Bica, base: resumo das categorias de base entre 26 de julho e 1º de agosto

Foto: Bruno Sousa / Flickr Atlético

 

Por: Vinícius França / @FrancaVns

No ar mais uma edição do quadro “Bica, base!”. O intuito deste é relatar, semanalmente, o que aconteceu nas categorias de base do clube nos últimos sete dias. Chegadas, saídas, partidas realizadas e mais. Tudo você acompanhará aqui. Os dias considerados foram entre 26 de julho e 1º de agosto.

 

SUB-17

Com a Copa do Brasil da categoria iniciando nas próximas semanas, o Galinho aproveitou para reforçar o sistema defensivo do elenco. Depois de perder cinco jogadores (foram promovidos para o Sub-20), o alvinegro acertou a contratação do zagueiro Rafael Werneck, de 16 anos, ex-Cruzeiro, e que chega para compor o grupo do Sub-17. Além disso, o zagueiro/volante João Vitor teve seu contrato renovado por mais duas temporadas, portanto, com término em 2023.

 

SUB-20

Mais uma vez, o Sub-20 foi a categoria que mais teve movimentações. Na quarta-feira (28), o Galinho venceu o Palmeiras, em Belo Horizonte, por 2 a 1. A partida foi equilibrada, no entanto, foi decidida pelos defensores alvinegros. O volante Vitor Lima e o lateral-direito Carlos Daniel marcaram os gols do Galinho no importante confronto. Ademais, o goleiro Gabriel Delfim ainda defendeu uma penalidade no primeiro tempo, quando o embate ainda estava 1 a 0. O time comandado por Marcos Valadares volta a campo nesta segunda-feira (02), contra o Athletico Paranaense, em Curitiba.

Ainda no Sub-20, ocorreram movimentações também de atletas. O goleiro Brenno Faro, de 18 anos, deixou o clube e acertou com o Bahia. O arqueiro estava no Galo desde 2019. Continuando sobre goleiros, aconteceu a renovação de contrato do Vinícius, por mais três anos. Destaques do Campeonato Brasileiro Sub-17, os atletas Caio Ribas, Isaac, Matheus Antônio, Vitinho e Yan foram promovidos para a categoria Sub-20.

 

DESTAQUE

O destaque desta semana fica por conta da compra do meia-atacante Júlio César (Sub-20), que pertencia ao Sport Recife. Os valores foram renegociados, já que no acordo anterior estava previsto 70% por 400 mil reais, e o montante real foi de 650 mil por 60% dos direitos econômicos do atleta. Júlio estreou profissionalmente contra a URT, ainda no Campeonato Mineiro, e acumula três partidas disputadas e um gol marcado, contra o Uberlândia.