Tabu caiu, o Galo cantou!

Foto: Flickr oficial do Atlético

 

 

Malu Preciso e Cecilia Oliveira
28/09/2020 – 11h27
Clique e siga nosso Instagram
Clique e siga nosso Twitter
Clique e siga nosso YouTube

Clique e siga nosso Facebook

Demorou, mas saiu! A Arquibancada Feminina dessa semana ainda fala sobre a grande vitória sobre o Grêmio e o incrível Hat-trick do Keno.

Comigo hoje está a Cecília, professora, moradora de Belo Horizonte.

Malu: O jogo de ontem marcou o fim do tabu de mais de 2 anos sem vitória sobre o Grêmio. No geral, como você avalia o jogo?

Cecília: Nos últimos anos o Grêmio tem sido uma pedra no sapato do atleticano. Geralmente os jogos são sempre muito difíceis, independente se o Galo joga aqui em BH ou em Porto Alegre.
Ontem, de uma maneira geral, foi um jogo mais tranquilo do que nos últimos anos. O Galo teve amplo domínio do jogo, salve alguns momentos de pressão do Grêmio. O Galo jogou muito bem, tomando a inciativa do jogo desde o início. Isso mostra que, cada vez mais, os jogadores estão colocando em prática aquilo que o Sampaoli sempre fala: o time dele tem que ser protagonista, sempre jogar pra frente, sempre buscar o gol. O time está numa crescente, e ontem vimos isso mais uma vez.

Malu: Hat-trick do Keno! Mais um! Que fase vive o atacante. O sistema ofensivo do Galo tem funcionado muito bem, você considera que isso é o “Sampaolismo”?

Cecília: O time do Galo, a cada jogo que passa, mostra mais e mais a cara do treinador. O Galo hoje é um time que joga pra vencer todos os jogos, independente de quem é seu adversário. Nós que tivemos tantos problemas com deficiência ofensiva nos últimos ano, estamos passando por um momento especial com nossos atacantes. O sistema ofensivo tem funcionado, não apenas criando as oportunidades, mas também convertendo-as. Keno cresceu muito de produção nos últimos jogos, não apenas pelos gols, mas também na criação, no 1 contra 1, na sua atuação tática e coletivamente.

Malu: Everson vem mostrando a cada jogo porque o Sampaoli insistiu tanto em um goleiro que sabia sair com os pés. Depois de uma assistência açucarada para Keno, ele saiu para abraçar Victor e Rafael. Estamos bem de goleiro?

Cecília: Everson fez grandes atuações até aqui. E realmente impressiona sua precisão nos passes com os pés, não apenas pela assistência de ontem, mas de uma maneira geral.
A cena dele indo comemorar com Vitor e Rafael foi, para mim, a imagem do jogo. Temos hoje 3 grandes goleiros, mas não apenas isso, temos grandes profissionais que tem demonstrado que não importa quem é o titular, eles estão unidos, juntos com um só objetivo: a vitória do Galo.

Malu: Líder com um jogo a menos! Um aproveitamento de campeão. Você acha que estamos no caminho certo para finalmente conquistar esse título? Falta alguma coisa?

Cecília: Sem sombra de dúvidas estamos no caminho certo. E o melhor de tudo isso é que o time ainda tem espaço para evoluir ainda mais, isso me dá ainda mais esperança de chegarmos ao título.
Quem tem acompanhado os coletivos pós jogos do Sampaoli percebe que, para ele também, o time ainda pode melhorar, pode crescer. Ele quer sempre mais, não se dá por satisfeito, e isso é ótimo. Se Deus quiser continuaremos nesse caminho, crescendo e melhorando mais e mais a cada rodada, para no final do campeonato conquistarmos o tão sonhado Bi campeonato brasileiro.

Finalmente vencemos bem um jogo contra o Grêmio, há quanto tempo não víamos isso! Como bem ressaltou a Cecília, estamos no caminho certo. Você confia no título do Campeonato Brasileiro 2020? Não esqueça de seguir @FalaGalo13 para ficar por dentro de tudo do clube!