênalti inexistente, é verdade, mas tomamos gol.
    Precisamos de um goleiro. Victor tá muito inseguro.
    Ricardo Oliveira fez um golaço de falta, mas esse Levir é muito fdp. Alerrandro brigando pela artilharia, o conemaria chegando, e o burro teimoso e irritante, totalmente fora de sintonia com a torcida não deixou o muleke jogar. Por essas e outras, não dá pra esperar muita coisa do time esse ano. Esse Levir é muito fdp.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *