Abril – Libertadores dos Feudos

Spread the love

Abril – Libertadores dos Feudos

Por: Angel, Betinho, Silas, Tanaka e Wilder

Para muitos clubes do Brasil, os meses de final de ano costumam ser os mais decisivos! Com o Galo também, mas neste ano em particular, abril também passa a ser um mês crucial e decisivo para as aspirações de futuro. Muitos outros meses já foram identificados na história. Alguns como estação do ano, como Primavera de Praga, outros como cores, como outubro Vermelho. Este poderá ser o abril Preto e Branco.

Em abril o Galo decide sua vida na continuidade da Libertadores 2019, o título do Mineiro 2019, decide-se também o futuro da Arena, em reunião do COMAM e haverá a apresentação do balanço financeiro do clube, no primeiro ano da gestão Sette Câmara.

Se o time não consegue empolgar os torcedores, mesclando boas e péssimas atuações no decorrer deste início de temporada, os bastidores prometem fortes emoções para todos. O Galo segue em busca de uma façanha, que seria a classificação para a próxima fase da Libertadores, sem poder sequer pensar em um empate. Obrigação passou a ser vencer todos os jogos restantes e já começa nesta quarta, dia 10/04/19, frente ao Cerro no Paraguai. Em seguida enfrentará o arquirrival, no primeiro jogo da final do Mineiro, em jogo a ser disputado no gigante da Pampulha, provavelmente com público 90/10 em favor do rival. O segundo jogo, aguarda-se que também seja no Mineirão, só invertendo a proporção da torcida. Nada de 50/50. E este, será antes do último jogo em casa nesta fase da Libertadores, contra o Nacional do Uruguai, dia 23/04.

Neste meio tempo, e também antes do primeiro jogo do brasileirão 2019 contra o Avaí, jogando em casa, haverá a votação no COMAM da LP (Licença Prévia) da Arena MRV. Caso haja alguma pendência e um dos Conselheiros pedir vistas, esta decisão pode ser ainda adiada para dia 24/04, mas será a última data para esta definição. Segundo todas as apurações, as chances de aprovação são bem maiores que as de reprovação. Contudo, a mobilização da Torcida será de fundamental importância, para relevar a aprovação da LP e, consequentemente, o início das instalações dos canteiros de obras da Arena.

Enquanto isto tudo acontece, os Conselheiros do CAM receberão as cópias do balanço financeiro de 2018 para análise e apreciação, com votação dia 29/04/19, na tentativa da aprovação pela maioria dos notáveis. Seria até uma ação protocolar, visto que nos últimos anos TODOS os balanços, assim como TODAS as propostas orçamentárias foram aprovadas por ampla maioria dos Conselheiros, sem sequer haver qualquer questionamento ou pedido de esclarecimentos sobre um ponto qualquer destas peças. Porém, as coisas andam muito “nebulosas” pelos lados de Lourdes. “O céu não está de brigadeiro e o mar anda revolto”. Há indícios de um “racha” naquele grupo dominante. E por isto, podem haver surpresas. Ainda há um grupo majoritário, que vota orientado por quem “puxa as rédeas”. Isto pode significar até numa reprovação nas contas apresentadas pelo atual mandatário. E tudo isto muito bem articulado, inclusive, por quem o apoiou ao cargo. Acreditem!

Seria uma mudança de rumos, diriam alguns. Uma vitória, diriam outros. Uma redenção do Conselho, diriam os mais exaltados. Na verdade, caso isto de fato se concretize, será o maior retrocesso de um clube brasileiro. Talvez, se igualaria ao que fizeram no Vasco, ou Fluminense, mas pode ser ainda muito pior. Seria a revanche dos indignados. Daqueles que estão perdendo certos privilégios indevidos e que querem manter o CAM numa trajetória de domínio de seus interesses particulares e pessoais. Daqueles que não querem uma profissionalização da gestão de futebol para manter-se no poder indefinidamente e dilapidar, de todas as formas, o já combalido patrimônio e finanças do CAM.

Todo poder está nas mãos dos senhores Conselheiros! Os lobos voltaram a vestir-se de cordeiros, mas agora irão atacar em matilha e não individualmente. “O canto da sereia” já começou a ser entoado, numa melodia antiga e arcaica, mas que continua fascinando os mais incautos. Nem toda música ou melodia é para compor uma sinfonia. Há aquelas que chegam para romper ou destruir os tímpanos, tornando-os sempre surdos depois de ouvirem. As mudanças nem sempre ocorrem para o melhor, mas os apelos para que rompam com o marasmo podem servir tão somente para garantir que, de fato, nada mude.

Parece existir hoje, dentro do CAM, ao menos três grupos distintos. A torcida espera do grupo que foi oposição nas últimas eleições, que não venham tumultuar ou compactuar aos que agora se ressurgem contra o atual mandatário. Não se trata de gostar ou defender, mas há de se definir entre um projeto de modernização de gestão, além da construção da Arena, em detrimento do grupo que se vê ameaçado de perder seus privilégios e acordos prejudiciais ao CAM com empresas estranhas ao quadro social do clube, dentre outros.

É uma briga visível e que começou a acontecer com a demissão do Alexandre Gallo, passou pela demissão do Thiago Larghi e culminou com a decisão de mandar os jogos não mais no Independência e sim no Mineirão. Claro que a demissão do ex-diretor financeiro, também faz parte desta disputa. E outras cabeças devem “rolar” talvez até mesmo ainda este mês, para que possam extirpar, ao máximo, os resquícios de uma administração que pretendia se perpetuar no comando do CAM. Os famosos “feudos” estão se engalfinhando em busca de um comando consistente e duradouro. A escolha, apesar de parecer simples, será muito difícil e toda forma de propaganda e desinformação será utilizada, principalmente pela turma que está sendo desfigurada no controle.

Esta guerra pode trazer consequências trágicas para a instituição. O Conselho, sempre tão criticado em suas ações e decisões, terá agora uma chance de se reerguer. Este terá a oportunidade de provar que põe os anseios do CAM acima de quaisquer interesses pessoais ou de grupos. Será a chance de cada conselheiro mostrar ao que veio e que mereceu estar ali, fazendo parte da história do clube. Além disso, também será a hora de conhecer mais claramente aqueles que estão ali apenas para fazer coro ao grupo que de fato manda e desmanda no clube. Chegou a hora de cada um dos Conselheiros fazer o seu papel de guardião da instituição e não de submissão aos “figurões”. A história sempre irá reservar espaço aos que lutam e não aos que se acovardam.

Portanto, a torcida deseja que os conselheiros leiam, estudem o balanço que lhes será entregue, assim como o relatório da auditoria independente. Suplica ainda, para que não sejam submissos e subalternos aos interesses pessoais de outrem, ou às ordens que visem a apenas proteger privilégios de uns poucos. Por fim, os atleticanos farão suas preces para que a alta corte atleticana mantenha-se firme e consciente de suas funções e atribuições. Ainda assim, que não confiem em retóricas inflamadas e nem em persuasão de quem só quer o poder a qualquer custo. Que sejam, acima de tudo, íntegros e corajosos. Nomes passam, realizações passam, mas o Clube Atlético Mineiro permanecerá acima de tudo e de todos. O GALO é muito maior que todos. E que todos lembrem-se disto!

 

SIGAM NOSSAS REDES SOCIAIS:

INSTAGRAM: http://instagr.am/FalaGalo13

FACEBOOK: http://fb.com/FalaGalo13

TWITTER: http://twitter.com/Falagalo13/

YOUTUBE: https://www.youtube.com/channel/UCTvyZuW5pOsz9q5wCefRsrg

 

19 comentários em “Abril – Libertadores dos Feudos

  • 10 de abril de 2019 em 11:18
    Permalink

    Caros,
    Hj o q mais importa é q é dia de DECISÃO! Hj é dia do Pastor PIPOQUEIRO provar a q veio. Já tão defendendo por ai, por incrível q pareça, q o nosso irmão em Cristo agora é ASSISTENTE. Será q já é uma defesa prévia do INCOMPETENTE artilheiro nas decisões? Ñ por acaso, na chamada do SUPERESPORTES de hj tá lá o paçoqueiro engomado na foto. Chega de groselha! É DECISÃO!
    E viva a política, viva a oposição e o contraditório.
    GALO SEMPRE!

    Resposta
    • 10 de abril de 2019 em 16:46
      Permalink

      Boa Tarde Viana.e no jogo contra o Boa deram o premio de melhor em campo so pelo passe do gol.e,repito,o artilheiro do time no campeonato esta no banco e nem entra.

      Resposta
      • 10 de abril de 2019 em 21:38
        Permalink

        artilheiro do campeonato rural ta é no cruzeiro

        Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 12:05
    Permalink

    Até que enfim uma matéria interessante. As acusações feitas são graves e me parecem muito pertinentes. O Atleticano que virou um babaca semelhante aos de azul, endeusa o dirigente que estava no trono e que com uma dose maior de sorte que de competência, ganhou títulos importantes. Ok. Mas dando nome aos bois ninguém me tira da cabeça que certa campanha política ajudou as nossas contas afundarem um pouco mais, com autorização do senhor que contestava Robinhos e Freds pra lavar dinheiro.
    É hora de por a casa em ordem

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 13:07
    Permalink

    Apesar de verborrágico, bom texto, assunto mais que relevante.
    Quando demite Gallo, indicado e protegido do “sócio” do Clube, André Cury (meu desafeto favorito!), Sette inicia uma disputa interna com os “donos” do Clube.
    Não o considero um bom presidente, mas ao menos tentou frear uma bola de neve que vinha aumentando nas últimas gestões.
    Contando brancos e nulos, uns 50 foram oposição no último pleito. Se lembrarmos que foram capitaneados pelo Fabiano, entende-se que o número real de opositores já era maior e – com razão – tiveram receio do candidato.
    Se Sette quer mesmo fazer a diferença, entre outras ações, deveria divulgar a folha de pagamento e lista de fornecedores do CAM. Raros são os conselheiros que não tem seus nomes e/ou indicações nelas. Assim o Torcedor que é quem paga a conta, entenderia o porquê votam por conveniência.
    Acorda e coloca ordem na casa, Sette! O recolhimento do FGTS está em dia? Já há quem fale até em impedimento.

    P.S.: Alguém sabe me dizer como andam as finanças da ErKal?

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 13:52
    Permalink

    Texto muito bom e esclarecedor.
    Oposição é importante , MAS que seja em benefício do Clube e não das partes conflitantes.
    QUANTO AO ESTÁDIO , A DESCONFIANÇA É GERAL E MUITOS JÁ ACHAM MELHOR MONTARMOS GRANDES TIMES E CONTINUARMOS NO MINEIRÃO MESMO , DESDE QUE O ESTADO RESOLVA O IMPASSE COM A MINAS ARENA.
    O C.A.M. é maior e mais importante que todos.
    HOJE se inicia uma semana decisiva , vamos ver onde podemos chegar e se o time consegue ganhar a confiança da torcida.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 17:56
    Permalink

    Boa tarde amigos do Galo. O jeito é torcer para dar Zebra, é isto mesmo, pelo que está jogando e a insistência com jogadores como Fábio Santos e Elias, o NOSSO GALO ganhar do Cerro é uma tremenda Zebra. Vamos torcer para dar Zebra.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 18:45
    Permalink

    Boa noite atleticanos,

    Aproxima-se a primeira decisão, de muitas, do galo neste ano. Como disseram acima, ótima matéria, muito pertinente, vejo o Sette com boas intenções, mas as gestões passadas foram muito irresponsáveis, principalmente do Nepomuceno, e não podemos isentar o Kalil, que colocou a casa em ordem no ambito futebolístico, porém pecou na gestão administrativa, vide a conta do avarento Tardelli que bateu em nossas portas.
    As pretensões quanto a montagem de um departamento de futebol, bem como uma profunda auditoria realizada nas contas do clube, refletem as boas intenções do atual mandatário. Mas é importante enfatizar, faltou eficácia, muitos erros de gestão, e que ainda estão vigorando, MARQUES DE DIRETOR É INADMISSÍVEL, CATEGORIA DE BASE ENTREGUE AOS EMPRESÁRIOS E COM EX-JOGADORES INEXPRESSIVOS COMO OLHEIROS, não podemos aceitar.
    Tomara que os bons ventos, soprem para o nosso lado hoje!

    Abraços

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 20:00
    Permalink

    QGORA QUERO VER ESTE IMBECIL DO LEVIR DEFENDER O FABIO SANTOS E O ELIAS.ESCREVI NO BLOG ANTERIOR QUE TORCERIA PARA O GALO SEMPRE,MAS COM ELIAS E FABIO SANTOS EM CAMPO SERIA DIFICIL.NAO SOU ADVINHO.ISTO ESTA ACONTECENDO HA MUITO TEMPO E PARECE QUE SO GRANDE PARTE DA TORCIDA PERCEBE.NASCI ATLETICANO.SOU ATLETICANO E VOU MORRER ATLETICANO MAS PARA ESTE TIME ATUAL EU NAO TORCO MAIS.CHEGA.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 20:07
    Permalink

    JOGAR COM ELIAS E F.SANTOS É JOGAR COM DOIS A MENOS.
    ELIAS E F. SANTOS SÃO IRRECUPERÁVEIS.
    FORA LEVIR .
    FORA LEVIR.
    FORA LEVIR.
    FORA ELIAS.
    FORA F. SANTOS.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 20:12
    Permalink

    eu e muitos Atleticanos escrevemos muitas vezes que era preciso mudar de tecnico que ainda dava tempo de salvar alguma coisa.ainda da para evitar o rebaixamento no brasileiro pois o mineiro tambem ja era.OLHEM O QUE ESTAO FAZENDO COM O NOSSO GALO.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 20:20
    Permalink

    SE LEVIR NÃO FOR DEMITIDO HOJE E F. SANTOS E ELIAS NÃO FOREM DISPENSADOS NO VESTIÁRIO , TOMAREMOS UMA GOLEADA NO DOMINGO E SEREMOS HUMILHADOS PELAS MARIAS.
    FORA CAMBADA DE COME DORME.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 20:47
    Permalink

    Estamos sendo massacrado no paraguaio 15 minutos levamos 4 gols. Eu disse mas cedo no outro post. Não confio neste amontoados de peladeiros e levir ultrapassado e burro sem sorte. Victor simplesmente transformou no goleiro frangueiro. Elias e Fábio Santos peladeiros se está diretoria tivesse tomates demitia Levir e estes peladeiros. Que zaga peneira é esta do galo.adeus libertadores. Aff.

    Resposta
    • 10 de abril de 2019 em 21:14
      Permalink

      Joaquim,alem de Fabio Santos o beque tem 40 anos,o elias joga e o time nao treina.

      Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 20:54
    Permalink

    Estão a cada dia apequenando NOSSO GALO, vergonha sem fim. Fábio Santos e Elias são os piores. O torcedor do Galo não merece passar por tantos vexames.
    Levir, respeite o CAM, seja honesto com vc mesmo e se demita.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 22:10
    Permalink

    Fora Levir, chega sua época passou.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 22:36
    Permalink

    vitor,na verdade vem falhando ha muito tempo,leo silva ficou olhando a bola caindo na area e nem foi nela,elias sem comentario.e assistindo de novo o junior barranquilla ,tornei a ver o volante Cantillo
    jogar.e pensar que o Galo gastou fortunas com volantes mediocres.gente,deste jeito estamos f……..

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 22:54
    Permalink

    Olá!
    Levir já foi demitido?
    Não?
    Olê Marquês! Quanto você ganha pra não fazer porcaria nenhuma?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *