Cem por cento: Galo vence o Ceará.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

Os três primeiros jogos enfrentados pelo Galo no Brasileirão foram contra equipes frágeis em termos de técnica. Mesmo assim, é difícil apontar algum atleticano, por mais otimista que seja, que tenha imaginado três vitórias. O Atlético só havia vencido as três primeiras partidas do Campeonato Brasileiro em 1977 e 1980, portanto, o triunfo de ontem ainda nos rendeu um feito histórico, por incrível que pareça.

Ontem, contra o Ceará, a vitória foi alcançada no último minuto. A sensação de virar um jogo e conseguir três pontos quando o cenário parecia ser de apenas um é sensacional. No entanto, mesmo com os cem por cento de aproveitamento, o time ainda nos traz preocupação.

O gol do adversário foi alcançado muito mais por demérito dos defensores atleticanos que por qualidade dos jogadores cearenses. Isso não só pelo fato de Rever ter sido o último a tocar na bola, mas pela maneira como os rivais chegam à área do Galo tão facilmente. A impressão é que às vezes falta perna, ou simplesmente vontade para haver a marcação necessária em cima de quem possa balançar as redes de Victor.

O time está muito mais organizado sob o comando de Rodrigo Santana, mas sem boas peças para reforçar o elenco fica difícil imaginar uma boa sequência no Brasileirão. Atualmente, o Galo joga no erro dos adversários, se aproveita de contra-ataques e consegue seus gols pouco a pouco, porém, também erra bastante defensivamente e proporciona alguns bons momentos aos seus rivais.

No Galo também não há uma interação entre meio de campo e ataque, a falta de criatividade para criar jogadas é grande, tanto é que a bola parada foi quem nos salvou. A falta da famosa cabeça pensante entre os onze é refletida dentro das quatro linhas, jogo a jogo.

Maicon Bolt vem se apresentando muito mal há tantos jogos que nem chega a surpreender, destoa da maioria da equipe e não acrescenta em nada.

Apontar as falhas de Fábio Santos e sua falta de jeito com a redonda, o que compromete toda a equipe, já virou rotina. Um lateral esquerdo que chegue para ser titular e desbancar o ex-Corinthians talvez seja a maior das nossas necessidades.

Em contrapartida, Guga mostrou uma evolução na lateral direita. O jovem jogador não vinha atuando de maneira muito segura, inclusive perdeu a bola para Ricardo Bueno no gol do Ceará, mas ontem foi de suma importância para o triunfo atleticano. Apoiou bem o ataque e participou diretamente do resultado sendo o responsável pelas duas assistências, mesmo passando por um momento difícil em sua vida pessoal.

No meio de campo, Nathan fez mais uma boa apresentação. Isso não se trata somente do gol, mas o empenho e a boa movimentação do camisa 23 foram essenciais para a vitória, tanto é que após sua saída o pouco de criatividade com que o time trabalhava acabou.

Elias, que merece grande parte das críticas que recebe, vem se mostrando muito bem posicionado em campo neste início de Brasileirão e deixa claro que qualidade nunca lhe faltou. Um bom jogador, tecnicamente qualificado e que cresceu nas mãos de Rodrigo Santana. O que se espera é que sua falta de empenho e despreocupação, tão conhecidas por aqui, sejam deixadas de lado definitivamente.

No segundo tempo, o time mostrou uma queda muito grande de produção. Atletas que não estão muito bem preparados para jogar os 90 minutos em um mesmo nível só reforçam que o preparo físico da equipe não é dos melhores. Sendo assim, os reforços ao Atlético não podem se limitar apenas a jogadores. Precisamos de um time mais rápido, do início ao fim do jogo, e isso passa por um bom preparador.

O Ceará não é um primor em termos de técnica, até abafou há poucos dias o que alguns desavisados chamam de melhor elenco do Brasil, mas realmente não impõe grandes dificuldades. Justamente por isso, a vitória de ontem foi importantíssima.

O Galo soube se aproveitar da fragilidade do adversário e mesmo não fazendo uma partida impecável, se superou durante o jogo e conseguiu alcançar a virada. Somar mais três pontos e ter este aproveitamento perfeito no início do Campeonato Brasileiro também é importante para dar confiança ao plantel e ao comandante do time.

A sequência no Brasileirão não é nada fácil, enfrentaremos três grandes equipes e que atualmente são muito mais qualificadas que a nossa: Palmeiras, Flamengo e Grêmio. Se os pontos não vierem, não será surpreendente, mas não custa pagar para ver os resultados.

Fato é que a equipe vem evoluindo, não demonstra mais aquela despreocupação com o que mostra o placar e aparenta treinar de verdade, muito diferente do que acontecia nos tempos de Levir Culpi.

As três vitórias, os cem por cento de aproveitamento e a liderança provisória não devem ser fatores para iludir o torcedor. O início do campeonato é bom, ganhar de virada é melhor ainda, mas nós ainda sabemos que os erros existem e onde eles estão. Reconhecer as falhas é o primeiro passo para reparar o que está incorreto e só então melhorar.

No mais, nove pontos já foram, seguimos contando.

Ficha técnica:
CEARÁ 1×2 ATLÉTICO-MG
Motivo: 3ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 04/05/2019, às 21h (de Brasília) Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP) Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Árbitro de vídeo: José Cláudio Rocha Filho (SP)
GOLS: Ricardo Bueno, 23’1ºT (1-0); Nathan, 26’2ºT (1-1); Jair, 47’2ºT (1-2)
Cartões amarelos: Jair (CAM)
Cartões vermelhos: Não houveram Público/Renda: 16.815 / R$181.088,00
Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Edinho; Ricardinho (Bergson, 18’2ºT); Chico (Mateus Gonçalves, 27’2ºT) e Fernando Sobral; Ricardo Bueno (Pedro Ken, 35’2ºT). Técnico: Luís Fernando Flores (Enderson Moreira).

Atlético-MG: Victor; Guga, Rever, Igor Rabello e Fábio Santos; José Welison, Elias e Nathan (Jair); Geuvânio (Maicon Bolt), Chará e Ricardo Oliveira (Papagaio)
Técnico: Rodrigo Santana (interino)

 

POR: JÉSSICA SILVA.

ASSISTAM NOSSO PÓS-JOGO E INSCREVA-SE NO CANAL: https://youtu.be/b4aCbzGWB8M

Angel Baldo

Mineiro de nascença, Paulista de criação! Fanático pelo Galo e pelo Fala Galo! Apaixonado pela minha família e Deus, o resto é mimimi!

14 comentários em “Cem por cento: Galo vence o Ceará.

  • 5 de maio de 2019 em 06:32
    Permalink

    Bom dia massa. Grande texto Jéssica silva. Grande resultado os 3 pontos é muito bem vindos. Mas não podemos esquecer os erros do time. Victor frangueiro ontem estava doido para entregar o jogo. Já passou a hora da diretoria reforçar este time com pelo menos 4 jogadores para serem titulares. Um goleiro. Lateral esquerdo. Camisa 10 e 9.Fábio Santos. Elias. Victor frangueiro. Pastor pipoqueiro e bolt deveria está longe do galo. Somos líderes mais não confio neste time e ex jogadores. Acorda diretoria precisamos de reforços para ontem. Vai galooooooo.

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 08:51
    Permalink

    Bom Dia!Acompanhando os dois comentàrios acima,realmente ninguèm em sâ consciencia previa este inicio de campeonato.e è preocupante a lateral esquerda ainda mais ontem pois o fabio santos estava lesionado,alèm do pèssimo futebol de sempre,e o interino nâo tirou.o pastor dos infernos fica sumido e o interino descobre isto faltando 5 minutos para o fim da partida.e sobre o Guga, o ricardo bueno tem no minimo 10 centimetros mais que ele.quem deveria estar marcando era um dos dois zagueiros.e para aqueles que gostam de polemicas,mesmo ganhando estamos citando os erros do time,pois quem se preocupa è porque ama.quem nâo gosta nâo està nem ai.e eu amo meu Galo hà 62 anos.quando eu nasci o mèdico me colocou de cabeça para baixo e deu um tapa no meu bumbum.ao invès de chorar eu griteiGalôôô!

    Resposta
    • 5 de maio de 2019 em 13:04
      Permalink

      Na verdade o Fábio Santos é muito limitado como todo quase todo o elenco atual!!!

      Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 08:59
    Permalink

    Eu efetivaria o Rodrigo Santana e como o Otero deve chegar no meio do ano contrataria apenas um lateral esquerdo e um atacante velocista.

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 09:19
    Permalink

    O Otero que eu vi no Galo era fraquíssimo. Este, que está chegando, será que é bom?

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 10:05
    Permalink

    Bom dia Atleticanos, mais uma vitoria, otímo, mas sem convencer, não temos CENTROAVANTE, porque não colocar o Papagaio,o pastor autorizou o empresario negociar, quer dizer ele que sair, contratações URGENTE, se liga Rever, matheus stokle tá la. um Abraço.

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 10:31
    Permalink

    GAALOOOOOOOOOOOOOOOO
    VAMOS COMEMORAR A VITÓRIA E OS NOVE PONTOS.
    Mas , a sorte não dura para sempre e os nossos pontos fracos continuam os mesmos.
    F.SANTOS , PÉSSIMO ONTEM , ELIAS ,O DE SEMPRE E R.OLIVEIRA. NÃO PODEMOS CONFIAR NESSES TRÊS EX JOGADORES , POIS A QUALQUER MOMENTO ELES VÃO ENTREGAR O OURO.
    PORTANTO É HORA DE REFORÇAR O TIME , COM DOIS LATERAIS , UM MEIA E UM CENTRO AVANTE, NO MÍNIMO.
    F.SANTOS , ELIAS E R.OLIVEIRA NÃO MERECEM CONFIANÇA E JÁ DEMONSTRARAM ISSO REITERADAS VEZES . É A FAMOSA PANELINHA QUE PODE NOS DECEPCIONAR A QUALQUER MOMENTO. OLHO NELES.

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 10:53
    Permalink

    Eu definitivamente não me iludo com estes resultados. Essas incríveis três vitórias foram conquistadas contra times de fundo de tabela, com muito sofrimento e um futebol bem meia boca. É óbvio que o time está jogando melhor do que quando jogava com o Levir Culpi, mas qualquer coisa fica melhor se comparada com aquele time horroroso e mal treinado.

    As vitórias no brasileirão trouxeram uma certa paz, mas se o time perder os dois próximos jogos em casa, a rotina de cobranças vai voltar. Ou pior: se esse time conseguir a proeza de cair para o nanico Zamora na Libertadores, isso aqui vai virar um verdadeiro apocalipse. A crise deu uma trégua, mas ainda não acabou.

    Guga foi o melhor em campo ontem. O cara é novo, tem potencial, está encaixando no time e é um milhão de vezes melhor do que o Patric. Por outro lado, Fábio Santos está cada vez pior. Independente se vier o técnico ou não, a lateral esquerda precisa ser uma prioridade da diretoria.

    Terça tem o Zamora. Sinceramente, não sei o que esperar deste jogo. Normalmente, seriam três pontos fáceis, mas ganhar deles aqui já foi uma tortura, imaginem lá. Torço para que a boa fase no brasileirão se repita na Venezuela.

    ACORDA RUI COSTA! CADÊ O TREINADOR?
    Saudações Atleticanas!

    Resposta
    • 5 de maio de 2019 em 13:06
      Permalink

      Isso é um processo, estão no caminho mas precisa de reforços urgentemente.

      Lembrando que o rival foi várias vezes campeão assim e muitos atleticanos endeusavam. Então, pés no chão e reforços pra ontem, porém sem desmerecer ou minimizar vitórias.

      Resposta
      • 5 de maio de 2019 em 16:35
        Permalink

        Não me leve a mal Angel, gosto de ver o Galo ganhar e fiquei feliz pelo resultado. O momento do time realmente é melhor do que era antes, mas eu prefiro não criar nenhuma expectativa nesse momento. Nos últimos anos a minha expectativa com o Galo sempre foi alta, e de uma forma ou de outra acabei me decepcionando, porque sabia que o Galo podia mais. Infelizmente, no momento atual, não vejo nenhuma perspectiva desse time brigar por algo relevante esse ano. Pode ser que eu esteja errado, pode ser que a diretoria faça as mudanças necessárias e o time se acerte, e torço por isso, mas até lá prefiro deixar as barbas de molho e ver no que vai dar. Desculpe se meu tom soou pejorativo, o que eu quis dizer é que não podemos cair na armadilha de achar que está tudo certo quando ganha, assim como não podemos achar que está tudo errado quando perde. Como você disse, é pôr os pés no chão e organizar a casa.

        Saudações!

        Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 13:54
    Permalink

    Eu estou um pouco aliviado. Confiante neste time, nunca.
    Fabio Santos, Elias e Ricardo Oliveira precisam ser sacados urgentemente do Time,
    Chega a dar calos nas vistas. São umas cascas de feridas.
    Que venha o PEQUENINO e fraco ZAMORA. Se perder pro time Venezuelano, ai sim, a crise vai estar instalada .

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 14:43
    Permalink

    Caros,
    Boa vitória, bela nunca vi…esse time é 8 ou 80? A cobrança ñ pode parar…tem q ter RESPEITO pela camisa, pelo clube, pela torcida.
    Contra o Zamora os “titulares” já livraram a cara…agora é aguardar a semana toda no bem bom do Spa de Vespasiano, vê o q Pastor Pipoca FALANTE e o prof RS tem a dizer e passar o Porco na caldeira do Horto domingo próximo.
    Ô Jéssica, vc vinha falando de todo mundo, defesa, meio campo e parou no ataque? Vc tem razão, ñ há o q dizer do Pastor PIPOCA FALANTE. Gol q é bom, nada… Pior q Boa Esporte, URT, mequinha-q-queria-ser-grande só AnoQVem…
    GALO SEMPRE!

    Resposta
  • 5 de maio de 2019 em 18:55
    Permalink

    Boa noite!
    Futebol é momento e no momento o Galo é líder invicto!
    Ainda assim precisamos urgentemente de um goleiro, um LE, um camisa 10 e o Alerrandro assumindo a camisa 9.

    Resposta
  • 6 de maio de 2019 em 08:25
    Permalink

    Feliz pela vitória e pelo 100% mas não me iludo.
    Não tem como colher frutos diferentes plantando a mesma coisa, o filme desse ano é o mesmo do ano passado.
    *Diretoria incompetente não consegue contratar um bom técnico e toma não de vários.
    *Técnico interino
    *A mesma panelinha pipoqueira Elias, Fábio Santos, Ricardo Oliveira, Cazares.
    *Desprezaram a Sul Americana de novo
    *Falta de camisa 10
    *Falta de lateral esquerdo
    Enfim é o mesmo filme do ano passado por tanto o resultado vai ser o mesmo e uma vaga na Libertadores é lucro.
    Infelizmente temos um presidente um diretoria amadora NÃO DA PARA CONFIAR.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *