Galo empata pela Libertadores: Por Jessica Silva

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Galo empata pela Libertadores

Quem pensou que o Galo teria vida muito fácil por jogar contra um adversário que não havia feito nenhum jogo oficial na temporada até então, se enganou. Realmente o Danúbio não é um time tão qualificado tecnicamente falando, também não tivemos que lidar com uma torcida adversária fervorosa no Estádio “Luis Franzini”, porém, o time uruguaio não se absteve de jogar.
O fato de não ver seu time como um candidato ao título da Copa Libertadores da América não fez com que o técnico do Danúbio, Marcelo Méndez, recuasse para apenas assistir ao Galo jogando. No início da partida o dono da casa até ofereceu algumas dificuldades, fazendo com que o Atlético trocasse passes com frequência em busca de espaço. No entanto, com o passar do tempo, o Danúbio também ofereceu perigo.
Felizmente, o desempenho atleticano para buscar o ataque é muito melhor contra times que não se seguram lá atrás, o que fez o Galo ter um jogo mais desinibido, chegando com perigo frequentemente.
A primeira boa chance do Galo veio cedo, aos 10 minutos. Ricardo Oliveira e Luan chegaram bem, mandando a bola para Chará. O goleiro Cristóforo, fazendo o improvável, defendeu.
A disparidade técnica entre as equipes foi se acentuando com o desenrolar do jogo, dessa forma o Danúbio passou a dar mais espaços, já que queria também chegar ao ataque, mas quem saiu na frente foi o Galo. Aos 29 minutos, o Bom Pastor recebeu um passe na cara do gol e abriu o placar em Montevidéu, dando boa vantagem ao time atleticano.
Após sofrer o tento, o Danúbio já não chegava com tanta vontade e o Galo não se via mais tão ameaçado, podendo criar mais oportunidades e chegar com facilidade.
Mas quando tudo parecia se encaminhar para um primeiro tempo com vantagem atleticana, o Galo mostrou que vida fácil jogando fora de casa não é pra gente. Já nos acréscimos da primeira etapa o camisa 9 do lado de lá, Frederico Rodriguez, recebeu boa bola da direita e não desperdiçou, empatando a partida.
Ao voltar para o segundo tempo, o Danúbio estava disposto a virar o jogo. Pressionou o Galo, deu trabalho para a defesa atleticana (que contava com dois laterais pra lá de vulneráveis), mas não chegou ao gol.
Vendo as dificuldades atleticanas no segundo tempo, Levir optou por tirar Elias e Chará, trazendo à campo Zé Welison e Maicon Bolt, o que pareceu ser uma tentativa de recuar seu time. Será que o objetivo do treinador Galo era apenas empatar a partida, mesmo com totais condições de vencê-la? Já que optou por fazer alterações, Levir Culpi poderia ter sacado Luan do time, já que este não jogou com o mínimo de vontade que já teve em outras ocasiões.
Ricardo Oliveira teve boas chances durante o jogo, algumas desperdiçadas pelo motivo de sempre – sua falta de objetividade, e outras pela noite iluminada que vivia o goleiro Cristóforo. Gols praticamente feitos nos foram tirados pelo esforço do goleiro uruguaio, que também contou com sorte. Porém, mesmo perdendo algumas oportunidades, foi Ricardo Oliveira quem recolocou o Galo na frente. Aos 31 minutos, em novo passe da direita, nosso camisa 9 recebeu a redonda de Maicon Bolt e subiu para marcar seu segundo gol na partida. O bom desempenho de Ricardo Oliveira no Campeonato Mineiro contra equipes menos qualificadas foi questionado por todos, já que determinados jogos não servem mesmo de padrão para nada. O Danúbio também não é o mais difícil dos adversários, mas o contexto valoriza bastante a atuação do centroavante que mostrou serviço em um jogo decisivo, podendo nos dar a vitória e uma enorme vantagem. Infelizmente, a alegria por estar na frente durou muito pouco e o Galo sofreu um novo gol. Após cruzamento na área, o zagueiro Sérgio Felipe empatou a partida mais uma vez, jogando um balde de água fria em todos os atleticanos.
Entra ano, sai ano. Entra técnico, sai técnico. O que parece é que a defesa do Galo sempre falhará em lances simples, que muitas vezes só exigem o mínimo de atenção. Nosso problema com zagueiros aparentemente foi resolvido, temos defensores seguros e boas opções para variar a escalação, no entanto, os laterais nos preocupam. Fábio Santos falhou contra o Danúbio, mesmo assim sabe que seguirá no time titular, afinal, não há outra opção. Bater na tecla que jogador sem sombra não rende tudo o que pode já virou rotina por aqui, mas não deixa de ser verdade. Nosso camisa 6 é qualificado, porém, joga com comodidade, já que sabe ser a única alternativa de verdade para sua posição. Quando é que teremos no banco alguém que o peite e diga: “eu estou aqui!”?
Do lado oposto, já temos quem faça frente ao intocável Patric. Quantas vezes será necessário dizer que Guga é um lateral direito mais qualificado e infinitamente mais seguro para o time alvinegro até que Levir entenda?! Na verdade, nosso “contrato vitalício” com Patric vem muito antes de Levir Culpi. Não se sabe o porquê, mas a cadeira cativa que o lateral tem no time atleticano vem de longa data. Não é por talento, nem por atuações impecáveis, mas Patric sempre estará lá, mesmo indo contra a vontade de todos.
Fã declarada do Burro com Sorte e de sua maneira de trabalhar, confesso estar frustrada por vê-lo optar por deixar Guga no banco de reservas.
Com um empate sem gols ou em 1×1 no jogo de volta, o Galo já garante sua classificação, sendo assim, podemos ver o lado positivo de um empate fora de casa. A questão é que o Atlético teve tudo para voltar à BH com uma vitória, mas por erros simples não conseguiu mais que um empate. Como já foi dito, o Danúbio não é um adversário tão difícil assim e o Galo deve conseguir o triunfo jogando diante da Massa. O sonho da Libertadores está vivo, com uma certa dose de sofrimento, o que não surpreende. Agora nos resta tentar controlar a ansiedade até a terça-feira que vem, quando decidiremos nosso caminho na competição continental.
Antes disso, o Galo visita a Caldense no sábado, às 16:30. É importante que vença para manter o bom aproveitamento no estadual, mas a cabeça de atleticano algum estará 100% no Campeonato Mineiro. Estaremos pensando mesmo é que o jogo da volta, contra o Danúbio, poderia ser mais tranquilo. Estaremos pensando também que nem de longe queremos ver o Galo perdendo um caminhão de gols novamente e, acima de tudo, que nossa maior vontade é ver o Clube Atlético Mineiro passando por cima do time uruguaio e avançando na Copa Libertadores. Terça-feira a classificação não será o bastante, precisamos ver o Galo se impondo e jogando como uma equipe que não alivia para nenhum adversário e que sonha em não apenas competir, mas em levantar a taça da maior competição da América.

Siga o @falagalo13 nas redes sociais, inscreva-se no canal do Fala Galo no YouTube e ative o sininho: www.youtube.com/channel/UCTvyZuW5pOsz9q5wCefRsrg

Angel Baldo

Mineiro de nascença, mas Paulista de criação. 30 anos, Administrador e Engenheiro Mecânico. Atualmente residindo na cidade de Uberlândia.

32 comentários em “Galo empata pela Libertadores: Por Jessica Silva

  • 6 de fevereiro de 2019 em 07:14
    Permalink

    Bom dia Atleticanos , ontem se confirmou o que tinha dito pela manhã que nosso futebol não tem mais qualificação para ganhar de times considerados pequenos na libertadores. o que vi do time do Atlético me preocupou ainda mais. a defesa que esperava melhora acentuado voltou a ser a mesmice de sempre uma peneira sem fundo. Como bem dito pelo Levir: do jeito que o Atlético se portou em campo, esquece libertadores.
    Se o Clube não tem condições financeiras para reforçar qualitativamente o elenco, temos que contentar com campanhas sofríveis e sem conquistas; o time continua devendo e não apresenta sinais de melhora .
    Quanto ao Luan, parece que está fora de sintonia e pensando na proposta do Corinthians; se não quer se empenhar, fale diretamente de seu interesse e busque outros ares, o mesmo para Elias. A condição de um time de qualidade limitadíssima é compensar com garra e empenho. Quem não estiver dentro desse foco, a porta de saída é a serventia da casa. pense nisto diretoria , não dá para manter sangue sugas e gente desinteressada no time. Saudações Atleticanas

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2019 em 11:35
      Permalink

      Caro Afrânio, bom dia! Concordo plenamente com vc. Vimos ontem o “mais do mesmo”. Li muitos comentários sobre o time do GALO, baseado nos jogos do Mineiro. Não houve mudança de mentalidade! O apático GALO mostrou que o sexto lugar lhe cabe bem. Time que tem Patrick, Luan (ex nogador em atividade), Elias “deus da raça” Fábio Santos “seu codinome é vontade”, não irá a lugar nenhum.
      Sem mudança de MENTALIDADE nada será diferente.
      Não tenho boas expectativas para 2019.
      TORCER SEMPRE SEM NUNCA PERDER A CAPACIDADE DE JULGAR!

      Resposta
      • 6 de fevereiro de 2019 em 14:55
        Permalink

        Boa tarde Alberto, realmente parece que nossa visão critica anda em sintonia sobre o time do Atlético. como bem dito por você acima. Não houve mudança de mentalidade. Grande abraço

        Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 07:41
    Permalink

    Bom dia amigos do NOSSO GALO. É inadmissível que Fábio Santos e Patrick sejam titulares no Galo. As constantes falhas individuais destes dois jogadores comprometem o desempenho de toda equipe. Fora Fábio Santos, fora Patrick, acorda Luan !!!!!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 07:42
    Permalink

    Disse tudo e acrescento que gostei muito quando o Levir foi questionado por um jornalista uruguaio sobre o fato de pegar um time que não havia feito jogos oficiais até então e ele saiu pela tangente; obrigado jornalista uruguaio pela lembrança pq os nossos aqui se borram com medo do Levir. Felizmente mais tarde ele aceitou que com esse futebol mostrado não vamos longe. Por último, pensei que tirando Elias, quem mal ouvi ser citado no jogo, fossemos virar e viramos, mas depois vimos mais do mesmo… não melhoramos. Ricardo Oliveira não pode reclamar de nada… perdeu gols feitos.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 08:39
    Permalink

    Bom dia, sem um LE, 9 e 10, com Patric, Elias titulares absolutissimos e com Luan numa má vontade danada errando tudo Adeus Titulos. A teimosia do Levi é algo que sempre ocorreu, mas insistir no erro é burrice. Opa ele gosta disso afinal é um burro com sorte. O Ceará pede R$ 6.000.000,00 no seu LE, manda o Dodô e paga uma diferença e fecha o negócio, lateral bom de bola e por esse preço não vai conseguir. Quanto ao Luan como o Curica não ta na Liberta manda logo pra lá e pega o Romero. Quanto ao Tardelli pelo que pede, investe no Oscar Romero, mais jovem, salario menor oque pega é o passe, parcela e fecha, se não tem dinheiro aprende a fazer dinehiro como no caso do Emerson. Guga e Jair já, pra melhorar esse time. E o Vitor hein, que saidas de gol primárias. Tomara que a Diretoria tenha visto que com ajustes e algumas contratações da pra encarar, mas sem elas, Deus nos Acuda.

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2019 em 09:05
      Permalink

      Bom dia, Lugalo!
      Exatamente! Mandou bem!

      Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 08:48
    Permalink

    Bom dia, Jessica!
    Concordo com quase tudo. Só não entendi seu questionamento quanto às saídas de Elias e Chara para as entradas de Zé Wellison e Bolt, como se essas substituições fossem retrancar o Galo. Afinal, é inadmissível que Zé esteja pegando banco pra esse inútil Elias e a assistência pra o segundo gol foi de Bolt.
    Patric é um cara esforçado, sujeito bonachão, mas isso não é suficiente pra um jogador vestir a camisa do Galo. Não deu mesmo pra entender como é que Levir cometeu a sandice de deixar Guga de fora por causa desse jogador(?).
    Quanto ao Fábio Santos eu já cansei de pedir a saída desse finge que marca e que depois de tantos anos como jogador ainda não aprendeu a cruzar uma bola sequer.

    Fora Elias!
    Fora Patric!
    Fora Fábio Santos!

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2019 em 09:13
      Permalink

      Bom dia Nação Atleticana

      Eu prefiro mil vezes ler e ouvir os comentários que muitos torcedores escrevem e falam, do que comentários de um ou outro jornalista esportivo, em blogs, colunas, jornais ou programas rádios, TVs etc. Estou muito satisfeito com o que li aqui sobre o Galo de um modo geral

      Resposta
    • 6 de fevereiro de 2019 em 11:15
      Permalink

      Bom dia!
      Acho que a entrada de Zé Welison e bolt foram boas. Os dois entraram bem.
      Eu preferia que tivesse saído o Elias e luan, ou até mesmo Elias e Adilson, que deu uma pregada no segundo tempo.
      Patric não tem como. Acho que o levir tá querendo colocar o guga aos poucos, pra evitar queimar o menino por alguma falha em jogo importante. Até concordo com ele, mas se for pro titular ser o Patric, aí não tem condições. Acho que nessas condições, prefiro o Carlos César
      Fábio Santos até que estava me surpreendendo ontem, tecnicamente estava bem, acertou um cruzamento na cabeça do cazares, que temo já ser o primeiro de dois que ele acerta por temporada, estava participativo nas tabelas, etc. Mas aí vai e falha nos dois gols. Muito complicado.
      Tem que trazer um outro lateral esquerdo, Dar uma procurada no mercado e tentar achar algum bom jogador.

      Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 09:09
    Permalink

    So torcida do galo pra aceitar esses laterais mediocres e elias se fosse outra torcida vaiavam eles do inicio ao fim de todo jogo e ficavam sem clima.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 09:24
    Permalink

    Eu disse ano passado que o Galo não merecia a vaga, e é nítido que este time não vai muito longe. Além de faltar qualidade, falta garra. E que bom que os jogadores reconheceram que o resultado foi frustrante. É incrível como subestimamos adversários pequenos, não só o time, mas também a imprensa no geral. Dava para ganhar bem, mas antes, é preciso respeitar o outro lado.

    Enquanto ficarmos nessa ilusão com Libertadores sem ter um time competitivo para chegar no mínimo nas quartas de final, ficaremos mais tempo sem ganhar um campeonato brasileiro, que é algo que deveria ser uma prioridade máxima da diretoria e do elenco.

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2019 em 11:47
      Permalink

      Bom dia!
      Também achei que ontem o resultado foi muito aquém do desejado, e do que poderia ser. Tomamos gols bobos em jogadas pelas laterais, que sempre foi um ponto fraco desse time.
      Mas também vi alguns pontos positivos. O que eu mais gostei foi o desempenho do cazares. O cara tá jogando muito desde o ano passado. Ontem ele botou o pastor na cara do gol pelo menos 5 vezes. Tá muito bem, e tem potencial para jogar muito, tomara que mantenha.
      Achei os zagueiros muito seguros, principalmente rever. Jogou muito.
      Acho que bolt e Zé welison entraram bem.
      Bolt vai ser uma boa opção, mas parece que ainda tá fora da pegada, é só ver o lance do segundo gol deles. Se ele tivesse dado uma raça a mais acho que dava pra atrapalhar aquele cruzamento.

      O maior ponto negativo que vejo, é o buraco no meio campo do galo. Para mim o Adilson é ótimo jogador, mas precisa muito estar bem fisicamente. Acho que ele ainda não atingiu o melhor nível esse ano.
      O Elias ofensivamente, em construção de jogadas e ajudando o time a rodar a bola, até que vai bem. Mas defensivamente não da. Não da um combate, nem cercar direito ele cerca. Acho que só da pra jogar com o Elias como um terceiro volante, ou meia aberto pela direita, como o luan. Acho o Elias o maior responsável pelo buraco no meio campo do galo.
      Luan ontem esteve mal. O primeiro tempo até foi razoável, mas no segundo tempo não apareceu, não ajudou nem na frente, bem atrás. Para mim deveria ter saído para entrar o bolt

      Acho que o time ofensivamente até foi bem, criou muitas situações de gol, perdeu gols incríveis. Mas defensivamente, principalmente no segundo tempo, foi mal. Para mim os zagueiros foram bem. Mas laterais, volantes e meias, foram mal defensivamente.

      Para mim falta nesse time um outro jogador diferenciado tecnicamente, para dividir essa responsabilidade com o cazares, que tenha características de chamar a responsabilidade, buscar o jogo e criar situações. Se realmente vier o tardelli, acho que ele cumprirá muito bem a função. Oscar romero também seria ótimo.
      O outro romero, o otero, o luan, acho que são bons jogadores, mas não tem essa característica. Seriam boas opções para o elenco, mas não têm característica e nem mesmo futebol para ser referência do time.

      Se montar o time que está jogando, com a entrada do guga, colocar Zé Welison, blanco, ou Jair de segundo volante, mais o jogador a ser contratado, tardelli/ ou outro jogador diferenciado, acho que da pra formar um bom time.
      Tem que trazer mais um lateral esquerdo de bom nível pra, no mínimo, disputar posição com o Fábio Santos

      As opções para entrar no jogo, ou mudar o time de acordo com cada jogo também são boas:
      Leo silva, Jair, Elias, Zé welison, neto, Lucas Candido, Luan, Vinicius, Maicon bolt, Bruninho, Ricardo Oliveira/ papagaio/ alerrandro

      Acho que mais duas contratações o time já fica muito bom.

      Grande abraço

      Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 09:28
    Permalink

    Bom dia Jessica.
    JOGAMOS ONTEM COMO SEMPRE COM 3 A MENOS.
    ELIAS , PATRIC E F.SANTOS SÃO HORRÍVEIS. COM ESSES 3 PSEUDO JOGADORES NÃO IREMOS A LUGAR NENHUM.
    ELIAS É TOTALMENTE INÚTIL.
    LUAN , PARECE ESTAR FAZENDO CORPO MOLE. ESTÁ COM O PENSAMENTO NO CORINTIANS. ASSIM NÃO DÁ.
    LEVIR é o único culpado por escalar ELIAS , O INÚTIL , e PATRIC. Não é possível ganhar nada com esses sujeitos.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 09:45
    Permalink

    BOM DIA AMIGALOS!
    Continuo sem entender.
    Sai ano e entra ano.
    Sai treinador e entra treinador.
    Sai jogador e entra jogador.
    E nada muda. Futebol preguiçoso, erros infantis e apagões.
    Até quando vamos ter que tolerar tudo isso?
    Sei que ainda é prematuro dizer, mas com esse futebol medíocre, vamos ganhar o que?
    Saudações Atleticanas,

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 09:56
    Permalink

    Salve massa!

    Sinceramente, gostaria de saber quem são os padrinhos de F. Santos, Elias e Patric. Há muito tempo estes jogadores medíocres estão entregando o ouro e ninguém é capaz de tirá-los do time. A zaga sempre foi muito criticada, mas você pode trazer os melhores zagueiros do mundo que eles vão se queimar com nossos 2 lateriais.

    Té +

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 10:09
    Permalink

    Caros,
    A gente vai martelando a tecla. QUEREMOS TIME, AGUERRIDO COM TÉCNICA. Tudo favorável, gramado bom, temperatura agradável em Montevidéu, adversário limitadíssimo. No Fala Galo hj nossa cronista já percebe o engodo bom Pastor. Dizer q o PIPOQUEIRO foi decisivo ontem só pode ser ironia pela quantidade de gols q o pilantra errou, só comparável a quantidade de vezes q passa cuspe no cabelo, levanta ameaçador o dedo prá Deus e limpa o calção…: o q falta nesse Pastor é objetividade e vontade. SIMPLES. As laterais vão nos afundar, ñ adianta vir com negócio de EU ACREDITO e outras fanfarrices. É OBJETIVO. Fabíola Santa, uma moçoila, vai entregar a rapadura qtas vezes necessário. Ñ é jogador HOMEM! Já patrique, esse é um coitado, se faz de esforçado, bom sujeito, de grupo, mas é um FDP, assim como quem banca esse ANTIFUTEBOL. Ñ é jogador, contem outra piada…
    Falando em piada, ñ ouvi ainda a coletiva o nosso comediante. Perdi algum engraçado? Sei ñ, mas aquele conhecido “coro” em homenagem ao orelhudo ñ vai demorar!
    Obs.: nosso time melhorava muito com dois bons laterais, prá chegar e vestir camisa. Ñ tem condições FS e Patrique …todos sabem o q vai acontecer…
    Obs.: nosso time melhorava muito um MATADOR, um brigador, sujo, trapaceiro, catimbeiro, com espírito LIBERTADOR! Time bonzinho, com pastorzinho bonzinho…todos sabem o q acontece no fim…
    Ñ vencemos ontem pq nossa laterais são verdadeiras avenidas, sem educaçao, ninguém pede licença, ñ tem respeito, é só forçar…ñ vencemos pq ñ temos jogador DECISIVO, implacável, no ataque.
    OK, é começo de temporada…
    GALO SEMPRE!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 10:48
    Permalink

    Quanto conteudo de qualidade encontrei aqui no site. Agradeço por compartilhar. Sucesso. abraço

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 11:46
    Permalink

    Falta pro Atlético é vergonha na cara, profissionalismo e raça!
    Ontem ficou claro que o time não joga como uma equipe profissional.
    100% desmotivado, sem vontade, sem gana, jogando com aquele pensamento que: Na hora que agente quiser, agente vai la e faz um gol!
    Alguém ai sabe onde vende personalidade pra jogadores de futebol?
    Acredito que a solução vai ser um desfibrilador na porta de saída pro gramado, e dar um choque no peito dos caras pra ver se pega no tranco!
    A verdade é essa, falta vibração, vontade de ser campeão, AMBIÇÃO!

    Resposta
    • 6 de fevereiro de 2019 em 12:06
      Permalink

      A resposta para isso é simples: a filosofia do Galo é de se acomodar.

      O time gosta de jogos grandes. Se soubesse jogar contra os pequenos com seriedade, com certeza teríamos mais campeonatos brasileiros e mais copas do Brasil.

      A diretoria é corrupta e acomodada. Existe um câncer no clube que se chama Conselho Deliberativo. A diretoria prostitui o clube, aceita qualquer trocado em venda de jogador e patrocínio (a camisa do Galo ontem parecia de time do interior) sem falar do marketing que é quase inexistente,

      A torcida também tem culpa no cartório. Coisas como: “se não é sofrido não é Galo”, “eu acredito” só serve para romantizar o clube. Nosso histórico de achar uma desculpa para acobertar nossas incompetências também: “o Galo não foi campeão por causa do juiz”, “o Galo não sabe jogar na chuva”, e coisas que contaminam o time, igual quando o Levir reclama (até hoje) do tamanho do campo do Serra Dourada, ou o calor que fez em tal dia.

      Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 12:39
    Permalink

    Diretoria acomodada… treinador acomodado… time acomodado.
    Todos lá, pelas bandas do Galo, além de acomodados, pensamento pequeno.
    Vejam as marias, devem até as cuecas, ou melhor as calcinhas, tem dívidas na FIFA, Minas Arena e etc… etc. Porém, pensam grande.
    Seus reforços sempre são pontuais e peixes grandes. Enquanto isso, vão colecionando títulos.
    Decidi, enquanto insistirem com Patric, Fábio Santos e Elias, não vejo mais jogos do Galo. CHEGA!!!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 13:06
    Permalink

    Patrick, Fábio Santos e Elias são unanimidades: ninguém aguenta mais! Agora, e o tal do Adílson? Só passe para os lados! E muitos errados ainda por cima. Nada de útil durante a partida inteira. Na marcação, só chega atrasado! Ontem poderia ter sido expulso, se o juiz fosse mais rigoroso. Quanto ao Luan, vejo uma queda vertiginosa no seu futebol. E desde o ano passado. Esse ano, talvez pela proposta dos Gambás, tá uma bolinha de gude danada. Só passe lateral e mais nada! Ele e o tal Elias são cobiçados por outros clubes. Talvez é hora de tentar trocar essas peças, e trazer jogadores com um perfil mais dinâmico, que incendeiam uma partida. A diretoria é paga e deve ser cobrada pra isso: trazer jogadores que se encaixem no perfil do Galo, e da sua história. Tá na hora então dessa diretoria trazer jogadores que queiram correr, suar a camisa e tentarem ser protagonista desse time. O tal Romero é um perna de pau, mas tem mais vontade que a maioria desses jogadores. Não vejo ninguém nesse time que parta pra cima dos adversários. Parece que estão com medo de errar. A bola queima nos pés de muitos ali. Respeitam demais os adversários. No jogo contra as Marias foi a mesma coisa. Acorda Levir! Deixa as piadas pra depois! Coloca o Guga, o Zé Welison! Dá mais chances pra esse Bolt! E vamos torcer pro Blanco voltar logo!!! Galo, sempre!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 13:09
    Permalink

    Patrick, Fábio Santos e Elias são unanimidades: ninguém aguenta mais! Agora, e o tal do Adílson? Só passe para os lados! E muitos errados ainda por cima. Nada de útil durante a partida inteira. Na marcação, só chega atrasado! Ontem poderia ter sido expulso, se o juiz fosse mais rigoroso. Quanto ao Luan, vejo uma queda vertiginosa no seu futebol. E desde o ano passado. Esse ano, talvez pela proposta dos Gambás, tá uma bolinha de gude danada. Só passe lateral e mais nada! Ele e o tal Elias são cobiçados por outros clubes. Talvez é hora de tentar trocar essas peças, e trazer jogadores com um perfil mais dinâmico, que incendeiam uma partida. A diretoria é paga e deve ser cobrada pra isso: trazer jogadores que se encaixem no perfil do Galo, e da sua história. Tá na hora então dessa diretoria trazer jogadores que queiram correr, suar a camisa e tentarem ser protagonista desse time. O tal Romero é um perna de pau, mas tem mais vontade que a maioria desses jogadores. Não vejo ninguém nesse time que parta pra cima dos adversários. Parece que estão com medo de errar. A bola queima nos pés de muitos ali. Respeitam demais os adversários. No jogo contra as Marias foi a mesma coisa. Acorda Levir! Deixa as piadas pra depois! Coloca o Guga, o Zé Welison! Dá mais chances pra esse Bolt! E vamos torcer pro Blanco voltar logo!!! Galo, sempre!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 13:38
    Permalink

    SÓ VAIAS PARA TIRAR ELIAS , PATRIC E F. SANTOS DO TIME.
    ESSES 3 PSEUDO JOGADORES VÃO BOTAR TUDO A PERDER.
    Ontem as falhas individuais de ELIAS , PATRIC E F.SANTOS nos tiraram a Vitória.
    Pelo futebol apresentado nos dois últimos jogos LUAN SÓ PODE ESTAR FAZENDO CORPO MOLE.
    GUGA titular já , um lateral esquerdo e mais um atacante é o que nos falta.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 14:52
    Permalink

    É impressionante! Você lê os comentários que abordam a muito tempo os mesmos problemas no time e não se muda nada. Será que alguém do Galo faz avaliação do que seus torcedores pensam, ou acham que somos todos idiotas. O jogo de ontem era para placar de 6X0 mas o que aconteceu: Luan colocado na esquerda armando só Deus sabe o que, Chará na direita (ele tem jogado na esquerda), Elias que quando quer é mais produtivo na frente (e olha que a muito tempo ele não quer) e Adilson que é mais defensor (e bom nisso) aparecendo na frente para finalizar (Meus Deus o homem não consegue dar um passe de mais de 20m, finalizando? Só o ultrapassado Levir para explicar e não consegue nunca. Técnico que diz antes do jogo que está com medo do Danúbio porque são uruguaios? Os laterais do Galo são uma avenida aberta:
    Fabio Santos não marca e desaprendeu a apoiar e cruzar (deixar na reserva é tudo o que quer, não joga, mas ganha, quer melhor? Empresta paro América de graça). Patric, coitado deve ter um santo e padrinhos fortes pois não é jogador nem para o Metalusina e o pessoal de Barão agradece. (Devolve pro Sport de graça e pede desculpas). Luan que a imprensa falou que ano passado se tornou outro jogador, encheu-se de orgulho e acha que é o cara. (Troca rápido com o Romero e da ainda o Alerrandro de graça). Elias, que só o pai acha que ele um craque e ele acredita, vai buscar no Inter outra oportunidade. Eu não sei quem treina o Victor mas a cada falta cobrada e quando a TV mostra o posicionamento dele no gol, já suamos frio, mas ainda assim é um grande goleiro. Resultado: Volta rápido Gustavo Blanco, deixa o Guga jogar, põe o Hulk (19 anos) pelo menos um pouquinho nos jogos, contrata o Tardeli como fez o Palmeiras com o Ricardo Goulart.
    Não deixa o Levir decidir sozinho ou demite mesmo, o Marques será melhor Técnico e já está lá mesmo. O time do Galo desse jeito que está não vai longe, falta raça, nossa maior tradição.
    Só lembrando que estamos no terceiro lugar no mineiro porque o ¨gênio¨ colocou um time de meninos para jogar com gente grande e só treina com meio campo, afinal jogar duas vezes por semana cansa muito. Um abraço de torcedor apaixonado.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 15:00
    Permalink

    Boa tarde a todos. Como chegar longe na Libertadores com Luan, Cazares, Patric, Fábio Santos, Elias em estado de hibernação??????????? Concordo com o texto principalmente no que diz respeito às falhas grotescas defensivas que já se tornaram uma marca negativa do time do GALO há alguns anos. Será que ninguém consegue melhorar isso????????? O time estreia na Libertadores com futebol morno e sem graça. Os únicos que jogaram bem foram Ricardo Oliveira e São Victor que salvou mais uma vez!!!!!!!!!!!!! Meio de campo que não cria nada e nem marca ninguém. O GALO tem o péssimo defeito de marcar o adversário na sua própria grande área. Toda a torcida vê isso menos o treinador!!!!!!!!!! Por enquanto o futebol apresentado ontem é de treinador BURRO SEM SORTE!!!!!!!!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 15:35
    Permalink

    Levar gol no final do jogo está sendo a sina do Galo. Com o Tiago Larghi no ano passado foram uns 3 ou quatro gols assim. Ele tentou consertar, porém, parece que o time não aprendeu. Ficam esperando o apito do encerramento e tomam gols bobos.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 15:39
    Permalink

    Enquanto todos criticam, a torcida presente gritava “Patric é seleção!”. Ou seja, ninguém leva o time a sério. O time jogou dentro do medíocre padrão do futebol brasileiro, já entrou administrando o resultado. São uns bostas! A começar pelo rei do papo furado, Levir Culpi. Tá faltando um Kalil nesse vestiário !!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 15:46
    Permalink

    Pelo jeito não se acostumaram com o Levir até hj. 2001 Cicinho voando em campo e o Baiano era o Patrick da época,2014 Conceição era o Patrick do Douglas Santos,por pouco não custou-nos a CB. Portanto essa novela Patrick/Guga está longe de terminar. Bora trabalhar q tem muitos ajustes a serem feitos no time q vem de um mês de preparação apenas. Ontem faltou o principal, a postura do vencedor,o sangue nos olhos e a ambição de querer vencer qqr q seja o oponente. Este time tem muito a evoluir. SAN

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 17:00
    Permalink

    Brochante,
    Broxante,
    E só!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2019 em 18:32
    Permalink

    Boa Noite,

    Palavras do Levi, “não tem confiança no Hulk para jogar uma libertadores”, realmente, o camarada para jogar mal igual ao Fábio Santos jogou e se manter intocável é realmente um mistério, imaginem o Hulk fazendo igual, estaria queimado totalmente.
    O mesmo para o GuGa, imaginem jogando um futebol parecido com o apresentado pelo Patric ontem, nunca mais entraria em jogos.
    Imaginem então o Clayton fazendo a metade das pixotadas que o Victor fez ontem.
    Porque será que o Levi parece ter deixado para trás aquele seu lado audacioso, e ainda faz seninha de ocultar escalação.
    Jair, José Welison, Guga e Bolt tem que virarem titulares e contratar um lateral esquerdo para ser titular, com urgência.
    Quem sai, Patric, Fábio Santos, Adilson, Elias, Luan, quem sabe se o banco de reserva motiva esse pessoal.
    Luan jogou o primeiro jogo querendo mostrar futebol para o Corinthians, isto está claro na sua falta de vontade nos demais jogos.
    Não podemos esquecer do Cazares que ontem também foi o de sempre, dia de vaga lume.
    Falei em um post anterior, segundo jogo fora de casa, e a mesma sonolência, e ontem sem desculpas de jogo as 11h.
    Brasileiro sem pontos fora de casa são 50% de aproveitamento e isto não da nem libertadores em 2020.
    Realmente tem que melhorar muito, principalmente a visão e a atitude do treinador em fazer mudanças.

    Resposta
  • 21 de outubro de 2019 em 10:36
    Permalink

    Viagra Cialis Assuefazione Cialis Cada Cuando Se Puede Tomar Need Generic Worldwide Provera C.O.D. viagra online pharmacy Doxycycline And Dosing With Cephalexin Precios De La Pastilla Cytotec

    Resposta

Deixe uma resposta para Juninho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *